Fechar
Buscar no Site

Juracy Vieira morre em São Luís, aos 66 anos

Juracy Vieira será sepultado em São Luís na tarde desta sexta-feira

O radialista Juracy Vieira da Silva, narrador da Rádio Capital AM e apresentador da TV Guará, morreu em São Luís aos 66 anos, às 15h50 desta quinta-feira (23), vítima de problemas cardíacos. De acordo com informações de familiares, ele sofreu um infarto no domingo (19). Foi levado ao hospital, onde foi submetido a um cateterismo. No mesmo dia, foi diagnosticado um derrame.

Juracy Vieira foi internado no Hospital Pro-Cardio, na última segunda-feira (20), após sentir fortes dores no peito. Ainda na segunda-feira, o radialista sofreu um acidente cerebral vascular (AVC) e deveria ser submetido a uma cirurgia para a retirada de coágulo. Na quarta-feira (22), Juracy foi transferido para o Hospital Carlos Macieira, onde ficou até a tarde de ontem, onde faleceu.

Considerado decano da crônica esportiva no Maranhão, Juracy Vieira da Silva chegou ao Estado em 1972, para integrar o time de narradores da Rádio Educadora, na época contratado pelo falecido Oliveira Ramos, comandante da equipe que, pela primeira vez na história figurou em primeiro lugar no Ibope.

Profissional de reconhecida competência e conhecimento, chegou a ser apontado como um dos melhores narradores de futebol do Brasil. Estilo diferenciado – criado ainda no Piauí, onde iniciou ao lado de Aldir Dudement – teve a vida inteira ligada ao esporte, especialmente ao futebol. Era torcedor do Maranhão Atlético Clube e do Botafogo de Futebol e Regatas.

Notas de pesar – A governadora Roseana Sarney lamentou a morte do radialista Juracy Vieira, ocorrida nesta quinta-feira (23), em São Luís. Ao saber da notícia, ela destacou a trajetória exemplar do radialista e pai do atual gestor da RádioTimbira, Juraci Vieira Filho.

Para a governadora Roseana, o profissional, que nasceu no Piauí e escolheu o Maranhão para viver, deixa saudades e um legado de paixão e dedicação ao meio radiofônico. “Juracy Vieira fez história no rádio do Maranhão, do Nordeste e do Brasil. A voz dele povoa as nossas lembranças com suas incomparáveis transmissões esportivas”, declarou a governadora, que está em São Paulo, onde tem compromissos pessoais.

Ao se solidarizar com a família e amigos, a governadora Roseana destacou a trajetória do profissional que marcou uma geração de talentosos narradores esportivos, alcançando grandes audiências em estados como Pernambuco e Rio Grande do Norte.

O presidente da Associação dos Cronistas e Locutores Esportivos do Maranhão, Tércio Dominici, também divulgou uma nota, destacando “o grande profissional que foi Juracy Vieira, homem integro, responsável, honesto, bom caráter, bom companheiro. Tratava-se de um dos mais renomados, competente locutor esportivo do Brasil, e que orgulhosamente enriqueceu a crônica esportiva maranhense”.

O velório de Juracy Vieira ocorre desde ontem à noite na Funerária Jardim da Paz, localizada na Travessa Clóvis Bevilácqua, no Anil (próximo ao Ceuma III). O sepultamento deverá ser realizado às 16 horas desta sexta-feira (24), no Cemitério Jardim da Paz, na Estrada de Ribamar.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “Juracy Vieira morre em São Luís, aos 66 anos”

  1. Jesuino Vieira Cardoso (J. Vieira), jornalista profissional, piauiense, Amgra dos Reis/RJ disse:

    Somente hoje soube da morte do Juracy. Eu o lancei na Rádio Difusora/Teresina. Perdi um grande amigo. Condolênciuas à família e à crônica esportiva maranhense. Estou muito triste. Não éramos parentes, mas ele era como se fosse um irmão. Um dos maiores narradores do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens