Fechar
Buscar no Site

Maranhense é convidado para equipe econômica de Bolsonaro

A assessoria do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) informou hoje (26) que o atual secretário de Desenvolvimento e Competitividade Industrial da pasta, Igor Calvet, foi convidado para compor a equipe econômica do presidente eleito, Jair Bolsonaro. Calvet, que nasceu em São Luís e viveu na capital maranhense até os anos 90, será secretário adjunto da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, secretaria cujo titular será o economista Carlos Alexandre da Costa.

A pasta da Economia, sob o comando de Paulo Guedes, será criada no próximo governo, a partir da junção das atribuições dos ministérios da Fazenda, Planejamento, além do próprio MDIC, que serão extintos. Com o anúncio de Calvet, a equipe econômica de Guedes e Bolsonaro soma dez nomes que atuam no governo de Michel Temer.

“Calvet foi escolhido, principalmente, por importantes entregas apresentadas como o programa Brasil Mais Produtivo, cuja eficiência e eficácia foram atestadas pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe das Nações Unidas (Cepal) e pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Outra agenda coordenada por Calvet que chamou a atenção da equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro, foi a Estratégia Nacional de Disseminação do BIM. “O modelo de gestão de informação BIM aumenta a produtividade e reduz custos e riscos na construção civil. Além disso, por fornecer informações precisas sobre quantidade e qualidade de materiais e prazo das obras, promove a transparência de processos licitatórios e compras públicas”, informou o MDIC, em nota.

Igor Calvet é funcionário de carreira do governo federal, no cargo de especialista em políticas públicas e gestão governamental. É bacharel em Relações Internacionais, mestre e doutorando em Ciência Política.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

3 respostas para “Maranhense é convidado para equipe econômica de Bolsonaro”

  1. Antonio Carlos, Carlos disse:

    Se não tiver cheiro e nem catinga de Sarney está de bom tamanho, é bom observar que o Maranhão tem tudo de bom em recursos humano, o que estraga é se o câncer sarney estiver contaminado. O bom disso tudo é que o futuro Presidente, não tolera corruptos. ladrão de colarinho branco e politicos safados, que no Brasil é como praga que tem até demais. Mas não há mau que dure para sempre, vamos ver, cordas não vai faltar para enforcar os sarneys, murad, lobões e o diabo que o carregues.

  2. Gustavo Ramos disse:

    Patife de merda lava essa boca imunda ao falar de Sarney . O esgoto deve ser teu lugar preferido , canalha!!

  3. Cardoso disse:

    Pois o Bolsonaro precisa começar a torrar o próprio filho envolvido até o cabelo na corrupçao, conte outra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens