Fechar
Buscar no Site

Presidente do SET acha barato pagar R$ 2,60 para andar em sucatas de SL

Em declaração estapafúrdia concedida ao jornal O Estado do Maranhão deste domingo (28), o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), José Luiz Medeiros acha que a tarifa de ônibus coletivo em São Luís é barata. Vejam só o tamanho do absurdo.

Com um serviço negligente, porco e de péssima qualidade oferecido ao usuário de São Luís – que todos os dias é desrespeitado ao andar imprensado e sem nenhum conforto e segurança em latas velhas – pagar R$ 2,60 se torna caro ao bolso do ludovicense. A linha com maior extensão é a BR 135, o que não dá 2km de percurso, mas para o representante dos empresários, não dá para sanar os custos com óleo diesel de ônibus que mais parecem sucatas ambulantes.

Fazendo as contas, cada trabalhador gasta R$ 5,20 só para ir e voltar do trabalho. Soma-se ainda os custos com as passagens dos filhos da escola, praia, shopping, cinema, igreja, no final do mês o rombo é enorme no orçamento familiar.

De acordo com a secretaria de Trânsito e Transporte, hoje são quase 900 ônibus coletivos circulando na capital e mais de 500 mil usuários/dia. Tirando as gratuidades, a meia-passagem e outros benefícios, o que chega a 50%, se pegarmos 250 mil usuários pagando R$2,60 todos os dias, entra nos cofres das empresas, em dinheiro vivo, uma média de 650 mil reais. Por mês, o montante chega a uma média de R$ 20 milhões de faturamento bruto.

Vale lembrar que em 2014 houve reajuste, quando o preço das passagens de ônibus sofreram acréscimo de R$ 0,30. Já em 2015, no dia 27 de março, a tarifa mais cara passou a custar  R$ 2,60.

Capitais como Recife, Teresina e Vitória têm passagens mais baratas que São Luís. Para o presidente no SET, no entanto, os empresários maranhenses estão no prejuízo.

Dá pra acreditar?

LICITAÇÃO E EMPENHO DO PREFEITO EDIVALDO

Desde de 2014, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior vem dialogando para a construção do edital do transporte coletivo, que agora se torna realidade. Após amplo processo de discussão com a sociedade civil organizada e a Câmara Municipal, o projeto foi aprovado no parlamento ludovicense e o edital já está preparado para publicação. A última audiência pública ocorreu em janeiro deste ano.

Segundo fontes ligadas à SMTT, o edital de licitação do transporte será publicado no inicio de março e haverá ampla divulgação e transparência. Após a publicação, as empresas terão 45 dias para se inscrever no certame e assim dar continuidade ao procedimento.

No edital será exigida a qualidade do serviço de transporte que será oferecido pelas empresas vencedoras do certame. Garantir conforto, segurança e o direito dos usuários do transporte coletivo, como ônibus novos e adaptados para pessoa com deficiência em 100% dos veículos serão algumas das cláusulas exigidas.

Hoje a frota média circulante em São Luís é de 7 anos e com o edital vai-se reduzir ainda mais o tempo de uso da frota. Do inicio da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior até agora, já foram adquiridos 371 novos ônibus, todos adaptados com elevadores para a acessibilidade de pessoas com dificuldade de locomoção, o que corresponde há 40% da frota renovada.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

2 respostas para “Presidente do SET acha barato pagar R$ 2,60 para andar em sucatas de SL”

  1. MACABEU disse:

    Dizer que São Luis tem 900 Õnibus, circulando, deste 371, é novo, novíssimo, é querer dar crédito de sinceridade para Empresários e governo municipal. A muito tempo perdir a fé nestes cidadãos, ninguém tem credibilidade para afirmar isso, são de uma desfaçatez tamanha que nem o prefeito evangélico, que é, mesmo que fosse judeu ou mulcumano a gente acreditaria. Ai do homem que acredita em outro homem, tá na biblia. Não existe õnibus novo em São Luis, existe sim, sucata restaurada, õnibus que não circulam mais em São Paulo, Terezina e Fortaleza. Antes eu dizia que existe 90 ônibus novo, para cada 100 sucata rodando. desses que dizem novo, são comprados dos empresários que estão renovando no seu respectivo Estados. Novo só os que Flávio Dino comprou para circular das cidades de Ribamar e adjacentes.

  2. Pedro Paulo disse:

    Se tem essa quantidade de ônibus eu não sei, sei que tem muito lixo rodando sendo chamado de ônibus, hoje mesmo quando ia para a Igreja peguei um tagualixo com a porta trazeira caindo nenhum passageiro teve coragem de passar pela armadilha porta, pois o painel que fica acima da porta estava presa só por um lado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens