Fechar
Buscar no Site

Corrida é realizada em homenagem a atleta maranhense Inácia Lemos

Corredores reunidos , na Vila Pirâmide, onde a corrida foi encerrada

Nelson Melo

Foi realizado, no último fim de semana, na região metropolitana de São Luís, o “Longão Inácia Lemos”, com percurso de 23km, sendo que a largada ocorreu no Parque do Bom Menino, na capital maranhense, com encerramento na Vila Pirâmide, em Raposa. A corrida aconteceu em homenagem a atleta maranhense Inácia Lemos, de 38 anos, que faleceu há 5 anos.

O “Longão” ocorreu logo cedo, por volta das 7h, com uma participação significativa de corredores profissionais e amadores, como Iran Ferreira Rodrigues, que, em dezembro do ano passado, representou o Maranhão na 94ª Corrida Internacional de São Silvestre, em São Paulo. Além dele, também participou do evento em homenagem a Inácia Lemos o atleta Claudionor Moreira, presidente do Instituto Corpas (Corredores do Parque Amigos da Saúde).

Os corredores percorreram várias ruas da Grande Ilha, como ocorre há quatro anos, uma vez que o evento está na sua 4ª edição. Ao final do “Longão”, o grupo foi recebido na residência de Jodemar Francisco de Jesus, viúvo de Inácia Lemos, na Vila Pirâmide. Lá, um café da manhã especial foi oferecido às pessoas que participaram da corrida. Houve, antes do coffee break, um momento de oração liderado por um pastor evangélico.

Jodemar Francisco, viúvo de Inácia Lemos, posando com todas as medalhas e troféus da sua esposa

Jodemar relembrou que sua esposa ganhou várias medalhas e troféus em várias competições locais, nacionais e internacionais. Para ele, o evento é maravilhoso, tendo em vista que eterniza as conquistas de Inácia e sua força de vontade para sempre lutar e vencer na vida, independentemente das dificuldades. Complementando a fala de ‘seu’ Francisco, o presidente do Instituto Corpas, Claudionor Moreira, destacou que Lemos era atleta desde a juventude e representou bem o Maranhão ainda adolescente.

Claudionor comentou que Inácia faleceu na véspera de uma tradicional corrida de Carnaval realizada pelo Instituto Corpas, sendo que ela sempre participava deste evento, pois gostava bastante. Em virtude da morte de Lemos, a corrida foi adiada. “A corrida em homenagem a ela é uma corrida em que não se disputa prêmios. O prêmio mais importante é a participação das pessoas, que prestigiam o momento”, assinalou o presidente do Corpas.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens