Flávio Dino e prefeitos da Ilha discutem ações em parceria

A reunião foi o primeiro encontro do governador com os prefeitos eleitos da Ilha de São Luís. Foto: Gilson Teixeira/Secap

O governador Flávio Dino reuniu os quatro prefeitos que comandarão os municípios da Ilha de São Luís a partir de 2017, no Palácio dos Leões, na tarde desta segunda-feira (7). Edivaldo Holanda Júnior (São Luís), Luís Fernando (São José de Ribamar), Domingos Dutra (Paço do Lumiar) e Talita Laci (Raposa) discutiram com a equipe do Governo do Estado a implementação da Região Metropolitana da Grande São Luís e a integração imediata de políticas públicas em áreas definidas como prioritárias pelos gestores.

A reunião foi o primeiro encontro do governador com os prefeitos eleitos da Ilha de São Luís, e marca o diálogo inédito do Governo com os municípios que compõe a maior Região Metropolitana do estado.  Durante a reunião, Flávio Dino ouviu as demandas das quatro cidades, e, a partir do consenso entre os gestores, foram definidos cinco temas prioritários: produção, segurança, mobilidade urbana, turismo, resíduos sólidos.

“Escolhemos alguns temas prioritários que imediatamente vão determinar uma agenda de trabalho entre o Governo do Estado e os municípios para que possamos otimizar os recursos e prestar um serviço de mais qualidade”, realçou o governador.

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior explicou que a criação da Região Metropolitana prevê a implantação da Agência Metropolitana, do Fundo Metropolitano e da instalação dos conselhos com o objetivo de identificar os projetos estratégicos e as funções públicas de interesse comum existentes que afetam a municipalidade. “Esta reunião foi muito importante para a cidade de São Luís e as cidades vizinhas”, realçou Edivaldo.

O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando, destacou que é louvável a reunião dos quatro prefeitos da Grande Ilha para que as ações de gestão metropolitana se iniciem o mais rápido possível. “Tenho a expectativa que muitas parcerias podem ser feitas imediatamente a partir de janeiro para garantir mais celeridade da implementação das políticas públicas e para potencializar o esforço que cada administração municipal vai fazer em benefício do cidadão”, reiterou.

De acordo com a prefeita eleita de Raposa, Talita Laci, esse encontro é um momento histórico e esperado pela população de toda a Região Metropolitana. “Nós temos hoje quatro prefeitos que estão discutindo os principais temas em conjunto e acredito muito que esse diálogo vai beneficiar muito a toda a população”, enfatizou a futura gestora.

Região Metropolitana da Grande São Luís

Durante a reunião, a equipe da Secretaria de Estado das Cidades (Secid) apresentou a Lei Complementar Estadual nº 174 de 25 de maio de 2015, que institui a criação da Região Metropolitana da Grande São Luís em conformidade com o Estatuto das Metrópoles.

Composto de 13 municípios (São Luís, São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar, Alcântara, Bacabeira, Rosário, Axixá, Santa Rita, Presidente Juscelino, Cachoeira Grande, Morros e Icatu), o projeto engloba uma população de 1,6 milhão de habitantes e que detém quase 40% do PIB do Maranhão.

O objetivo é que, a partir do encontro desta segunda-feira, o governador reúna os 13 municípios que farão parte da Metropolização para definir a estrutura de governança interfederativa própria e o plano de desenvolvimento urbano integrado aprovado mediante lei estadual. “O reconhecimento da metropolização é fundamental. Há uma determinação única da nossa história por parte do Governo do Estado e dos quatro municípios da ilha de, de fato, haver uma implementação da Região Metropolitana, constante de lei federal e de lei estadual”, explicou o governador.

De acordo com Flávio Dino, inicialmente o Governo do Estado partirá dessa articulação com as cidades que compõe a Ilha, mas o objetivo é chegar aos 13 municípios da Região Metropolitana que representam 1,6 milhão habitantes que serão atingidos nessa maior vinculação e na melhor organização dos serviços públicos nesta área. “Teremos ações, portanto, ações imediatas e uma mais de médio prazo em um cronograma de cerca de 12 a 18 meses que vai levar a constituição jurídica, plena da Região Metropolitana nos termos da lei”, complementou Flávio Dino.

Luis Fernando defende parcerias com o Governo do Estado

reuniao

O prefeito eleito de São José de Ribamar, Luis Fernando, participou de um encontro dos gestores eleitos da Grande São Luís com o governador Flávio Dino (PCdoB). A reunião aconteceu no Palácio dos Leões na tarde desta segunda-feira, dia 07.

Defensor da implantação da Gestão da Região Metropolitana da Grande São Luís, desde que foi eleito prefeito da cidade ribamarense, pela primeira vez, em 2004, Luis Fernando se disse satisfeito por ter visto, de forma inédita, uma união de todos em torno da proposta. “Felizmente, agora, a bandeira está sendo empunhada por todos os companheiros prefeitos e pelo governador”, comemorou.

Com um firme propósito de reconstruir o município de São José de Ribamar, que tem registrado nos últimos anos queda na qualidade dos serviços públicos de saúde, educação e infraestrutura, Luis Fernando reconheceu a importância do gesto do governador ao receber os prefeitos e acenar para parcerias futuras, independente da implantação da gestão metropolitana.

“Muitas parcerias podem ser feitas a partir de janeiro para garantir mais celeridade na implementação das políticas públicas e para potencializar o esforço dos gestores em benefício dos cidadãos”, ressaltou.

Para o prefeito eleito, na área da infraestrutura, por exemplo, o Governo do Estado pode contribuir muito com os municípios, direcionando o programa “Mais Asfalto” para a melhoria dos trajetos dos ônibus nas quatro cidades. “Essas vias precisam ser trafegáveis. O usuário do transporte precisa ter segurança e conforto”, afirmou.

Segundo Luis Fernando, não só na área da infraestrutura, mas nas demais áreas há possibilidades imprescindíveis de parcerias. “Por isso que saio daqui muito satisfeito com o encontro, pois, dentro de pouco tempo já estaremos nos reunindo com os secretários do governo para que essas ações possam acontecer o mais rápido possível, em benefício do cidadão, além de termos reais chances da implantação da gestão metropolitana”, concluiu o tucano.

Paulo Marinho deve dar as cartas em Caxias

paulo-marinho-paulo-marinho-junior-caxias-e1450815276498-940x540

O ex-deputado Paulo Marinho deve dar as cartas na gestão do prefeito eleito de Caxias, Fábio Gentil (PRB). Em entrevista à rádio Difusora FM, no programa ‘Ponto e Vírgula’ na noite desta segunda-feira (7), Gentil destacou a participação da família Marinho como fundamental para a sua vitória.

De extrema importância, a vinda dos Marinhos contribuíram para que a eleição fosse vitoriosa“, afirmou Fábio Gentil, valorizando a atuação de Paulo Marinho e o seu filho, Paulo Marinho Júnior (vice-prefeito) na campanha e escancarando o alto grau de influência que o clã Marinho terá na administração.

Paulo Marinho teve o mandato cassado por vender ilegalmente ações da Cemar e teve contra si mandados de prisão expedidos por atraso no pagamento de pensão alimentícia.

Juíza que recebeu denúncia contra Roseana é recebida na Corregedoria

m_07112016_1659

Corregedora Anildes Cruz recebeu em reunião a juíza Cristiana Ferraz

A corregedora-geral da Justiça, desembargadora Anildes Cruz, recebeu na manhã desta segunda-feira (07), em seu gabinete, a juíza auxiliar de entrância final, Cristiana Ferraz, que responde atualmente pela 8ª Vara Criminal de São Luís.

Na oportunidade, a magistrada discorreu sobre o trâmite da ação penal n.º 19880-63.22016, e enfatizou que todos os procedimentos legais referentes ao processo estão sendo respeitados, e os atos efetivados pelo Juízo são devidamente publicados.

Durante a reunião a corregedora reafirmou confiança na magistrada, e ressaltou que a independência e convicção dos juízes em suas decisões devem ser respeitadas.

Os juízes auxiliares da Corregedoria, José Américo Abreu (Segurança Institucional), Rosária Duarte (Serventias Judiciais) e Sara Gama (Serventias Extrajudiciais), também participaram da reunião.

ENTENDA

O Ministério Público Estadual (MPMA) apresentou denúncia contra a ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney Murad e outras nove pessoas no último dia 31 de outubro, conforme indica sistema jurisconsult da Justiça estadual. Na última sexta-feira, dia 4 de novembro, a magistrada Cristiana Ferraz proferiu decisão recebendo a denúncia oferecida pelo ente ministerial.

A ex-governadora Roseana Sarney é acusada pelo Ministério Público e pela Justiça de ter cometido 4 graves crimes pelos quais pode ser condenada a pelo menos 6 anos de prisão. O despacho da juíza Cristiana de Sousa Ferraz Leire, respondendo pela 8ª Vara Criminal da Comarca da Ilha de São Luís, acatando denúncia do Ministério Público do Maranhão (MPMA), aponta que Roseana cometeu os crimes de peculato, prevaricação, fraude à administração fazendária e participação em organização criminosa que gerou um desfalque de R$ 410 milhões nos cofres públicos.

Um advogado ouvido pelo Blog explicou que para peculato a pena varia de 2 a 12 anos; para prevaricação, de 3 meses a 1 anos; de fraude à administração fazendária, de 1 a 4 anos; e de integrar organização criminosa, de 3 a 8 anos.

A ex-governadora Roseana Sarney e outro ex-gestores são acusados de prática criminosa por provocar um rombo superior a R$ 410 milhões nos cofres públicos. A denúncia do Ministério Público do Maranhão (MPMA) responsabiliza ela e outros ex-servidores pelo esquema fraudulento na Secretaria da Fazenda (Sefaz).

O Poder Judiciário aceitou, nesta sexta-feira, 4, a denúncia do Ministério Público do Maranhão contra os dez membros da organização criminosa que concederam compensações ilegais de débitos tributários com créditos de precatórios a empresas, causando prejuízo milionário aos cofres públicos.

Além de Roseana Sarney, os réus da ação penal são o ex-secretário de Estado da Fazenda, Cláudio José Trinchão Santos; o ex-secretário de Estado da Fazenda e ex-secretário-adjunto da Administração Tributária, Akio Valente Wakiyama; o ex-diretor da Célula de Gestão da Ação Fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda, Raimundo José Rodrigues do Nascimento; o analista de sistemas Edimilson Santos Ahid Neto; o advogado Jorge Arturo Mendoza Reque Júnior; Euda Maria Lacerda; os ex-procuradores gerais do Estado, Marcos Alessandro Coutinho Passos Lobo e Helena Maria Cavalcanti Haickel; e o ex-procurador adjunto do Estado do Maranhão, Ricardo Gama Pestana.

Frequência de maranhenses e turistas aumenta nas praias

Após registro positivo do laudo de balneabilidade das praias da Grande Ilha, que durante o mês de outubro mantiveram boas condições de balneabilidade, maranhenses e turistas continuam escolhendo as praias para momentos de lazer e convivência com a família.

Assista a reportagem:

A realidade de uma nova Justiça desagrada corruptos

justicakdxf

Por  JM Cunha Santos – No Maranhão já se viu de tudo. Até juiz eleitoral desfilando em caminhadas e envergando camisas de candidatos a prefeito e governador. Mas a realidade de uma nova Justiça, nascente em todo o Brasil e que, de fato, atende aos princípios da impessoalidade e da imparcialidade, está deixando os corruptos de cabelo em pé. Vivem o temor das leis. Sente-se isso na equivocada Lei de Abuso de Autoridade, requentada às pressas no Senado; sente-se isso na acusação estapafúrdia de que existiu um acordo entre o promotor Paulo Roberto Barbosa Ramos e a juíza Cristiana Ferraz, para acatamento da denúncia contra a chamada Máfia da Secretaria da Fazenda, no Maranhão.

Nota-se, porém, uma diferença. A corrupção, quase sempre, culpava a imprensa por suas desventuras. Mudaram o alvo. Da mesma forma como tentam criminalizar o juiz Sérgio Moro pelo teor de decisões decorrentes da Operação Lava Jato, a tropa de choque da corrupção no Maranhão tenta criminalizar um promotor e uma juíza, pela denúncia e decisão capazes de por em pratos limpos um violento esquema de corrupção envolvendo compensações tributárias e isenções fiscais que podem ter garfado mais de R$ 400 milhões dos cofres do Estado.

Essa nova Justiça assusta, porque age bem diferente daquela que invalidou todas as provas contra Fernando Sarney colhidas na Operação Faktor. E os oportunos esclarecimento e defesa da Associação do Ministério Público, no que diz respeito ao promotor Paulo Roberto Barbosa Ramos e da Associação dos Magistrados, no que tange à decisão da juíza Cristiana Ferraz, limita ainda mais essa ingênua linha de defesa adotada em blogs e sites pelos acusados.

Nem cabem nessa página todas as acusações de improbidade que pesam sobre pessoas ligadas ao governo Roseana Sarney. Mas, pela enésima vez, podemos relembrar algumas: estradas fantasmas, precatório da UTC Constran, os milhões da Transpetro que teriam ido parar nas mãos de Lobão e José Sarney, os empréstimos consignados de Adriano Sarney, o R$ 1 bilhão que teria sido desviado da Secretaria da Saúde na gestão de Ricardo Murad e, claro, os R$ 400 milhões da Secretaria da Fazenda que, estrepitosamente, deixam a ex-governadora Roseana Sarney na condição de ré.

Roseana vê nisso o que chamou de “clara intenção política” e Sarney faz Lênin tremer no túmulo e Maquiavel desertar do cemitério acusando a outros, que não ele mesmo, de inveja, ódio e perseguição.

Se é verdade que o inconsciente vê os homens por detrás das cortinas, são tantas as denúncias que por si só se descarta a presunção de inocência e se sabe, antes mesmo de qualquer julgamento, que crimes foram cometidos e que, para atender realmente ao espírito das leis, chegou a hora da punição. Essa é a realidade de uma nova Justiça, no Brasil e no Maranhão, que está deixando os corruptos apavorados, de cabelo em pé.

Dino irá se reunir com prefeitos eleitos da região metropolitana

prefeitos

O governador Flávio Dino se reunirá, na tarde desta segunda-feira (7), com os prefeitos eleitos da região metropolitana de São Luís.

Edivaldo Holanda Junior, reeleito na capital maranhense, Domingos Dutra, escolhido em Paço Lumiar, Luís Fernando, próximo prefeito de São José de Ribamar e Thalita Laci, da Raposa, estarão no Palácio dos Leões para um diálogo inicial com a equipe de Governo.

O secretário de Estado de Assuntos Políticos e Comunicação Social, Márcio Jerry, explica que a intenção é traçar estratégia para fortalecer políticas públicas nas quatro cidades da região metropolitana, numa ação integrada entre Governo do Estado e Prefeituras. “A pauta principal deste encontro é tratar do tema gestão metropolitana, porque o objetivo é gente buscar uma integração maior ainda do Governo do Estado com os quatro municípios da ilha, e dessa maneira, otimizar recursos, esforços e alcançar, por conseguinte, melhores resultado na aplicação de políticas públicas, especialmente nas áreas de segurança, saúde e mobilidade urbana”, explicou Márcio Jerry.

De acordo com o secretário, a reunião será importante até para acordar a dinâmica de ações entre os quatro municípios, que, pelo crescimento populacional e dos centros urbanos, acabam se misturando. “É uma reunião de natureza institucional no tema de parceria do Governo com os municípios, mas neste caso específico tem também uma dimensão administrativa mais acentuada, porque as cidades estão praticamente uma dentro da outra, estão conurbadas hoje, e é importante a gente fazer um avanço nas ações complementares do Estado com esses municípios e dos municípios entre si, para termos uma pauta positiva”, informou o secretário.

ENCONTRO COM TODOS OS ELEITOS

O Governo do Maranhão realizará outro encontro com prefeitos eleitos, desta vez, com os eleitos e reeleitos dos 217 municípios, no dia 25 de novembro. A intenção é dialogar com os gestores públicos, apresentando ações do governo já em curso e traçando novas parcerias para desenvolver os municípios maranhenses. “No dia 25, o governador Flávio Dino e todos os secretários vão coroar um processo de conversas bilaterais, que tem sido feitas pelo Governo com os prefeitos eleitos do Maranhão. Será um momento de apresentar as ações do Governo, apresentar os secretários e os programas para os prefeitos, avaliar a possibilidade de parceria com estes municípios. Enfim, é o momento de integração e alinhamento de ações macro, na integração do estado com os 217 municípios”, destacou o secretário Márcio Jerry.

Candidatura a contragosto de Roseana para se proteger

governadora-roseana-sarney-72809

Blog do Elias Lacerda – Principal liderança política do estado até poucos anos atrás, a ex-governadora Roseana Sarney, ver-se enrolada até o pescoço em várias denúncias de corrupção no seu governo. A situação tem lhe proporcionado profundo desgaste junto ao eleitor maranhense e pior ainda: O futuro parece querer lhe reservar muitos problemas com a justiça, pois o Ministério Público tem movido várias ações contra ela, uma delas por desfalque de mais de R$ 400 milhões dos cofres públicos.

Diante dos últimos acontecimentos, mesmo que Roseana tenha prometido no passado que não voltaria a ser candidata, agora o destino parece lhe colocar numa necessidade sem precedentes de ter um mandato. Um mandato lhe daria foro privilegiado, um guarda chuvas contra a chuvarada de processos que estão movendo contra sua pessoa.

Que ela deverá disputar o pleito 2018 todos sabem, o problema é saber a que cargo a ex-governadora pretende buscar. Acostumada a concorrer e ganhar para os cargos políticos mais importantes do estado (já foi governadora e senadora), Roseana pode ser obrigada a se contentar com uma candidatura de deputada federal. E há até alguns defendendo que o melhor mesmo para ela seria disputar uma vaga para deputada estadual. Teria chances quase certa de se eleger…

Ufa! Dilma não virá para o Maranhão

O governador Flávio Dino tratou como “lenda” uma possível vinda da ex-presidente Dilma Rousseff para integrar o seu secretariado. A declaração foi dada em entrevista publicada pelo jornal O Estado de São Paulo.

entrevistta-1

entrevista-2

Dino sepulta era Sarney no Maranhão

edivaldo-holanda-flavio-dino-e-marcio-jerry-80930-e1427416705554

Maranhão 247-Puxado pelo governador Flávio Dino, o PC do B decretou o fim da era Sarney no Maranhão. Êxito dos comunistas chama atenção: o PC do B saiu de cinco prefeitos eleitos em 2012 para 46 neste ano. O resultado dá a Dino o feito de ser o único representante da esquerda que conseguiu um resultado expressivo nas urnas, além, claro, de deixar explícito o enfraquecimento do grupo político do ex-presidente José Sarney (PMDB).

Das 217 cidades, Dino e seus aliados ganharam em 153 – cerca de 70% do total. Já o PMDB venceu em apenas 22 municípios, contra os 48 prefeitos eleitos em 2012, quando o Estado era governado pela filha do ex-presidente, Roseana Sarney.

Prova da força de Dino na disputa eleitoral é o que aconteceu na região metropolitana de São Luís. Dos oito municípios que compõem a Grande Ilha, quatro vão ser governados pelos vermelhos.

Dois desses municípios conquistados pelo PCdoB – Paço do Lumiar e Raposa – foram historicamente governados por aliados do grupo Sarney e ainda possuem as marcas desse tempo, seja pelas escolas que levam nomes do membros do clã ou as ruas esburacadas.

Colunaço do Pêta

Dr. Pêta não vai entrar no mérito da questão, mesmo porque, pelo visto, o mérito parece ser bastante grave, mas é preciso registrar que foi muito, mas muito rápida a aceitação, por parte da Justiça, da denúncia do Ministério Público estadual sobre desvios e corrupções na Secretaria de Estado da Fazenda, no governo Roseana Sarney!!! O promotor Paulo Roberto Melo, responsável pela investigação, levou o caso à juíza Cristiana Ferraz na quinta-feira, esteve com ela na manhã seguinte e à noite, nesse mesmo dia (sexta-feira), a denúncia já havia sido aceita!!! E olha que é um caso ultra complexo, sobre o qual o próprio promotor Paulo Roberto levou praticamente dois anos debruçado!!! Só para registrar mesmo!!!

A propósito, viram as ‘interessantes’ defesas da ex-governadora Roseana Sarney e do ex-procurador-geral do Estado Marcos Lobo, publicadas pelo jornal O Estado do Maranhão???!!! Em meio ao ‘vendaval’, Roseana afirmou: “Tudo que fiz foi legal, com base em pareceres legais da Procuradoria Geral do Estado”!!! Aí vem, na mesma edição, o Marcos Lobo e, do alto de sua sapiência jurídica, ‘manda bala’: “Sou um mero parecerista, que dá apenas um parecer técnico sobre as matérias”!!! Vixi, saiu ‘da reta’ e complicou a chefe!!!

E deu o que falar o almoço que o governador interino Humberto Coutinho promoveu, quinta-feira, aos deputados estaduais!!! A presença anunciada do secretário Márcio Jerry (Comunicação e Articulação Política) não andou agradando alguns parlamentares!!! ‘Despachada’, a deputada Andrea Murad, ao ver o nome de Márcio na relação do almoço, recusou o convite e ‘mandou bala’: “Não respiro o mesmo ar deste sujeito. Gosto muito do Humberto, mas, devido à presença deste indivíduo, não vou ao almoço”!!! Souza Neto idem!!! “Jesus/Maria/José”, quanta raiva!!! Ah, o Eduardo Braide também, quando soube da presença, despachou: “Humberto merece todas as homenagens, mas essa presença impede a minha presença”!!! Gente, o que Márcio fez para esse ‘povo’???!!! Será que é por causa da tentativa de mudança das práticas dessa “coisa cultural que o político se acostumou”???!!! Só pode, porque político no palácio dos Leões, hoje, só tem prestígio em ‘governos interinos’!!! E pense num remanejamento de lugares à mesa principal que tiveram que fazer, porque ninguém queria ficar perto!!! E o deputado Stênio???!!! Eram 30 vagas para 30 deputados convidados, porque a mesa de almoço só comportava 30 lugares!!! Não podia levar nem a ‘cara-metade’!!! E eis que Stênio ‘me chega’ lá com dois assessores…, e que foram os primeiros a sentar!!! ‘Rapá’!!! Ô almoço bom!!!

Falar em raiva (essas dos deputados que não foram ao almoço por causa de Márcio Jerry), imagina a raiva que estava o cunhado de um conhecido gestor da ‘Grande Ilha’ no momento em que ‘desfigurou’ de socos o rosto da própria ‘cara-metade’!!! Pois é…, o caso aconteceu recentemente, não vazou, mas a família da jovem já disse que o agressor vai pagar muito caro!!! Providências no âmbito policial estão sendo tomadas!!! Envolvido com ‘alucinógenos’, como se não bastasse a covarde agressão contra a ‘cara-metade’, o cunhado violento ainda está procurando encrenca com outra família!!! Com a ‘justificativa’ de que separou da mulher, quer ‘firmar compromisso’ com uma sobrinha de um também conhecido deputado federal e ex-governador!!! Só que a jovem, que vive ‘fugindo’ das ‘azarações’ do ‘cito-cujo’, já tomou conhecimento do motivo da ‘separação’!!!

Meu amigo, a eleição passou, mas os ‘bastidores dos bastidores’ nos subterrâneos políticos não para!!! E o que tem de coisa camuflada e chegando “de ouvido em ouvido” é uma ‘festa’!!! Tem uma história ‘cabeludíssima’ aí, de compra de dívidas, que se vier à ‘superfície’ pode fazer estragos!!! Pois é…, chamaram empresário credor, compraram a dívida pela metade do valor e ainda pediram ‘um’ ‘dindim’ emprestado para a campanha a juros de 5%!!!

E a ‘chuva’ de pesquisas nas eleições para prefeito de São Luís, hein!!! Pois é…, e em meio à essa ‘penca’ de empresas de sondagem de intenções de voto ainda me aparece a ‘Perfil Pesquisas e Projetos’ com um registro sui generis!!! No TSE, a data do registro (número 02529/2016) é 25.10.2016, e a de divulgação, 31.10.2016; um dia depois da eleição!!! Nessa aí a margem de erro é ZERO!!! Esse instituto não acertou na mosca; acertou foi no ‘peru’ da mosca, hahahahahahahahahaha!!!

Entrevistado nas Páginas Amarelas da revista Veja da semana passada, o prefeito reeleito de Salvador (BA), ACM Neto, dá dois recados que deveriam ser seguidos pelo governador Flávio Dino e pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que acabou de se reeleger!!! O primeiro é para Edivaldo!!! Perguntado sobre qual seria o motivo da sua popularidade em tempos de crise, ‘Neto’, como gosta de ser chamado, respondeu: “Todo êxito da minha gestão começa por um ajuste fiscal duro, pela melhoria do gasto público. Logo que assumi, revi contratos, diminuí a despesa com terceirizados, reduzi os cargos de confiança. Fomos firmes no controle das despesas e na cobrança dos devedores. Aumentei o IPTU, que estava desatualizado fazia 19 anos, implantei um cadastro de inadimplentes. Abri o parcelamento de dívidas e fiz uma reforma tributária para potencializar a arrecadação. Conseguimos equilibrar as contas e investir na ampliação de serviços e obras de infraestrutura. O principal desafio dos governantes, hoje, é o equilíbrio das contas”!!! O segundo vai para o governador Flávio Dino!!! Veja perguntou: “O seu avô foi um dos políticos mais personalistas da história. Alguma semelhança com o senhor”???!!! ACM Neto respondeu: “Há duas semelhanças muito claras entre mim e meu avô: a imensa capacidade de trabalho, que ele tinha e eu também tenho; e a habilidade de conciliar a política e a gestão. Ele teve a capacidade de projetar quadros muito importantes para a vida pública; pessoas que saíram do nada, não tinham tradição familiar, não tinham origem. Eu venho fazendo isso. Mas sou muito menos passional que ele. Procuro ser muito mais racional e avaliar as coisas por todos os ângulos antes de reagir. Ele reagia muito por impulso, e isso fez com que tivesse vários embates pela vida que poderiam ter sido evitados. Não tenho frescura, e como prefeito não mudei meus hábitos. O tempo dos políticos produzidos em fábrica por marqueteiros que davam jeito de eleger um poste se esgotou no Brasil, Não sou personalista. Pode ir a qualquer repartição pública que você não verá uma foto minha pendurada na parede”!!!

Viram, ontem, o programa ‘Mirante Rural’, da TV “do outro lado da ponte”???!!! Tema: “Os prejuízos causados pela usina eólica que está sendo construída na região dos Lençóis Maranhenses”!!! Marrapá…, em todos os estados do Nordeste onde já existe usina eólica os resultados são altamente satisfatórios!!! Mas no Maranhão, como não foi idéia nem realização dos governos dos Sarney, não presta, vai causar problemas às aves migratórias!!! Era só o que me faltava…!!!

Alerta de um Pêtanauta: os políticos independentes que se cuidem, porque a ‘máquina de desconstrução’ está ‘azeitada’ pra fazer estrago daqui pra 2018!!! Hahahahahahaha, menos, gente, menos…!!!

Rapaz, essa ‘Panta’ não tem jeito mesmo!!! A mais nova dele é que comprou um avião, um Sêneca!!! A‘história’ teve início no ‘aeroporto’ de Paço do Lumiar, onde ele foi deixar o piloto que trouxe o avião para o verdadeiro proprietário: o irmão de um conhecido construtor da ‘Grande Ilha’!!! Hahahahahahaha, quem mente é ele!!!

Viram o Facebook da Eliziane???!!! Se não, olha aí…!!! “Passaram um ano me batendo impiedosamente, criando as mais absurdas mentiras a meu respeito. Blogs movidos pelo dinheiro e pela chantagem. E, claro, ainda subestimam nossa inteligência, achando que não vemos as digitais de cara. Usam blogs sem popularidade nenhuma, mas pagam fortunas com patrocínio. Eu fico me perguntando o que leva alguém a pagar o Facebook para propagar uma calúnia contra mim? Mesmo depois de tudo que me fizeram nessa eleição? Não ficarei mais inerte, não serei mais tolerante com essas mentiras. O que fizeram comigo foi criminoso! Eu tenho uma história política. Não vou admitir que quem quer que seja continue a macular minha história, minha caminhada. Vou entrar com ação por calúnia e difamação contra os mentirosos, os difamadores e caluniadores. Todas as minhas ações políticas foram fruto da minha consciência. Não me corrompi, não me vendi, nunca agi fora dos padrões éticos. Minha vida eu construí com muita suor, muita lágrima e muita dor. Não serão esse caluniadores que vão me suplantar! Como todos os maranhenses, eu carrego na minha pele as marcas da luta. E, depois de tudo nestas eleições, eu posso assegurar, hoje eu sou uma mulher mais forte”!!! Nossa, o que houve???!!! Rapaz, só tem uma saída para as pessoas/políticos que se julgarem vitimas desse “arco de desconstrução de imagem”: é ingressar, individual ou coletivamente na Justiça!!! Tem que atingir o bolso da ‘esgotosfera’, como diz, muito apropriadamente, um certo secretário de Flávio Dino!!! Meu amigo, a ‘blogosfera bandida’ já ultrapassou todos os limites!!!

Lembram a Petinhada de domingo sobre o teste de bafômetro da ‘professora musa’, depois da festa dos servidores estaduais???!!! Pois é…, só para esclarecer, na realidade, quando a ‘teacher’ de olhos esverdeadoss, ex-dona de alambique lá pras bandas de Matinha, foi realizar o teste , o bafômetro já estava quebrado, o que a impossibilitada de passar pelo teste!!! Registre-se que a ‘geringonça’ quebrou depois de ser usada por um ‘gordinho sexy’, também da Baixada, lá das bandas de “Beckcity “, e por um ‘motoqueiro fantasma’!!! Só muita borracha nesses dois!!!

Opinião de um atento observador de um ‘quase poder’ encaminhada ao Dr. Pêta!!! “Rapaz, essa denúncia do MPE doeu muito!!! Botou uma ‘penca’ de gente no mesmo saco!!! Resolveram tirar carta de inocência em cima do promotor autor da investigação…, que não teve muita habilidade para falar sobre o assunto!!! Os fatos são indefensáveis e ninguém mais está disposto a sentar em cima disso!!! Vai lá que Trinchão resolve imitar Sérgio Machado e fazer uma delação!!! Aí saberemos o que é ‘pranto’ e ‘ranger de dentes’ bem antes do ‘fim do mundo’!!! Que ecoem as trombetas do ‘juízo final”!!! “Jesus/Maria/José”…!!!

Rapaz, o cerimonial da Regional dos Correios, no Estado, cometeu uma gafe ‘daquelas’ durante o lançamento da segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, no Palácio La Rocque!!! Ao chamar as autoridades presentes para obliterar (como chamam o ato de carimbar selo) a estampilha postal comemorativa dos 15 anos sem aftosa no Maranhão, o cerimonial simplesmente ignorou o presidente da AGED, órgão operacional do processo de imunização dos animais, no qual estão lotados os servidores responsáveis pela ação!!! O mal-estar marcou o final da reunião!!! Para disfarçar a “saia justa”, os cerimonialistas ‘brindaram’ o presidente Anchieta Filho com uma pasta contendo um selo não carimbado por ele!!! O ‘cabra’ teve que superar a contrariedade para receber a ‘comenda’!!!

Transcorridos mais de um mês, os servidores da Aged, em greve ao longo desse tempo, esperam decisão do Governo do Estado sobre o anunciado e não realizado concurso público para preenchimento de 400 vagas no Grupo AFA (Atividades de Fiscalização Agropecuária)!!! A paralisação foi decidida em 13 de agosto, numa assembleia geral, e estava condicionada à publicação do edital do concurso até 30 de setembro!!! Não aconteceu e houve a deflagração do movimento!!! Como ainda não houve qualquer manifestação oficial sobre o feito, realizado em outras áreas da administração, o movimento continua firme!!!

Perfuração de equipe da Caema em rua do centro da capital (Santaninha, saindo na Coelho Neto, bairro dos Remédios) comprometeu a estrutura de uma residência na esquina das duas vias!!! A equipe foi alertada do prejuízo, mas até agora não compareceu ao local para corrigir o mal feito!!! A proprietária teme que, se chover nos próximos dias, a lateral do imóvel venha a ruir, deixando-a totalmente exposta!!! Ela espera uma solução administrativa, pois tem poucas posses para enfrentar uma demanda jurídica, de média e/ou longa duração!!! Com a palavra o presidente da estatal!!!

E a mais nova de ‘Pantaleão-Pé-Polar’!!! ‘Atraidor de assaltantes’!!! Que o digam os velhinhos que foram assaltados, essa semana, no ‘Bar da Rosa’, no Olho D´Água, que integra a ‘Tríplice-Fronteira’!!! Foi ‘Panta’ chegar e, ‘pimba’, atrás dele chegou o assaltante!!! Pense numa ‘borrada’!!! Vai ser pé frio assim em Balsas, Santa Inês, Lago do Junco e nos Cocais!!! ‘Curuzes’!!!

E pra fechar…

A tentativa de INVASÃO ocorrida no Liceu Maranhense no dia de ontem, foi mais uma ação orquestrada pelo movimento de estudantes do terceiro grau, na tentativa de arregimentar militantes cada vez mais jovens para serem usados na defesa dos seus interesses POLÍTICOS. Dois elementos estranhos à comunidade escolar, sem a devida autorização, invadiram a escola, as salas de aula e convenceram alguns alunos a enfrentar e desrespeitar a escola. Criaram tumultuo e, dessa forma, atrapalharam o curso das aulas. A polícia foi chamada para que os dois invasores deixassem o espaço escolar. A reação da maioria dos nossos alunos, foi de repúdio à invasão e de apoio ao trabalho feito pela polícia, que depois de muito diálogo convenceu os dois invasores a deixarem a escola, sem a necessidade do uso de violência. Violência é essa imposição de luta de fora pra dentro, que só defende interesses políticos, além de desrespeitar o DIREITO dos nossos jovens de livre organização e construção NATURAL do seu movimento de luta. Causou-nos estranheza ver a escola, imediatamente ao fato, ser questionada pela Defensoria Pública do Núcleo de Direitos Humanos; Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente; Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente e a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social como se não estivéssemos defendendo a mesma causa. Ao que nos consta a escola é por natureza a instituição mais diretamente ligada à defesa dos direitos das crianças e adolescentes. Aqui passam pelo processo de socialização e formação integral. Daqui saem cidadãos de fato e direito. Aprendem que o respeito é necessário para a construção das relações sociais sadias. Me pergunto onde estão todos esses órgãos que não protegem nossos jovens e crianças das situações de risco por toda a cidade. Aqui mesmo, na porta da escola vemos constantemente muitos jovens fazendo uso de drogas ou sendo aliciados. Situação que só melhorou depois do trabalho da polícia. Pois é, a polícia tem sido parceira das escolas na proteção contra incêndios por bandidos; na proteção dos nossos alunos no percurso escola/parada; palestras sobre temas de interesse da comunidade. A esses chamamos parceiros. No entanto, a situação de tentativa de invasão da escola serviu para que a comunidade se manifestasse em relação a essa violência que foi tentar privar os nossos alunos do DIREITO à educação. A revolução que fazemos é pelo conhecimento. Não nascemos ricos e, por isso, para mudar essa realidade precisamos nos dedicar muito. Esse DIREITO é que ameaçam nos tirar. A Direção

Mistérios

Quem será o edil da ‘Grande Ilha’, derrotado nas eleições municipais, que foi visto comprando um ‘mimo perfumado’ de alguns ml, no valor ‘mil pilas’???!!! Não virou prefeito, mas está andando cheiroso!!! Valha-me meu ‘São Patrício’!!!

Qual é o réu no escândalo da Sefaz que possui mansão e lancha nos Lençóis, é diretor de grupo de ensino superior no Maranhão e Paraná, tem apartamentos de luxo aqui e em Brasília, e é vice-presidente de partido político???!!!

Quem é o ‘artista’ que deixou ‘pendurado’ um borrachudo’ de ‘duzentas pilas’ e não se ‘coça’ nem que o credor ameace se afogar num lago???!!!

Quem é o diretor do clube da ‘Pontinha da Ponta da Areia’ que há um ano não vive ‘de garapa’ nas refeições e bebidas da ‘casa’ e agora, como se não bastasse, anda levando refeições que os funcionários também levam para casa ao final das ‘jornadas’???!!! Pois é…, esse nunca está ‘presente’ no bar/restaurante nem na Tesouraria!!! ‘Rapá’!!!

Quem denúncia mais Orcrins: o MPE-MA ou MPF-PR???!!! Quem mais consegue recuperar o patrimônio público por meio de ações na justiça: MPE-MA ou MPF-PR???!!!

Quem é o promotor, enrolado em vários delitos no interior e na capital, que deveria dar o exemplo, que teve BO registrado na Delegacia da Mulher por agressão à namorada e teve o dedo quebrado pela dita cuja???!!! Éguas, esse caminha a ‘passos largos’ para o CNMP!!!

Quando será que a SMTT vai corrigir o fluxo de veículos na Rua Livramento, ao lado da Igreja Católica da Forquilha, em via de mão única???!!! É só corrigir, acaba o caos!!!

Quem é o dono de academia do eixo Lagoa-Renascença afundado em problemas, respondendo a ações de execução na justiça, que, ainda por cima, ainda está tendo de liquidar dívidas de campanha da última eleição na ‘Grande Ilha’???!!! E o calor lá dentro???!!! Nem precisa ‘pegar em ferro’ pra perder peso!!!

Quem é o ‘homem bomba’, famoso ‘detonador de prefeitos’, que esteve recentemente na região do famoso ‘Pisa na Fulô’, conseguiu falar com o prefeito eleito, mas, no dia seguinte, a conversa na cidade era de que todos terão chance de prestar serviços ao município, menos ele, o ‘homem bomba’???!!! Tá vendo, quem manda falar demais!!! Tá ‘queimadim’, ‘queimadim’!!!

Quem é o grupo de causídicos e empresários que está aplicando fraude milionária na ‘Grande Ilha’???!!! Pois é…, os ‘cabras’ vasculham obituários e, verificada a falta de herdeiros, falsificam firmas e escrituras, com cumplicidades cartoriais, compram imóveis suntuosas a ‘preço de banana’ e revendem por um valor cinco vezes maior!!!

Qual ‘carcamano’ foi parar no hospital depois que um gatuno que assaltou o ‘Bar da Rosa’, no Olho D´Água, surrupiou R$ 2,00 (dois reais) dele???!!! Vai ser ‘mão fechada’ assim lá em Timbiras!!!

Quem é o ‘carcamano’, médico responsável pela maioria dos amputados dos retornos do Olho D’Água, que no assalto ao Bar da Rosa, da Tríplice-Fronteira’, perguntou ao irmão, também assaltado: “Mano, bala fede? Se feder, estou baleado”???!!! “Calma, SS, tu tá é ‘obrado”, respondeu o ‘mano Cacique de Timbiras’!!!

‘Podemos ter explosão de votos em branco e nulos’, alerta analista

O Globo — Diante do aumento da abstenção por motivação política e de votos em branco e nulos nas eleições deste ano, o cientista político Jairo Nicolau é pessimista. O professor da UFRJ, que lança em breve seu novo livro, “Representantes de quem?” (editora Zahar), ressalta que este é por enquanto um fenômeno apenas das grandes cidades do Sul e Sudeste do país e que parte, principalmente, das manifestações de junho de 2013, dos escândalos de corrupção envolvendo a elite política, da crise do PT e das novidades impostas pela mudança na legislação eleitoral. Jairo Nicolau prevê para 2018 uma “explosão” de insatisfeitos com a política e diz que, no horizonte, não há candidatos nem partidos capazes de motivar esse eleitor.

O que explica o crescimento da abstenção pelo país?

A abstenção não é exclusivamente uma manifestação política. É claro que uma parte dos eleitores, e é quase impossível saber quanto, expressa isso. Outra parte também tem a ver com o problema do próprio cadastro. Cidades, como o Rio, fizeram o último recadastramento em 1986. Tem muita gente que mudou de cidade ou mora em outro bairro distante da sua seção eleitoral. Há também aqueles para quem o voto é facultativo, com mais de 70 anos. Além disso, o que é residual — e é um problema também— é que as pessoas morrem. Há uma demora para a retirada dos mortos do cadastro eleitoral. Mas a abstenção política está crescendo marginalmente, particularmente nas grandes cidades.

O aumento de votos em branco e nulos preocupa?

Trata-se de um fenômeno concentrado nas cidades maiores. Tem quatro cidades para as quais chamaria atenção nesta eleição: Rio, Porto Alegre, São Paulo e Belo Horizonte. Nelas, tanto o voto em branco e nulo para prefeito quanto para vereador estão subindo eleição a eleição. Desta vez, bateu recorde. Em cidades médias do Brasil, com mais de 200 mil habitantes, esse fenômeno também cresceu, particularmente para as Câmaras municipais. No interior do Brasil, nada disso aconteceu: a taxa de brancos e nulos praticamente não se mexeu. O fenômeno está concentrado nas grandes cidades, no Sul e no Sudeste, não é ainda nacional. Claro que é preocupante. É inequívoco que a gente está diante de uma manifestação de desencanto e protesto.

O que explica essa concentração nas grandes cidades?

Essa visão difusa contra os políticos é maior nas grandes cidades por conta das manifestações de junho de 2013, por conta dos canais em que essas informações circulam mais. No interior também tem Facebook, redes sociais, mas a impressão é que essa onda se iniciou entre as pessoas mais escolarizadas dos grandes centros e começou a se espalhar entre os mais pobres. Eleição no interior é outra coisa. Todo mundo conhece o candidato a prefeito, encontra na rua. Todo mundo tem alguém na família que é candidato a vereador.

O sentimento antipolítica está mais forte no país desde junho de 2013?

Junho de 2013 é uma virada. A maior parte da opinião pública sempre criticou os partidos, o Congresso. Basta ver as pesquisas de opinião dos anos 1980. O que se passou de 2013 para cá? Pela primeira vez, tivemos manifestações agressivas e tendo os políticos como alvo. Isso contribuiu para reforçar uma ideia negativa da política. Depois, com tudo o que se passou no país, a desconfiança em relação à nossa elite política cresceu, por razões óbvias, pelos escândalos todos. Teve mais um fator que não pode ser desconsiderado: a crise do PT. O PT sempre foi visto como um patrimônio. Quando entrou na ciranda, isso aumentou o pessimismo. Lamentavelmente, a crise do PT não é a crise de um partido. Quando lideranças importantes são envolvidas nesses escândalos, isso sinaliza para a sociedade o seguinte: não dá, é tudo igual, política não presta. Desde que a urna eletrônica foi adotada, as taxas de branco e nulo reduziram muito. Achava que tínhamos chegado em um patamar entre 5% e 10%, esperado para uma democracia que tem o voto obrigatório. Só que a gente voltou a estourar a barreira dos 20%. Voltamos para os brancos e nulos da era da cédula de papel, em que tinha muito branco e nulo por erro, por dificuldade de preenchimento. É uma notícia ruim para a democracia.

A nova legislação eleitoral pode ter contribuído para esse fenômeno?

As campanhas ficaram muito cerceadas. As motivações da lei são boas, as cidades estão mais limpas. Tive oportunidade de andar no interior do estado e vi a eleição muito animada, gente na rua, carreatas. As pessoas conhecem os vereadores. A televisão não tem tanta importância. No Rio, em São Paulo e em Belo Horizonte, a campanha não apareceu na rua, porque foi muito curta e cerceada. Não estou criticando o cerceamento, ele é legítimo, mas bem ou mal o eleitor conhecia os candidatos. Os candidatos das grandes cidades não tiveram nem tempo fixo na televisão. Eram aquelas inserções que pingavam. Tanto que os candidatos de reduto e com uma certa máquina foram mais bem sucedidos. Você precisa ter formas de fazer com que a campanha chegue (aos eleitores). Uma parte desses votos brancos e nulos atribuo a esta nova legislação eleitoral.

E na disputa pela prefeitura?

A eleição ficou curta demais. A lei passou (as campanhas) de 90 para 45 dias, tentando reduzir os custos. Talvez devesse ser de 90 para 60 ou 70 dias. No Rio, particularmente, por conta das Olimpíadas e Paralimpíadas, a energia do carioca ficou muito concentrada em outros temas. De repente, o tempo na TV foi muito curto. Na TV também passou de 45 para 35. No horário eleitoral, o tempo de dez minutos ficou pouco. Houve um erro, o debate foi rápido. Talvez a gente tenha que se adequar a este modelo. Não achava ruim três meses de campanha. Principalmente os candidatos que fazem campanhas mais artesanais, reuniões nas casas, precisam de tempo.

A reforma política ajudaria a fortalecer a participação do eleitor?

Claro que mudar um pouco a legislação e aspectos eleitorais poderia deixar o sistema mais simples, com uma disputa com menos concorrentes. Isso contribuiria para um sistema eleitoral mais eficiente. Mas a questão é que esse debate nutriu muitas esperanças falsas de que você pode mudar a qualidade da elite política mudando o sistema eleitoral. Há uma onda de crítica à elite política. No lugar de se buscar melhores candidatos e partidos, se entrou em um movimento de recusa para bem ou para mal, e acho que para o mal. Na próxima eleição, em 2018, não tenho dúvida, os políticos vão continuar encontrando um território árido, um eleitor desconfiado. Isso dificulta ainda mais a campanha dos candidatos. Se nada mudar, podemos chegar à eleição de 2018 com uma explosão de votos em branco e nulos, chegando entre 20% e 30%. Não vejo nada no horizonte a curto prazo capaz de inverter esse padrão, um candidato ou um partido que encante ou retome a confiança. O que vemos na prática com esse comportamento é que uma parte dos eleitores está começando a incorporar a ideia da abstenção e voto em branco e nulo como práticas. Em 2018, vai ser pior. Porque é uma eleição nacional.

‘Jamais entraria para a política’, diz Sérgio Moro

Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Brasil 247 – O juiz Sergio Moro concedeu sua primeira entrevista exclusiva, aos jornalistas Fausto Macedo e Ricardo Brandt (leia aqui a íntegra), desde o início da Lava Jato, na qual garantiu que jamais entrará para a política. “Sou um homem de Justiça e, sem qualquer demérito, não sou um homem da política. Acho que a política é uma atividade importante, não tem nenhum demérito, muito pelo contrário, existe muito mérito em quem atua na política, mas eu sou um juiz, eu estou em outra realidade, outro tipo de trabalho, outro perfil. Então, não existe jamais esse risco”, afirmou.

Na entrevista, Moro defendeu o fim do foro privilegiado, uma vez que o Supremo Tribunal Federal não tem vocação para processos penais. “Existem alguns problemas estruturais: saber se o Supremo tem a capacidade, a estrutura suficiente, para atuar em tantos casos criminais. Tem o Supremo condições de enfrentar toda essa gama de casos? Não que o Supremo não seja eficiente, mas é um número limitado de juízes e é uma estrutura mais limitada”, disse ele.

Em outro, ponto ele criticou a lei contra abusos de autoridade. “Há dois problemas: uma questão do momento, que é um momento um pouco estranho para se discutir esse tema, e o problema da redação do projeto. Por exemplo, a previsão de algo como ‘promover a ação penal sem justa causa’. Bem, qualquer ação penal tem de ter justa causa. Pela redação do projeto, em princípio, isso possibilitaria que o denunciado entrasse com uma ação penal por abuso de autoridade contra o procurador, ou o promotor. Vamos supor: o juiz decreta uma prisão e, eventualmente, essa prisão é revogada, não porque o juiz abusou, mas porque o juiz errou na interpretação da lei. Isso de sujeitar o juiz a um processo criminal é o que a gente chama de crime de hermenêutica. Vai colocar autoridades encarregadas da aplicação da lei, juízes, polícia e Ministério Público numa situação em que possivelmente podem sofrer acusações, não por terem agido abusivamente, mas, sim, porque adotaram uma interpretação que eventualmente não prevaleceu nas instâncias recursais ou superiores”, afirma.

Moro também criticou a ideia de se anistiar o caixa dois, afirmando que a prática já é crime. “O assim chamado caixa 2, ou seja, o uso de recursos não declarados em campanhas eleitorais, já é criminalizado no artigo 350 do Código Eleitoral. No projeto 10 Medidas do Ministério Público Federal, há proposta para aprovação de uma redação melhor para esse crime. Seria um passo importante do Congresso. Se a lei exige que todos os recursos eleitorais devem ser declarados, e isso é uma regra básica de transparência, é isso que deve ser feito.”

Ele também comentou a eventual delação de Eduardo Cunha, afirmando que, ao contrário de uma frase atribuída a ele pela revista Veja, não há que se temer pelo futuro do País. “Sobre esse caso do ex-presidente da Câmara, como é um caso pendente, eu não tenho condições de fazer nenhum tipo de afirmação. Mas não se deve ter receio de qualquer problema dessa espécie em relação ao Brasil. O País já enfrentou desafios grandes no passado. O problema da corrupção é mais um problema a ser vencido pela democracia brasileira.”

Proteção ao PSDB? Prisão de Lula?

Fausto Macedo e Ricardo Brandt também o questionaram sobre uma eventual proteção a PMDB e PSDB, partidos que hoje dividem o poder, após a queda da presidente Dilma Rousseff, que foi influenciada pelo fator Lava Jato. “Processo é uma questão de prova. A atuação da Justiça, do Ministério Público e da polícia não tem esse viés político-partidário. O fato é que, contra quem tenha aparecido provas, tem sido tomadas as providências pertinentes.”

O juiz também foi questionado sobre se prenderia o ex-presidente Lula. “Esse tipo de pergunta não é apropriado, porque a gente nunca fala de casos pendentes. É o tipo da resposta que eu não posso dar, porque acho que o mundo da Justiça e o mundo da política não devem se misturar.”

Questionado sobre eventuais erros, ele afirmou que poderão ser revistos em tribunais superiores. “Evidentemente, como todos, também estou sujeito a praticar erros, praticar equívocos. Existe um sistema dentro do Judiciário, de erros e acertos, que propicia que minhas decisões sejam eventualmente revistas por instâncias recursais ou superiores.”

Jornal Nacional: Justiça aceita denúncia contra Roseana

A notícia de que a Justiça do Maranhão aceitou a denúncia do Ministério Público do Estado contra a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e mais dez investigados – entre eles ex-secretários de Estado – por um rombo superior a R$ 410 milhões nos cofres públicos por meio de esquema fraudulento de concessão de isenções fiscais pela Secretaria da Fazenda (Sefaz) a empresas foi destaque neste sábado (5) no Jornal Nacional, da Rede Globo.

Roseana é acusada pelos crimes de peculato, prevaricação, fraude à administração fazendária e participação em organização criminosa. Para peculato a pena varia de 2 a 12 anos; para prevaricação, de 3 meses a 1 anos; de fraude à administração fazendária, de 1 a 4 anos; e de integrar organização criminosa, de 3 a 8 anos.

Roseana no banco dos réus por fraude e organização criminosa

Ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney. Foto: Márcio Fernandes/Estadão

A Justiça do Maranhão aceitou a denúncia do Ministério Público do Estado contra a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e mais dez investigados – entre eles ex-secretários de Estado – por um rombo superior a R$ 410 milhões nos cofres públicos por meio de esquema fraudulento de concessão de isenções fiscais pela Secretaria da Fazenda (Sefaz) a empresas.

Roseana é acusada pelos crimes de peculato, prevaricação, fraude à administração fazendária e participação em organização criminosa.

A acusação formal foi protocolada no dia 21 de outubro e divulgada nesta terça-feira, 1, pelo Ministério Público do Maranhão.

De acordo com o titular da 2.ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária e Econômica de São Luís, promotor de Justiça Paulo Roberto Barbosa Ramos, ‘dentre as ações delituosas da organização criminosa que atuou no âmbito da Secretaria de Estado da Fazenda, foram realizadas compensações tributárias ilegais, implantação de filtro no sistema da secretaria para garantir essas operações tributárias ilegais e fantasmas, reativação de parcelamento de débitos de empresas que nunca pagavam as parcelas devidas, exclusão indevida dos autos de infração de empresas do banco de dados e contratação irregular de empresa especializada na prestação de serviços de tecnologia da informação, com a finalidade de garantir a continuidade das práticas delituosas’.

“O modus operandi da organização criminosa envolvia um esquema complexo, revestido de falsa legalidade baseada em acordos judiciais que reconheciam a possibilidade da compensação de débitos tributários (ICMS) com créditos não tributários oriundos de precatórios ou outro mecanismo que não o recolhimento de tributos”, destaca o promotor.

Segundo o promotor Paulo Roberto Barbosa Ramos, ‘não bastasse isso, em diversas ocasiões, foi implantado um filtro para mascarar compensações realizadas muito acima dos valores decorrentes de acordo homologado judicialmente’.

Barbosa Ramos destacou, ainda, que os gestores do período de 14 de abril de 2009 a 31 de dezembro de 2014 ‘ignoraram os procedimentos administrativos característicos da administração pública ou simplesmente deram sumiço a eles após praticarem seus crimes’.

“Para consolidar a sangria dos cofres públicos sem gerar qualquer suspeita, os secretários da Fazenda deixaram de aprimorar o sistema de tecnologia da informação da Secretaria da Fazenda, permitindo aos membros da organização criminosa reativar frequentemente parcelamento de débitos de empresas que nunca pagavam as parcelas devidas e, ao mesmo tempo, excluir indevidamente autos de infração do banco de dados, acarretando ainda mais prejuízos aos cofres públicos em proveito próprio e de terceiros”, afirma denúncia criminal levada à Justiça do Maranhão.

O Ministério Público enfatizou que o esquema ‘foi aperfeiçoado a partir de 15 de outubro de 2013 quando a empresa Auriga Informática e Serviços Ltda foi formalmente substituída em um nebuloso processo licitatório pela empresa Linuxell Informática e Serviços Ltda’.

“Apesar disso, a primeira empresa (Auriga) continuou a prestar os seus serviços, por meio de aditivo contratual, ao mesmo tempo que a outra empresa (Linuxell) estava formalmente contratada para prestar o mesmo serviço”, sustenta a Promotoria.

“O fato é que a Secretaria de Estado da Fazenda pagou ao mesmo tempo duas empresas por um mesmo serviço que até então era executado por apenas uma”, destaca a denúncia.

A denúncia evidencia que ‘alguns funcionários da terceirizada Linuxell Informática e Serviços Ltda eram, ao mesmo tempo, comissionados da Secretaria da Fazenda, demonstrando a grande ousadia da organização criminosa, respaldada pela convicção de que todos os crimes praticados permaneceriam impunes’.

Em relação às ações na Fazenda, a denúncia da Promotoria afirma que ‘o esquema fraudulento envolvia Cláudio José Trinchão, Akio Valente Wakiyama, Raimundo José Rodrigues do Nascimento, Edimilson Santos Ahid Neto, Jorge Arturo Mendoza Reque Júnior e Euda Maria Lacerda’.

Sobre a ex-governadora Roseana Sarney, a denúncia diz. “Noutra ponta, essa organização criminosa contava com o decisivo beneplácito de Roseana Sarney Murad, em virtude de ter autorizado acordos judiciais baseados em pareceres manifestamente ilegais dos procuradores-gerais do Estado por ela nomeados e ainda por ter nomeado para cargos em comissão 26 terceirizados da empresa Linuxell, para que desempenhassem na Secretaria da Fazenda as mesmas funções para as quais estavam contratados pela empresa antes referida.”

O titular da 2.ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária e Econômica apontou que Marcos Alessandro Coutinho Passos Lobo, Helena Maria Cavalcanti Haickel e Ricardo Gama Pestana ‘assinaram pareceres manifestamente contrários ao disposto no artigo 170 do Código Tributário Nacional, com o único objetivo de desviar dinheiro público, em proveito próprio ou alheio, valendo-se da condição estratégica do cargo que ocupavam’.

O Ministério Público do Maranhão destacou, na denúncia, que compensações de créditos não tributários por tributários não ocorriam no Maranhão desde 2004, ano em que a Lei Estadual nº 8.152/2004 revogou a Lei Estadual nº 7.801/2002. Portanto, entre 2004 a 2009, nenhum crédito de origem não tributária tinha sido compensado por débito de origem tributária.

“De repente, com a chegada de Cláudio Trinchão e Akio Valente à Secretaria da Fazenda essa situação mudou drasticamente”, aponta a Promotoria. “É como se tivessem descoberto uma forma de produzir dinheiro em velocidade maior que a Casa da Moeda. Somente de 17 de abril de 2009 a 31 de dezembro de 2014, foram efetuadas 1.913 compensações. Isso mesmo. De praticamente nenhuma em toda a história do Maranhão, como em um passe de mágica, milhares de compensações em série passaram a ser feitas, tudo isso sem qualquer observação aos parâmetros legais e constitucionais e ainda utilizando-se de fraude”, afirma o promotor Barbosa Ramos. (Estadão)

Governador Humberto Coutinho anuncia investimentos

Governador Humberto Coutinho anuncia investimentos para o município de Tuntum

O governador em exercício, Humberto Coutinho, esteve nas cidades de Tuntum e São Domingos, neste sábado (5). Na passagem pelos municípios, visitou obras do Governo do Estado e das Prefeituras e conversou com população, por quem foi acolhido com entusiasmo.

“São duas cidades importantes para o Maranhão, cidades acolhedoras, que têm se fortalecido e essas ações são importantes para isso”, pontuou Humberto Coutinho, destacando o papel dos municípios para o estado.

Em Tuntum, o governador em exercício realizou visita técnica às obras da ponte que liga o centro da cidade ao bairro Campo Velho. Realizado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), será de concreto e aço e terá 40 metros de extensão, em substituição a uma ponte que hoje é de madeira. Na oportunidade, Humberto Coutinho também visitou as obras da escola municipal Gisa Leda. Ampla e com as obras em ritmo acelerado, a escola terá 12 salas de aula e um ginásio poliesportivo, o Governo do Estado dará o mobiliário.

Já em São Domingos, Coutinho participou da inauguração da Agroindústria de polpas de fruta, com beneficiamento principalmente do abacaxi, principal fruto produzido no Maranhão. O cultivo do abacaxi ocupa 1.500 hectares de terra, envolve cerca de 800 produtores rurais e gera uma produção de 600 toneladas ao ano. O Governo do Estado será um parceiro com a disponibilização de técnicos que atuarão na Agroindústria.

O secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Andrade, acompanhou as visitas aos municípios e defendeu que o estreitamento na relação entre Governo do Estado e Prefeituras são fundamentais para desenvolver os municípios e garantir qualidade de vida às populações. “Esta agenda mostra a seriedade do Governo do Estado, na pessoa do agora governador Humberto Coutinho. Em Tuntum visitamos obras na área de infraestrutura, de educação, que são importantes para o desenvolvimento, e em São Domingos visitamos obras da agricultura familiar, fortalecendo a cadeia do abacaxi e isso fortalece ainda mais o desenvolvimento do Maranhão, porque quando você gera renda você melhora a qualidade de vida das famílias”, informou Adelmo.

Deu na Revista Época – Fraude no Maranhão

da24245e-29a2-4ae2-8651-2fbaf74c40f2

Trabalho continua: Edivaldo inaugura escolas e entrega títulos

edivaldo_holanda_votando_na_u-e-b-_oliveira_ramos_135

Engana-se quem pensa que o trabalho realizado pelo prefeito Edivaldo vai parar. Pelo contrário, logo após a eleição, na segunda-feira, o chefe do executivo municipal já estava nas ruas cumprindo agenda de vistorias e inaugurações em São Luís, desmontando o discurso da oposição de que a gestão municipal paralisaria as obras.

Provando que seu governo tem investido no sistema educacional e na melhoria da qualidade do ensino no município, desde as primeiras horas da manhã deste sábado (5), Edivaldo realiza a inauguração de três novas escolas na capital. O prefeito entregou à comunidade as Unidades de Educação Básica (U.E.B.) Luís Serra, no Centro; Evandro Bessa Coqueiro, na Estiva e Enedir Santos Paixão, na Santa Bárbara. As escolas passaram por requalificação estrutural feitas pela Prefeitura de São Luís. Até o final do ano, cerca de 70 escolas serão contempladas com serviços de melhoria na estrutura física, elétrica e hidráulica.

Estamos em campo. Inauguramos uma escola no centro e mais duas na zona rural. Hoje à tarde temos entrega de títulos no bairro do Santa Cruz“, disse o prefeito Edivaldo.

No período da tarde, Edivaldo fará a entrega dos títulos de propriedade para as residências de 300 famílias do bairro Santa Cruz. A solenidade de entrega dos documentos será realizada a partir das 16h, na União de Moradores do Santa Cruz, localizada à rua da União. Em abril deste ano, a Prefeitura de São Luís já havia entregue títulos de propriedade a cerca de 400 famílias no bairro.

O trabalho não para.

Farra das passagens: Pinto foi o campeão de gastos

pinto-itamaraty-foto-george-gianni-psdb-1

José Eleonildo Soares, mais conhecido como Pinto Itamaraty, foi o ex-deputado federal do Maranhão que mais gastou na chamada farra das passagens. Ele encabeça a lista entre os maranhenses e é o segundo no ranking geral de passagens utilizadas, atrás somente do ex-deputado Henrique Afonso Soares Lima (PV-AC). Atualmente Pinto exerce mandato no Senado pelo PSDB do Maranhão. Ele foi beneficiado com 388 passagens aéreas (R$ 179.370,52 mil).

Depois do recuo do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que pediu arquivamento de investigação criminal sigilosa contra 12 deputados relativa à chamada farra das passagens, o Ministério Público Federal (MPF) manteve o propósito dos trabalhos e ofereceu denúncia contra 443 ex-deputados por uso indevido de recursos públicos, com desvirtuação das cotas de passagens aéreas oferecidas pela Câmara. A apuração começou há dez anos, antes mesmo de o Congresso em Foco revelar, em 2009, que parlamentares utilizavam a verba pública para fins particulares, violando normas da Casa.

Segundo o MPF, as investigações se debruçaram sobre gastos com viagens no período de janeiro de 2007 a fevereiro de 2009. A principal acusação é de desvio do benefício em favor de terceiros, mas também houve registros de ilícitos como negociação das passagens fora do ambiente da Câmara.

Formalizado o conjunto de denúncias, caberá agora ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região se manifestar sobre a procedência das acusações. Os denunciados podem, em último caso, ser condenados por peculato, com enquadramento na prática do crime descrito no artigo 312 do Código Penal (desvio, em proveito de terceiros, de valores cuja utilização é restrita e específica, inerentes ao exercício do cargo eletivo. Em caso de condenação, a pena é de prisão de dois a doze anos, além do pagamento de multa.

Confira abaixo a relação dos ex-deputados maranhenses de denunciados e os valores que cada um desviou (tarifas e taxas de embarque).

  Nome                                                              Qtd de Passagens       Tarifas        Tx. Embarque  Denúncia

tabbela-gastos-ex-deputados

Roseana Sarney vira ré em processo que apura corrupção

A ex-governadora Roseana Sarney é acusada pelo Ministério Público e pela Justiça de ter cometido 4 graves crimes pelos quais pode ser condenada a pelo menos 6 anos de prisão. O despacho da juíza Cristiana de Sousa Ferraz Leire, respondendo pela 8ª Vara Criminal da Comarca da Ilha de São Luís, acatando denúncia do Ministério Público do Maranhão (MPMA), aponta que Roseana cometeu os crimes de peculato, prevaricação, fraude à administração fazendária e participação em organização criminosa que gerou um desfalque de R$ 410 milhões nos cofres públicos.

Um advogado ouvido pelo Blog explicou que para peculato a pena varia de 2 a 12 anos; para prevaricação, de 3 meses a 1 anos; de fraude à administração fazendária, de 1 a 4 anos; e de integrar organização criminosa, de 3 a 8 anos.

Roseana Sarney atribuiu a denúncia do MP a “perseguição política”, mas não expôs concretamente de quem poderia ter partido a iniciativa. Em entrevista o Promotor Paulo Roberto Ramos classificou as denúncias de graves e sustentou a lisura técnica do processo.

Roseana e os demais réus tem agora prazo de 10 dias para contestar as acusações do Ministério Público acolhidas pela Justiça.

ACUSAÇÕES

A ex-governadora Roseana Sarney e outro ex-gestores são acusados de prática criminosa por provocar um rombo superior a R$ 410 milhões nos cofres públicos. A denúncia do Ministério Público do Maranhão (MPMA) responsabiliza ela e outros ex-servidores pelo esquema fraudulento na Secretaria da Fazenda (Sefaz).

O Poder Judiciário aceitou, nesta sexta-feira, 4, a denúncia do Ministério Público do Maranhão contra os dez membros da organização criminosa que concederam compensações ilegais de débitos tributários com créditos de precatórios a empresas, causando prejuízo milionário aos cofres públicos.

Além de Roseana Sarney, os réus da ação penal são o ex-secretário de Estado da Fazenda, Cláudio José Trinchão Santos; o ex-secretário de Estado da Fazenda e ex-secretário-adjunto da Administração Tributária, Akio Valente Wakiyama; o ex-diretor da Célula de Gestão da Ação Fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda, Raimundo José Rodrigues do Nascimento; o analista de sistemas Edimilson Santos Ahid Neto; o advogado Jorge Arturo Mendoza Reque Júnior; Euda Maria Lacerda; os ex-procuradores gerais do Estado, Marcos Alessandro Coutinho Passos Lobo e Helena Maria Cavalcanti Haickel; e o ex-procurador adjunto do Estado do Maranhão, Ricardo Gama Pestana.

A denúncia foi ajuizada pelo promotor de justiça Paulo Roberto Barbosa Ramos, no dia 21 de outubro. A juíza Cristiana de Sousa Ferraz Leire, respondendo pela 8ª Vara Criminal da Comarca da Ilha de São Luís, recebeu a denúncia, reconhecendo o preenchimento dos requisitos formais do Código de Processo Penal.

De acordo com o titular da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária e Econômica de São Luís, Paulo Roberto Barbosa Ramos, dentre as ações delituosas da organização criminosa que atuou no âmbito da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), foram realizadas compensações tributárias ilegais, implantação de filtro no sistema da secretaria para garantir essas operações tributárias ilegais e fantasmas, reativação de parcelamento de débitos de empresas que nunca pagavam as parcelas devidas, exclusão indevida dos autos de infração de empresas do banco de dados e contratação irregular de empresa especializada na prestação de serviços de tecnologia da informação, com a finalidade de garantir a continuidade das práticas delituosas.

Líder de rebelião em presídio do Maranhão é preso no Rio

Nilson da Silva Sousa, conhecido como ‘Diferente’, realizou a segunda fuga dele em dois meses (Foto: Divulgação/SSPMA)

G1 – Apontado como um dos líderes da maior e mais violenta rebelião já registrada no sistema penitenciário do Maranhão, Nilson da Silva Sousa, o Diferente, foi preso por policiais militares nesta sexta-feira (4), no conjunto de favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio. Ele estava foragido desde maio deste ano.

A operação para prender o criminoso, realizada na manhã desta sexta, contou com 60 homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e outros 30 do Batalhão de Ações com Cães (BAC) e foi desencadeada com base em informações da Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública sobre a localização do foragido.

Ao chegarem à comunidade, os policiais do Bope foram recebidos a tiros por criminosos locais, mas não houve feridos.

Diferente, que fugiu do Presídio São Luís em 23 de abril deste ano, foi um dos líderes da rebelião ocorrida no complexo prisional de Pedrinhas, na capital maranhense, em novembro de 2010. A violência da rebelião, que deixou 18 mortos, sendo três por decapitação, ganhou destaque nacional.

O criminoso já havia fugido da penitenciária em fevereiro, junto com mais dois detentos, mas foi recapturado após cometer um assalto a uma agência dos Correios na cidade de Imperatriz (MA).

Ao ser capturado, Nilson apresentou um documento de identidade falso, com o nome de Elivelton Souza Rocha, mas foi reconhecido pelas tatuagens e características físicas. Levado à Central de Garantias, ele teve a identidade confirmada.

Nilson apresentou identidade falsa ao ser preso no Alemão, nesta sexta-feira (4) (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Edivaldo terá segundo mandato com ampla maioria na Câmara

astroogumeedivaldo

Pelo segundo mandato consecutivo, o prefeito reeleito de São Luís, Edivaldo de Holanda Júnior (PDT), deve manter a relação com o Legislativo Municipal de forma harmoniosa: sua coligação, “Pra Seguir em Frente”, composta por 12 partidos, fez 17 dos 31 vereadores eleitos. A maior bancada é do próprio partido do gestor: o PDT que permanece com quatro cadeiras na Câmara Municipal. A conjuntura não é uma novidade na capital maranhense. Na atual legislatura, 21 vereadores compõem a bancada do governo.

No entanto, para o segundo mandato, Edivaldo Júnior deve ter uma bancada com aproximadamente 26 vereadores na Câmara Municipal, podendo contar, caso precise, com mais três ou até quatro parlamentares.

A considerar o total de vagas atualmente – por enquanto, até que se chegue a uma palavra final –, o número é mais da metade do chamado quórum qualificado, a maioria de 2/3 exigida para votações mais importantes, em algumas casas legislativas. Aí estão incluídos vetos do chefe do Executivo ou emendas à Lei Orgânica.

A projeção foi feita com base na composição da futura Câmara, com os 31 vereadores eleitos, considerando seus partidos e a postura que adotam, política ou ideologicamente. Esta última, por exemplo, permite definir que, no momento, de modo mais consolidado, a bancada de oposição tenha apenas dois ou três vereadores.

Por esse mesmo critério, serão necessariamente da bancada de Edivaldo Júnior dezessete vereadores. São os filiados a partidos que encabeçaram sua chapa na eleição: PDT, PTB, PRB, PSC, PR, DEM, PROS, PCdoB, PTC, PSL, PEN e PT.

Nesse grupo, estão os vereadores Astro de Ogum (PR), Aldir Junior (PR), Osmar Filho (PDT), Pavão Filho (PDT), Marquinhos (DEM), Beto Castro (PROS), Ivaldo Rodrigues (PDT), Raimundo Penha (PDT), Pedro Lucas (PTB), Concita Pinto (PEN), Marcial Lima (PEN), Honorato Fernandes (PT), Edimilson Jasen (PTC), Marcelo Poeta (PCdoB), Barbara Soeira (PSC), Fatima Araújo (PCdoB) e Ricardo Diniz (PCdoB).

Mas na conta entraria ainda o vereador Afonso Manoel. Apesar de o partido a que é filiado, o PRP, ter apoiado o candidato a prefeito Fábio Câmara (PMDB), Afonso já se declara como base de sustentação do governo pedetista na Câmara, já que a esposa, Helena Duailibe (PMDB) é secretária de Saúde da Prefeitura de São Luís.

OPOSIÇÃO

Do outro lado, a heterogeneidade da bancada de oposição não deve permitir uma ação unificada. Nesse grupo, os partidos da aliança em torno da chapa de Eliziane Gama (PPS) e Wellington do Curso (PP) elegeram dez vereadores. Mas destes, apenas o vereador Francisco Chaguinhas (PP) já se declara oposição ao governo.

No PHS, existe uma forte tendência do vereador professor Sá Marques integrar a bancada oposicionista. Além destes, o vereador Cesar Bombeiro (PSD) e Estevão Aragão (PSB) também podem compor o grupo.

INDEPENDENTES

A diferença de posicionamento partidário e posicionamento pessoal também pode mudar essa conta. Alguns partidos optaram por liberar a bancada de vereadores durante o segundo turno – em ambos os casos, a maioria aderiu à campanha de Edivaldo, mas vereadores devem optar por posturas mais independentes como é o caso dos vereadores Josué Pinheiro (PSDB), Gutemberg (PSDB), Umbelino Júnior (PPS), Nato Júnior (PP), Edson Gaguinho (PHS), Genival Abreu (PRTB) e Silvino (PRTB).

Comitê de Imprensa apoia Astro para presidente da Câmara

thumbnail_astro-de-ogum-anuncia-entrada-de-projeto-de-licitacao-em-pauta-e-diz-que-a-camara-nao-vai-se-intimidar

Os jornalistas, radialistas e blogueiros que integram o Comitê de Imprensa da Câmara Municipal de São Luís acabam de divulgar uma nota de Manifestação de Apoio ao vereador Astro (PR) para presidir o Legislativo Ludovicense no biênio 2017/2018. Justificando essa decisão, os profissionais de comunicação citam o programa de trabalho que vem sendo desenvolvido por Astro à frente do parlamento, como a modernização do Comitê de Imprensa, ações administrativas, como a de propiciar um ambiente saudável e honrar compromissos da Câmara com a sociedade, entre outros. Segue abaixo o manifesto.

                       MANIFESTAÇÃO DE APOIO

Por conta da amistosa relação estabelecida entre o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum, e a imprensa de um modo geral, o que possibilita um trabalho sem obstáculos na  cobertura diária das ações desta casa parlamentar, estamos manifestando o mais irrestrito e  incondicional apoio para que ele possa a reeditar seu trabalho como dirigente da  Mesa Diretora para o biênio 2017/2018.

Como presidente do Legislativo Ludovicense, o vereador Astro de Ogum criou um paradigma de trabalho que resultou em grandes avanços. São ações inovadoras que modificaram por completo a imagem da Câmara Municipal de São Luís.

Podemos elencar, desde a modernização do Comitê de Imprensa, à instalação da sala de reuniões, propiciando um ambiente mais acolhedor e humanizado, além de haver criado condições que garantiram ao Legislativo de São Luís, honrar todas as dívidas junto aos credores, estando, no momento, com reservas financeiras suficiente para pagamento do 13º salário e quitação de outros compromissos.

Outro destaque da administração do vereador Astro de Ogum foi a implementação do programa radiofônico Câmara em Destaque, levado ao ar de segunda a sexta-feira, pela Rádio Difusora AM, na cobertura diária das sessões deste parlamento. Isso faz com que o povo de São Luis possa tomar conhecimento do trabalho de cada um dos 31 vereadores, além de haver aberto o mercado de trabalho para comunicadores e técnicos.

Como atuamos diariamente, temos conhecimento do funcionamento da máquina administrativa, em decorrência de um trabalho dinâmico e totalmente transparente. Por estes motivos é que estamos manifestando nosso total apoio para que o vereador Astro de Ogum venha a se reeleger e dar continuidade a esse importante trabalho como dirigente da Mesa Diretora da Câmara Municipal da capital maranhense.

         São Luís, 05 de novembro de 2016

  Comitê de Imprensa da Câmara Municipal de São Luis

Enem será aplicado em três datas diferentes

Escola ocupada

BRASÍLIA – O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado em três datas diferentes. A maior parte dos candidatos fará a prova neste fim de semana, 5 e 6 de novembro. Os cerca de 191 mil alunos que tiveram o exame adiado por causa da ocupação das escolas farão nos dias 3 e 4 de dezembro (sábado e domingo). Já a prova para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa foi remarcada para 13 e 14 de dezembro (terça e quarta-feira), conforme Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 4.

O Estado informou erroneamente na manhã desta sexta que a data da prova dos alunos das escolas ocupadas também havia sido alterada para 13 e 14.

Nesta quinta-feira, 3, a Justiça Federal no Ceará rejeitou o pedido do procurador da República Oscar Costa Filho, do Ministério Público Federal (MPF) no Ceará, de adiar o Enem para todos os candidatos do País. Com isso, a prova para a maior parte dos candidatos – não afetada pelas ocupações – está mantida para este fim de semana, 5 e 6 de novembro.

O MEC deve divulgar ainda nesta sexta-feira uma lista atualizada das escolas ocupadas onde o Enem será adiado, agora para 13 e 14 de dezembro.

Correção: 4 de novembro de 2016, às 11:03

A reportagem foi atualizada para corrigir a data de prova dos alunos afetados pela ocupação das escolas.

Edivaldo faz grande caminhada na Rua Grande em agradecimento

03112016_edivaldo_caminhada_rua_grande_2

Em agradecimento aos 285.242 de votos dos ludovicenses que lhe garantiram mais um mandato à frente da Prefeitura de São Luís, o prefeito reeleito Edivaldo Holanda Júnior realizou na tarde desta quinta-feira (3) uma grande caminhada na Rua Grande, um dos maiores centros comerciais da cidade. A caminhada da Rua Grande é a primeira de várias que devem ser realizadas em vários bairros da cidade, com o objetivo de cumprimentar e agradecer à população.

Durante o percurso pela Rua Grande, Edivaldo cumprimentou transeuntes e comerciantes que foram para as portas das lojas para cumprimentar o prefeito reeleito. Durante todo o percurso, Edivaldo agradeceu o apoio e reafirmou o compromisso assumido com a população.

“Agradeço, em primeiro lugar, a Deus. Agradeço também à população ludovicense por ter demonstrado, com o voto de confiança, que aprova e confia na nossa gestão, que aprova ações históricas como a licitação dos transportes e as 1800 ruas que urbanizamos. Nos próximos quatro anos, daremos continuidade ao nosso projeto para a cidade de São Luís, voltado para as pessoas que mais precisam”, disse o prefeito, que também aproveitou a ocasião para agradecer a parceria do governador Flávio Dino. “A parceria do governador Flávio Dino tem sido de grande importância, tanto pelos projetos que temos executado em conjunto, para benefício da cidade, quando pelo apoio manifestado na nossa campanha”, afirmou.

Quem acompanhou a passagem da caminhada pela Rua Grande elogiou a iniciativa – caso da gerente de loja, Edivânia Rocha. “A gente percebe que o prefeito está mais presente do que nunca. Mesmo depois da vitória, continuou com o seu trabalho e está agora nos agradecendo, vindo até nós pessoalmente. É a confirmação de que meu voto foi válido de verdade”, disse.

O evento contou com as presenças do vice-prefeito Júlio Pinheiro, dos vereadores reeleito Pedro Lucas Fernandes (PTB), Osmar Filho (PDT), Raimundo Penha (PDT) e dos ex-candidatos à Câmara Municipal, Batista Matos (PCdoB), Rommeo Amin (PCdoB) e Iziane Castro (PSL), além de toda militância que o acompanhou ao longo da campanha.

AGENDAS

Desde a segunda-feira (31) o prefeito reeleito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, já retomou a agenda de vistoria a obras em curso em vários pontos da cidade.

Edivaldo inspecionou as obras de construção da praça e do Ecoponto no bairro do Angelim, bem como o Centro de Saúde Clodomir Pinheiro, que está sendo reformado e ampliado no Anjo da Guarda. Depois de entregue, o centro deverá abrigar um núcleo especializado no tratamento de diabetes e hipertensão.  O prefeito visitou ainda a creche que está em fase de conclusão no Residencial Morada do Sol, na zona rural de São Luís.

Página 30 de 615« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »