Fechar
Buscar no Site

Pinga-Fogo entre Rogério Cafeteira e Max Barros sobre a renegociação do empréstimo do BNDES

Foto: Reprodução

Na manhã desta terça-feira (10), o deputado líder do Governo, Rogério Cafeteira (PSB), conseguiu barrar manobra da Oposição que pretendia obstruir votação de matéria de interesse do Estado, que dizia respeito ao pedido de urgência para a votação da autorização para renegociação do empréstimo do BNDES.

Ele apresentou proposição no sentido de inverter a pauta, garantindo que o requerimento de urgência, sobre a matéria em questão, fosse votado e, também, que a pauta fosse inteiramente apreciada.

O líder do Bloco Independente, deputado Max Barros, destacou a importância das informações sobre a renegociação do empréstimo do BNDES. Ele informou que somente com as informações solicitadas por ele, via Requerimento, é possível que se vote o mérito da proposição do Executivo.

O deputado exemplificou os fatores que deveriam ser explicitados, já na mensagem enviada pelo governo, para votar a matéria com segurança, tais como: carência, taxa de juros, contrapartida do Estado, probabilidade de privatização de alguma empresa pública, etc.

Entre as informações constantes na renegociação está a assertiva de que o pagamento será suspenso durante quatro anos. Barros também ponderou que, durante os quatro anos que o Estado não prover o pagamento do empréstimo, a dívida irá crescer de maneira geométrica, já que sobre o débito incidirão correção monetária e juros.

Nota aos leitores: O quadro pinga-fogo irá ao ar nesta quarta-feira às 7h25 na TV Difusora (SBT) no jornal Bom Dia Maranhão.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens