Fechar
Buscar no Site

Vereadores de Pedreiras participam de sessões embriagados e compra de bafômetro é aprovada

A população de Pedreiras foi surpreendia com a inusitada aprovação do requerimento para compra de um bafômetro, na sessão da Câmara Municipal, realizada na noite de segunda-feira (26). Os cinco vereadores de oposição, fizeram a solicitação; a mesma ainda foi apoiada por mais três vereadores da base governista: Zezinho do Amor, Gard Furtado e Totinho Sampaio.

De acordo com o vereador Elcinho Gírio, trata-se de uma medida de segurança, já que há relatos de vereadores que participam da sessão sob efeito de álcool e os demais colegas precisam ser resguardados.

“É por medida de segurança, não só sobre a questão de vereadores, mas, também, como a gente está dentro de um recinto, várias pessoas usam esse estabelecimento, e até há relatos de vereadores que estão sob efeito de álcool, então, como partiu de interesse de um vereador e de acordo com todos, fizemos essa indicação ao presidente da Câmara, não é uma indicação ao executivo. Então, uma pessoa vim uma segunda-feira, só, nós só temos quatro sessões, sobre o efeito de álcool, se existe essa suspeita, ela tem que ser apurada. É mais que necessário que haja esse equipamento aqui na casa, pra que a gente possa nos resguardar”, repudiou Elcinho.

Antes de encerra a sessão, mais um pedido inusitado teria sido apresentado e poderá ser votado na sessão da semana que vem: a compra de um detector de metal, para ser usado durante as sessões da Câmara, também como uma medida de segurança; segundo informações, alguns vereadores (nomes não informados) estariam comparecendo ao trabalho armados com arma de fogo.

O vereador Elcinho Girio mais uma vez entrou de cabeça na polêmica. Ele disse que comprar uma porta giratória que detecta metais seria muito caro, deslocar um policial militar para fazer a segurança na Câmara não seria prudente em virtude do pouco efetivo… “Mas  seria mais fácil  o prefeito de Pedreiras, Antônio França, que não está fazendo um bom trabalho mas que é vigia concursado do município prestasse expediente durante a sessão  da Câmara, revistando todas as pessoas que entrassem, para saber se elas estavam armadas ou Não“, comentou.

Em média, a câmara municipal realiza quatro sessões por mês, as segunda à noite, e o vereador ainda comparece armado e embriagado! Em um discussão acalorada pode se transformar em tragédia.

Em meio à polêmica e chacota nas redes sociais, o presidente da Câmara, Bruno Curvina, demonstrando constrangimento com aprovação do requerimento para a compra de um bafômetro, declarou em entrevista ao blogueiro Sandro Vagner, nesta terça-feira (27), que atitude caracteriza falta de decoro parlamentar e que punirá até com perda de mandato o vereador que for flagrado com hálito etílico durante a sessão.

Bom dia! O presidente da câmara municipal, em uso de suas atribuições, em virtude das denúncias sobre embriaguez durante a sessão , irá advertir por escrito os 02 ( dois) vereadores que foram flagrados com hálito etílico durante a sessão. Em caso de recorrência, será movido processo por falta de decoro, e eventual cassação de mandato“, comunicou.

Foram tantas as polêmicas que a população pedrerense está se perguntando: quem são os vereadores que estão participando da sessão armados e embriagados ?

(Com informações do blog do Sandro Vagner e do Carlinhos)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “Vereadores de Pedreiras participam de sessões embriagados e compra de bafômetro é aprovada”

  1. Pericles disse:

    Tem que fazer a mesma coisa na Assembléia Legislativa, só deve ser adicionado KITS para exames toxicológicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens