Fechar
Buscar no Site

Pastores e lideranças jovens participam da abertura da Semana Maranhense de Retiros

Pastores e coordenadores de retiros deram nesta quinta-feira (28) a largada na Semana Maranhense de Retiros Culturais durante solenidade no Palácio dos Leões.

A abertura do evento foi realizada pelo vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão e contou também com a presença do secretário de Cultura, Diego Galdino e da autora da Lei 8.904/08, senadora Eliziane Gama.

Carlos Brandão reafirmou o apoio do Governo do Maranhão com às manifestações artísticas realizadas pela igreja evangélica. Ele também parabenizou a iniciativa legislativa de Eliziane Gama, ao apresentar a Lei que reconhece a arte evangélica como cultura.

“O Governo do Estado não mede esforços de apoio esse tipo de evento do segmento evangélico. O governador Flávio Dino tem apoiado desde o primeiro ano de governo. Essa é uma oportunidade de descobrir novos talentos maranhenses”, destacou.

Eliziane Gama lembrou que os retiros já são uma tradição da juventude evangélica que todos os anos realiza o evento no período de carnaval. Além de ministrações, palestras e devocionais bíblicos, são realizadas diversas atividades que incluem teatro, dança e música cristã.

Durante o evento, houve apresentação musical do Grupo de Libras Expressão de Amor e também apresentação de coreografia do grupo de jovens da Igreja Quadrangular

Esta será a 13ª edição da Semana Maranhense de Retiros Culturais, assegurada pela Lei 8.904/08, de autoria de Eliziane Gama, e que reconhece a arte evangélica como cultura. O encerramento da Semana Maranhense de Retiros Culturais será realizado dia 06 de março em conjunto com o Ora São Luís na Praça Maria Aragão.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

5 respostas para “Pastores e lideranças jovens participam da abertura da Semana Maranhense de Retiros”

  1. @odayjose disse:

    Essa lei é um absurdo. Devia usar esse dinheiro dar comida, saúde aos necessitados.

  2. Rosana Silva disse:

    Dinheiro público para financiar retiro espirituais de igreja$ evangélicas. Cadê os 10% recolhidos dos membros ? Pq não fazem alguma coisa para arrecadar como patrocínio de empresas privadas? Cadê os defensores do dinheiro público que não se manifestam ?
    Duvido se fosse uma manifestação da umbanda se teriam o mesmo direito. Mais uma vergonha para nosso estado. Só Deus na causa….

  3. Rosana Silva disse:

    Lei 8.904/08, senadora Eliziane Gama.

    Isso sim é uma vergonha….

    PRIVILEGIOS AOS EVANGÉLICOS. Ahhh….sem contar que igreja não paga impostos, recebem 10% dos membros. Engraçados….tomara que os umbandistas saibam que podem tbm usufruir disso….

  4. Aston Beckman disse:

    Dizem que “no Brasil é sempre tempo de murici: cada qual pra si”.
    Ao invés de ficar manobrando para também “ratear” os recursos públicos, nessa prática flagrante de egoísmo de grupo: isolando-se, festivamente , às expensas do contribuinte. Esses reverendo deveriam usam do seu poder de mobilização para pôr fim a essa praga momesca.
    Carnaval é um Câncer Social, cujo combate deletério é dever da maioria daos cidadãos que o abomina. Há muito tempo, ele deixou de ser uma manifestação espontânea e nostálgica. Atualmente, trata-se de um ditirambo puramente comercialesco, regado a alto consumo de drogas e álcool, prostituição (inclusive infantil), desfazimento e fugas dos lares, assassinatos, roubos, acidentes, gastos astronômicos com saúde e segurança pública.
    E o idiota que não compactua, compartilha também das desgraças que tal insanidade coletiva produz.
    Em cidades como Pinheiro, por exemplo, neste período, chegam vagabundos de todos os rincões: os canalhas vem congestionar o trânsito e a rede de esgotos, inflacionam o mercado, transfomamando a cidade em um caos. Por que esses desocupados não procuram outro lugar para praticarem seus vícios? Logo aqui? Ou então, por que não aproveitam esse espírito coletivo, para cometerem suicídio em massa? Xô daqui, forasteiros vomitivos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens