Fechar
Buscar no Site

Presidente do TJMA presta solidariedade à juíza Andréa Lago que sofreu ofensas de advogado

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Joaquim Figueiredo – acompanhado dos desembargadores Jorge Rachid, Raimundo Barros, e do presidente da Associação dos Magistrados, juiz Ângelo Santos – prestou solidariedade à juíza Andréa Lago, que sofreu ofensas do advogado Tufi Maluf, durante audiência no 1º Juizado Criminal de São Luís, da qual é a titular.

“Esse gesto de apoio irrestrito à juíza Andréa Lago simboliza a união da Magistratura a qualquer forma de desrespeito ao Poder Judiciário, que agirá sempre no sentido de repudiar condutas que venham a ferir a dignidade dos magistrados no exercício da atividade judicante”, assinalou o presidente do TJMA.

Na ocasião, o presidente da Comissão Permanente de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça, desembargador Raimundo Barros, e o presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão, juiz Ângelo Santos também manifestaram repúdio às ofensas dirigidas à magistrada.

O ato de apoio à juíza ocorreu após a abertura da Semana de Valorização da Mulher, ocasião em que foi lançada a campanha “Todos Por Elas”, inspirada no movimento “HeForShe” criado pela ONU Mulheres, uma entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

2 respostas para “Presidente do TJMA presta solidariedade à juíza Andréa Lago que sofreu ofensas de advogado”

  1. Hertz Leal disse:

    Psiu, baixem a guarda, pobres mortais! Juízes são seres supradivininos: não peidam, não cagam, não adoecem, nem morrem!

  2. Hertz Leal disse:

    CRRIGENDA:supradivinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens