Fechar
Buscar no Site

PCdoB e PPL se unem para fortalecer resistência democrática

Neste 1º de dezembro, em São Paulo, o PCdoB e o PPL aprovaram em suas instâncias de direção a união entre as duas legendas, “cujo encaminhamento prático, legal, é a incorporação do PPL ao PCdoB”, conforme nota divulgada pelas presidências dos dois partidos. Essa unidade visa a fortalecer a resistência democrática e a oposição ao governo Bolsonaro. Neste domingo, 2 de dezembro, em São Paulo, haverá uma reunião conjunta das direções das duas siglas que deverá aclamar a unidade firmada.

As decisões que selaram, neste 1º de dezembro (do Comitê Central do PCdoB e do Congresso extraordinário do PPL), a união entre o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e o Partido Pátria Livre (PPL) foram precedidas de conversações entre as direções das duas legendas, iniciadas após o segundo turno das eleições presidenciais, em outubro último. Nesses contatos evidenciou-se uma leitura política convergente sobre o Brasil que emergiu das eleições de 2018 e acerca dos novos desafios e responsabilidades das forças progressistas, além de afinidades programáticas entre os dois partidos.

Essa leitura comum do Brasil pós-eleições foi, sinteticamente, divulgada no último 26, em nota à imprensa assinada pela presidenta do PCdoB, Luciana Santos, e pelo presidente do PPL, Sérgio Rubens.

No seu Informe Político feito na abertura da reunião do Comitê Central, na noite de ontem, sexta-feira, 30 de novembro, Luciana Santos reiterou os termos dessa nota para embasar a defesa que fez da aprovação da incorporação do PPL ao PCdoB. Salientou, também, que as conversações que propiciaram esse processo de união se deram em elevado nível político.

Em linhas gerais, Luciana Santos destacou que o PCdoB e o PPL comungam da análise de que, com a vitória de Jair Bolsonaro, da extrema-direita, nas eleições presidenciais, o Brasil passou a viver um novo ciclo político. Ciclo político no qual estarão sob forte ameaça a democracia, a soberania nacional e os direitos da classe trabalhadora.

Destacou, também, que há uma visão tática confluente para se atuar nessa perigosa realidade. Impõe-se, “sem hegemonismos nem imposições” a união das mais amplas forças políticas, sociais, econômicas e culturais para se empreender a resistência, exercer a oposição. As forças de esquerda e demais setores progressistas da sociedade são chamados a desempenhar relevante papel na agregação das oposições, tendo como convergência a defesa da democracia, da Constituição de 1988, dos interesses do Brasil, dos direitos da classe trabalhadora.

Tendo como ponto de partida essa análise comum, o PCdoB e o PPL, disse Luciana, desencadearam um elevado diálogo político-programático, buscando uma solução política e jurídica para atender às exigências, na forma da lei, de superação da cláusula de desempenho e assim criar as condições para que sigam desempenhando um papel relevante na resistência democrática e na busca de soluções de fundo para que o Brasil se torne uma nação próspera, democrática, soberana e socialista.

De comum acordo, as direções das duas legendas concluíram, então, que o caminho para que possam cumprir seus compromissos e responsabilidades perante a Nação e a classe trabalhadora, é o da unidade, cujo encaminhamento prático, legal e viável é a incorporação do PPL ao PCdoB. Processo esse assentado na legislação e nos estatutos das duas legendas.

Para concretizar esse processo, neste 1º de dezembro de 2018, numa decisão congressual, o Partido Pátria Livre (PPL) decidiu unir-se ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Por sua vez, nesta mesma data, o CC do PCdoB aprovou a incorporação do PPL. O PCdoB manterá seu nome, símbolo, estatutos e programa.

O Comitê Central também convocou um Congresso extraordinário para se realizar em 17 de março, na cidade de São Paulo, quando elegerá um novo Comitê Central. Para atender ao que exige a lei, o Congresso Extraordinário do PCdoB se realizará em sessão conjunta com o Congresso do PPL.

A direção nacional do PCdoB aprovou ainda um projeto de resolução com a nominata da nova direção nacional, que será deliberada na reunião conjunta, já mencionada, dos congressos das duas legendas. Essa nominata é constituída de 170 nomes, dos quais, 130 são os atuais membros do Comitê Central e 40 oriundos de indicação pelo PPL.

No dia 2 dezembro, na cidade de São Paulo, como parte desse rito político e jurídico, os dois partidos realizarão uma sessão conjunta do Comitê Central do PCdoB e do Congresso Extraordinário do PPL, na qual deverá ser aclamada a união do PPL ao PCdoB acompanhada de um pronunciamento político das presidências das duas legendas e de outras lideranças.

Da Redação do Portal Vermelho

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

3 respostas para “PCdoB e PPL se unem para fortalecer resistência democrática”

  1. Gedeon disse:

    ESQUERDALHAS—PTRALHAS—PT= PARTIDO DAS TREVAS—PCdoB—etc ENCENAM UMA ==ENGANAÇÃO===para os bobos–trouxas —-NUNCA RECONHECEM QUE A ==ESQUERDA MALDITA—PT–LULA-LADRÃO —chefão da maior organização criminosa do mundo—PT—lula ladrão–dilma anta ( com a delação do Palocci DILMA SERÁ PRESA EM 2019 )—– arruinaram com o Brasil—roubaram bilhões–bilhões–bilhões—-enviaram bilhões do povo para CUBA e VENEZUELA—–deixaram para trás 30 MILHÕES de DESEMPREGADOS……. e para a ESQUERDALHAS–PTRALHAS—-tudo está certo–tudo correto—nada a criticar…… SOMENTE SENDO MUITO–MUITO—MUITO BURRO–BOBO–TROUXA–BOCÓ—RETARDADO PARA ACREDITAR E AINDA DEFENDER TANTA —CANALHICES—ROUBALHEIRAS DE BILHÕES NA MAIOR CARA DE PAU……BILHÕES ROUBADO DO POVO BRASILEIRO—DO POVO —— não foi assalto a bancos nem a carros forte —-foi ASSALTO DE BILHÕES DO POVO —-SOMENTE NA PETROBRAS —42 BILHÕES ROUBADOS —– A LAVA JATO CONSEGUIU RECUPERAR SOMENTE 3 ……..3 BILHÕES……….. burrice tem cura ……basta pesquisar no google , ler as verdades, ter acesso as verdades, raciocinar, pensar, a mente foi feita para …….pensar……. e não para ser dominada por PTRALHAS—ESQUERDALHAS…..fanáticos que deveriam todos mudarem para CUBA para ver as maravilhas do comunismo…….do PC de CUBA—PCdoB mamando nas tetas do BRASIL é bom demais —–quero ver morando em CUBA–VENEZUELA…………. ESQUERDALHAS–PTRALHAS VÃO DE TOPOLEV -RUSSO abarrotado para CUBA–VENEZUELA —– passagem somente de IDA ……e adeus….adeus ….adeus para sempre.

  2. JOSÉ MÁRIO disse:

    VEJAM BEM……( resistência democrática….??????? cruz credo ….) isto é …..VISTA GROSSA PARA AS ROUBALHEIRAS DE BILHÕES DO PT–PTRALHAS–ESQUERDALHAS —sendo de esquerda podem ROUBAR BILHÕES DO POVO …..numa boa……e ainda diz= EM DEFESA DA DEMOCRACIA, EM DEFESA DOS IDEAIS –REPUBLICANOS—– resistência democrática……. tudo BOBOSEIRA, ENGANAÇÕES, CONVERSA PARA BOI TONTO DORMIR……..tudo para iludir os bobos, trouxas, burros……o que não falta no país……agora reconhecer os roubos astronômicos do PT– LULA LADRÃO–DILMA–PTRALHAS–ESQUERDALHAS—- quadrilhão do PMDB-MDB—-PSDB—- PT—–nenhuma crítica a nenhum ladrão de bilhões do povo brasileiro………… TUDO EM DEFESA DA DEMOCRACIA…… RESISTÊNCIA DEMOCRÁTICA…… DOS IDEAIS REPUBLICANOS….. A DEMOCRACIA CORRE RISCOS…….. CUIDADO COM O FASCISMO…..em vez de dizer CUIDADO COM OS LADRÕES DE BILHÕES DO POVO BRASILEIRO—–DIZER= PRISÃO PARA TODOS OS LADRÕES DO POVO—TODOS–TODOS—TODOS——LULA LADRÃO MOFAR NA PRISÃO ………. a preocupação é com a …….democracia….resistência democrática, os ideais republicanos……..é demais…… como tem burros para aceitar tanta burrice, tanta encenação, tapeação, enganação……… e os trouxas caem igual patinhos na lagoa cheia de jacaré açu………..

  3. antonio muniz disse:

    Márcio Jerry líder nacional?
    Quem acreditaria? _isso é fake ou é propagando de produto vencido? Quando eu li que “Fernando Haddad” o candidato derrotado nas duas eleições (1º e 2º) primeiro e Segundo Turno das eleições 2018 escrevi o texto a cima e em seguida leio que a união entre o “PCdo B e PPL” estão produzindo um novo tipo de líder nacional do mesmo modo por falta de elementos que justifique as supostas lideranças dos pré-conduzidos ao estrelato sem serem nem mesmo estrelas cadentes.No caso de Fernando Haddad, seu suposto protagonismo foi fruto da polarização entre a ” Esquerdo-corrupta e a Direita” se propondo ao diálogo com a legalidade. Em nosso Estado a reeleição do senhor “Flávio Dino” se se deveu a falta de liderança ativa e por isso sua eleição logo no primeiro turno. Fatos como esses só ocorrem nos “Estado Democráticos de Direito” só alcançado em regimes de direito-democrática com a que hora vivemos mesmo precariamente. Mesmo que alguém diga que nossas instituições sejam frágeis, mas mesmo assim elas nos deram as garantias para que tivéssemos eleições limpas. Do ponto de vista partidário, o que se viu foi o cidadão _diante da polarização esquerda e direita _ dar sinais claros de que cansou dos discursos de moralidade da esquerda , e partidos tradicionais amargaram a mais fragrante derrota no campo ideológico . No nosso Estado, a esquerda não se saiu melhor do que no restante do Brasil , quando vimos o governador não conseguir eleger e fortalecer candidatos de seu “Partido” suficiente para sair ileso da cláusula de Barreira…Se a nossa legislação não tivesse as pontas das corda para amarrar e ancorar tais partidos, o Partido do governador do Maranhão teria sido extinto. Eu acredito que a nossa fragilidade institucional deve-se ao fato de que temos partidos em demasia, por isso as crises são constantes. Ora , num universo de 40 partidos políticos, a grande maioria criados como se fossem sindicatos, num presidencialismo de coalizão como o nosso, seria bom que os partidos que não atingissem o mínimo necessário ficasse fora das duas casas Congresso , das assembleias estaduais e das câmaras de vereadores. Ora ,o PCdoB , com um governador que se proclama como sendo um dos melhores de país não conseguir eleger mais de dois deputados federais, e por isso não ultrapassou a clausula de barreira, e para isso ter que se juntar com um super-nanico, e em seguida um de seus membros falar em protagonismo nacional, é pensar que os brasileiros são otários e em especial os maranhenses. Para que se tenha uma pálida ideia do quanto é difícil alguém se projetar de um dia para outro, que até mesmo Haddad está tendo dificuldade em ser dado com líder num universo com tantas estrelas, o que não dizer de Márcio Jerry? Sabe de uma coisa John ao ler essa nota assinada por “TI” John Cutrin ou por qualquer outros postar de notícias eu perguntaria para o autor da postagem: Você acredita nisso como notícia ou como boato?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens