Fechar
Buscar no Site

Os sarneyzistas e o ainda costume da impunidade e irregularidade

É estarrecedora a análise feita pelo jornal O Estado do Maranhão e replicada nos blogs alinhados à oligarquia Sarney sobre a atuação da Companhia de Policiamento Rodoviário (CPRV). Em um pequeno texto, sarneisistas conseguem defender a impunidade e a irregularidade e desvirtuar o trabalho de uma ala da Polícia do Maranhão que vem mostrando resultados.

A partir da sua criação, a CPRV possui números contundentes ao seu favor. Desde a diminuição no número de roubos de carros e motos, até a drástica redução de acidentes com a proibida combinação de álcool e direção são observadas na capital do Maranhão, São Luís, mas também no interior, onde nunca antes na história fiscalizações haviam sido feitas.

As constantes barreiras realizadas pela CPRV inibem também o assalto de uma forma geral, já que o crime anda sobre rodas. Bandidos estão sobressaltados com tanto policiamento feito nas vias maranhenses, mais um ponto positivo da excelente atuação que a Companhia vem tendo.

Quem sempre agiu na impunidade e na irregularidade estranha a coibição do que é proibido. É o caso de alguns, que durante décadas pilharam o estado com esquemas de corrupção. Reclamam, agora, da moralização de todos os setores do Estado, como já ocorre em praticamente todas as cidades do Brasil.

Quem é correto aplaude as ações da CPRV. Difícil fazer isso é quem sempre agiu com falcatruas.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

16 respostas para “Os sarneyzistas e o ainda costume da impunidade e irregularidade”

  1. Sergio disse:

    eu sou de acordo com essas ações, porque inibe a criminalidade e direções perigosas por injerir bebidas alcoólicas

  2. Mandioca disse:

    E haja merda na cabeça.
    Diminuiu o número de Roubos?
    DIMINUIU O NÚMERO DE ACIDENTES?
    Cara, te orienta, a única certeza que temos é que o numero de pagamento de propinas em função dos achaques desses bandidos multiplicou por 100.

  3. Negativo, trata-se de mais um assalto ao povo.
    Na verdade o governo nunca ligou para a segurança de motoristas, tudo isso é para arrecadar fundos para bancar as despesas para a campanha política que se aproxima. O povo que se exploda.

  4. Nordel Facundes disse:

    Uma das piores burrices que um administrador pode cometer, é vincular a ineficácia policial aos baixos soldos. Sergripe foi, por alguns anos, o Estado que ostentava a polícia mais bem paga do Brasil. Consulte esse período e verifique se Sergipe viveu dias no paraíso. E atualmente, como está a menor Unidade da Federação brasileira? De novo, apenas dois fenômenos se fazem notar: o sobrecarregar do idiota do contribuinte e o privilegiar da corja mais vomitiva da sociedade!
    Aliás, elevar o contingente policialesca, na ilusão de debelar a criminalidade, muitas vezes; surte efeito contraproducente, auentam as probabilidades de a comunidade à paisana bater de frente com quadrilheiros impuníveis.
    Outro equivoco: mesmos oficiais PM têm reclamado que policiais, hoje, folgam três vezes mais do que “trabalham”. Isso para que o vagabundo tenha bastante tempo para desestressar, para quando for policiar, não ser tão agressivo. Ledo engano! Nesse longo descanso, eles se ocupam de bicos e “empreitadas”, quase sempre, criminosas”. A execuções com invasões de domicílios e outras tiranias continuam nos mesmos patamares doutrora. Mas, de qualquer modo, endeusar os jagunços estatais pode significar um aliciamento eleitoreiro: quiçá cinco votos da colônia de cada verme desses, o governante generoso pode faturar. Ou até mesmo.o uso do aparato policial para neutralizar e/ou “criminalizar” seus opositores.

  5. prof. josé disse:

    Perfeito…eu apoio em plenitude o papel da blitz. E de fato as barreiras minimizam as transgressões e inibem os meliantes. Quem não deve não teme.

  6. Silva disse:

    Queria ver essa CPRV entrar nos bairros perigosos e levar os irregulares, pessoas sem capacete, som automotivo, ou seja um festival de irregularidades,ficar nas grandes avenidas pegando ipva atrasado e multando é fácil.

  7. Hertz Leal disse:

    Quem foge de uma blitz, na maioria das vezes, não se trata de alguém procurado ou de um infrator flagrante. Mas é o instinto de autopreservação do indivíduo que é acionado, a fim de poupá-lo de ser assaltado, espancado ou executado!

  8. Maranhense disse:

    Polícia de arrecadação. Diminuiu roubo de carros e motos? nao lembro de nenhuma prisão ou apreensao feita pela CPRV a não ser autuação de motoristas bebados ou multas por falta de pagamento do IPVA, inclusive quando motoristas são flagrados bebados, são orientados pelos próprios policiais para assinar a recusa, ou seja, nao produzem prova criminal, no entanto pagarão uma pesada multa para o estado. Esses baboes comunistas apoiariam até a morte de Jesus Cristo se esta fosse perpetrada pelo comunista de araque.

  9. S .Mar disse:

    O outro lado da moeda; a criação da CPRV monitoramento eficiente que mais uma vez o governador Flávio Dino emplaca em sua gestão com o objetivo de diminuir os índices de irregularidades e consequentemente as impunidades. Para o desespero da oposição que tentam, a todo momento, desqualificar todas as ações positivas do governo e inclusive a do portal G1, mas não conseguem, a página foi virada, o ciclo da falta de serviços públicos foi deixado no passado, o Maranhão vive dias melhores a população maranhense acredita no governador Flávio Dino na gestão realizada com muita transparência e competência. Parabéns Governador Flávio Dino reeleito em 2018.

  10. S .Mar disse:

    Verme protostômio das águas do lastro de navio.

  11. Ferreira disse:

    Concordo com a fiscalização,mas por outro lado não,em toda blitz da cprv os carros da vip já chegam primeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens