Fechar
Buscar no Site

A ORDEM É RECONSTRUIR: Mozart Baldez ganha reforços para brigar pela presidência da OAB-MA

A campanha do pré-candidato à presidência da OAB-MA, Mozart Baldez, ganhou nesta semana grandes reforços. Com isso, o projeto segue forte focado na grande vitória.

REFORÇANDO O CONVITE

Depois do cantor Fauzi Beydoun, da banda maranhense Tribo de Jah, agora foi a vez do vocalista Edilson Araújo, da banda de reggae Alínea 11, de Brasília, reforçar o convite aos advogados e advogadas para o lançamento da pré-candidatura de Dr. Mozart Baldez à presidência da OAB-MA, na próxima quarta-feira, 12, a partir das 12h, no Restaurante Tasquinha Ferreiro, na Lagoa.

MAIS UM REFORÇO

O projeto do pré-candidato à presidência da OAB-MA, Mozart Baldez, ganhou mais um reforço. O advogado Justino Costa Lemos, declarou apoio ao colega durante reunião realizada na manhã desta segunda-feira (10), durante encontro dos dois  na Livraria do Loiro, no Fórum do Calhau, em São Luís.

ADESÃO DE PESO

O grupo do advogado Mozart Baldez acaba de se fortalecer mais ainda com uma adesão de peso para disputar a presidência da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA). Na manhã desta terça-feira (11), a advogada Itamargarethe Corrêa Lima conseguiu garantir o apoio do colega José Raimundo de Sá Marques, mais conhecido por Sá Marques. Professor, advogado e vereador de São Luís, Sá Marques chega para reforçar ainda mais o time que tem como escopo.

TROCA DE EXPERIÊNCIA

Na noite dessa segunda-feira (10), durante a festa de aniversário do jornalista Luís Cardoso, o advogado Mozart Baldez, pré-candidato à presidência da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA), encontrou o colega de profissão, Carlos Nina, ex-presidente da entidade que representa os advogados no estado. Para muitos jornalistas que prestigiavam o evento, o encontro dos dois foi uma espécie de troca de experiências e conhecimentos.

 

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens