Fechar
Buscar no Site

Jornal de José Sarney mente ao forçar rombo nas contas do Maranhão

As mídias ligadas à família Sarney abriram uma verdadeira cruzada para criar um ambiente de caos financeiro inexistente no estado. Na edição deste sábado, o jornal O Estado do Maranhão chegou ao absurdo de, ao invés de subtrair um dos dados, somar para pregar uma piora nas contas.

Ao falar sobre os R$ 610 milhões de despesas do governo empenhadas e não liquidadas (denominados restos a pagar não processados), o jornal de Sarney acabou somando esse número a disponibilidade de caixa de R$ 1,4 bilhão, e afirmou “uma insuficiência de caixa superior a R$ 800 milhões”.

A salada feita pelo jornal é estarrecedora, já que os restos a pagar são considerados como dívidas pelos conceitos orçamentários, pois tais despesas só passariam a ser dívida após a realização do seu fato gerador e da sua liquidação, gerando assim uma obrigação.

Ou seja, o correto dos restos a pagar seria subtrair do resultado primário, e não somar com a disponibilidade de caixa como fez reportagem do jornal O Estado do Maranhão. Não se sabe se por má-fé ou desconhecimento, mas a sanha das mídias oligárquicas em atacar a situação financeira do estado está passando de todos os limites.

Tá valendo até mentir para criar um caos que não existe no Maranhão.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

14 respostas para “Jornal de José Sarney mente ao forçar rombo nas contas do Maranhão”

  1. josé disse:

    caos foi na gestão passada quando SUMIU COM UM BILHÃO —BILHÃO –DA SAÚDE —-tomou doril, sumiu, ninguém viu, ninguém sabe de nada. ALGUEM AINDA ACREDITA NA MÍDIA IMENTIRA .??????? vamos direto na internet informar direto em VÁRIAS FONTES …..IMENTIRA JÁ ERA .

    • antonio muniz disse:

      Quem mente o IBGE , OPNAD ou o governo do Maranhão?
      O PNAD, órgão de pesquisa vinculado ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, divulgou em seu relatório anual de que o Maranhão teve retrocesso nos quesitos violência, educação , desemprego e renda. É claro que o crédito que o governo do Estado dará ao que noticiam estes órgãos , em suma se convertem em necessárias especulações , porque delas dependem as inserções midiáticas que todo governo faz questão de levar ao conhecimento de todos.Levando-se em conta que nossa população é severamente desenformada, e os agentes governamentais levam as notícias que interessam a quem as quer vê-las divulgadas.Quem lê , quem vê , quem ouve as divulgações de resultados sobre a educação de nosso “Estado” chega a um conclusão de que o Maranhão é um “Estado” inovador , e a Educação de nossas crianças e jovens tem tido resultados fantásticos, mas sabe-se que o resultado é pífio,visto ter sido de apenas 3% positivo , e numa escala de 0 a 10, nosso estado em três anos conseguiu apenas 0,3 pontos percentuais, para quem alardeia que a Escola Digna tem feito milagres. No item crescimento econômico, os resultados também não são consistentes ao ponto de que aqueles mais esclarecidos fiquem satisfeitos com os índices apresentados. A violência, tem sido outro tema que via a via está sendo apontando como tendo tido avanços significativos, no entanto , o município de “São José de Ribamar” é apontado com um dos mais violentos do Brasil , sem deixar de mencionar que este município faz parte do conjunto de municípios da “Área Metropolitana da Grande São Luís.No interior do Estado, cidades de médio porte como Bacabal, Pinheiro Viana , imperatriz, Santa Inês e até Monção , registram índices de violência jamais visto. No que se refere ao item economia , não quero no entanto entra na briga de cachorros grandes , porem os dados apresentados pelo “Sistema Mirante” estão presentes no anuário da republica sobre o desempenho econômico de cada ente da federação e o Estado do Maranhão, se não está em estado de solvência, também não demonstra saúde financeira capaz de provocar ânimos exagerados. Se a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) divulgada nesta sexta-feira 23/02/2018 utilizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), afirma que no mínimo 13,3% dos maranhenses estavam desempregados até o quarto trimestre de 2017,_isso sem levar em conta que um grande contingente de jovens entre 18 a 30 anos não contabilizados _ que deixam nosso Estado em busca de oportunidade aqui não encontradas , mas que no sul e sudeste existe e por isso , Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso e Rio grande do Sul se tornam endereço sazonais importantes … não fosse isso nosso índice de desocupados seria um pouco maior.O ano que ora iniciamos , não se chocam com os números do IBCE, que apontando 359 mil pessoas desempregadas e nem carecendo ser economista para projetar que se esse contingente estivesse inclusos na força de trabalho , recebendo apenas _R$947,00_o valor do salário mínimo,daria uma injeção de R$339.973.000,00 , impactando severamente a nossa economia. Se assim fosse o Maranhão sairia do incômodo empate com o Piauí e destacar-se-ia em todo o nordeste.Se ano de 2017, não foi um ano perdido, também não dá motivos para comemorar,porque mais de 7 mil desempregados se somaram aos 352 mil registrados no mesmo período do ano anterior , segundo anuários econômicos. Mediante isso não vejo porque tanta indignação do Governo com os dados divulgados no Sistema Mirante, mas que não foi ele quem primeiro divulgou tais estudos.

  2. Mandioca disse:

    Bem, então tu CONCORDAS que existe um ROMBO de R$ 800 000 000,00.
    Tu questionas se o calote de R$ 600 000 000,00 não deve ser considerado como ROMBO.
    Qualquer um que tenha um mínimo conhecimento sobre o assunto e conheça A REAL SITUAÇÃO das finanças do Governo do Estado do Maranhão, sabe que o ROMBO é de mais de R$ 2 500 000 000,00 ( ISSO MESMO, DOIS BILHÕES E MEIO)
    O grande MEDO da CATERVA DINISTA é esse ROMBO parar de vez o estado antes das eleições, fato que decretará em definitivo a derrocada do comunista de araque. Todos sabem que a intenção de dino e caterva é inviabilizar o novo governador do estado do Maranhão.

  3. Blaide disse:

    Agora só falta dizer que o Sarney mandou públicar essa matéria nos telejornais da globo,sem contar a publicação do G1,sem esquecer de mencionar os dados atuais do IBGE onde mostrar o número do desemprego no Maranhão e o início fim do Governo da mudança.

    • Jose disse:

      Agora mostre as pesquisas do IBGE no governo anterior se foram satisfatórias,eu acho que não,o Maranhão sempre ficou na última posição em todos segmentos, emprego, saúde,IDH,PIB,no governo de Roseana a GLOBO comentou que Maranhão era África brasileira,uma
      Vergonha

      • Jose disse:

        O Brasil está passando por pior crise durante 5 década,o Maranhão nunca teve um índice de emprego satisfatório sempre foi muito ruim
        Mesmo quando o resto do país, estava bombando com muitos empregos
        Assim mesmo o atual governo Flávio
        Dino vem driblando a crise, fazendo
        Algumas coisas,o povo não se lembra
        Das dificuldade que existiam no Maranhão nunca foi um MAR DE ROSA,
        Os nossos governantes sempre foram
        Péssimos não é de agora, um estado
        Que vem sofrendo a muitas décadas com desvio de verbas públicas,em todos segmentos, péssimos índice na
        Saúde, números mais elevado analfabetos, menor renda per capta do país, não é agora em 3 anos que
        O governo resolver tudo, precisa de
        4 mandatos de governo que trabalha
        Com seriedade

        • antonio muniz disse:

          José: Eu nunca fui eleitor dos Sarney. Sempre votei na oposição…Desde 1967, quando eu vim estudar no antigo colégio de São Luís , fui eleitor de Epitácio Cafeteira , Domingos Freitas Diniz, Bernardo de Almeida e do Bom Velhinho Jackson Lago . Agora não tenho que me conformar com o que as pessoas divulgam…Sou , ou me acho um cidadão pleno e tenho direito de discordar da maioria.Só isso , se é que a maioria opina!

  4. Cape Júnior disse:

    Agora eu te pergunto quanto tempo tu passou para decorar isso ou foi exatamente um ctrl c e ctrl v? Nós vamos saber quem está mentindo, quando ele divulgar o balanço.

  5. Carlos disse:

    Pois é imagina o tamanho do rombo no governo passado onde eles não fizeram nada só saquearam o estado do Maranhão. Esse daí é troquinho de padaria se comparado. O mesmo G1 Também divulgou que Flávio Dino tá em primeiro lugar como GOVERNADOR mais atuante e que mais cumpriu até hoje promessas de campanhas e isso não precisa ser divulgado por ninguém todo o Maranhão vê Flávio Dino é o melhor GOVERNADOR do Brasil só não vê as viúvas do cofre. É Flávio Dino dinovo

  6. Edgar disse:

    Kkkkk kkkkk kkkk 😎 engraçado o velhote questionar rombo nas contas
    Públicas do Maranhão, parece até ser novidade,com Flávio Dino o Maranhão se encontra com dívida faça um cálculo com Roseana, poucos
    Dias estava toda enrolada na justiça rombo bilhões junto com Murad, a sorte dela que os cara do
    TJMA foram colocados nos cargos pelo pai dela

  7. S .Mar disse:

    O MAR DE RIO
    Rio de Janeiro, Rio grande do Sul, Rio grande do Norte e outros estados quebrados por incompetência é irresponsabilidade de seus governadores e de quebra à intervenção na segurança no RIO de JANEIRO, faça-me Rir. Só falta intervenção aqui no Maranhão, imaginem se houvesse esses casos.

    • Joao disse:

      SÉRGIO CABRAL no Rio de janeiro, você ainda tem dúvidas ou quer defender o governo dele, a mesma coisa ROBSON FARIAS rio grande do norte,ou você acha que segurança pública e responsabilidade só do governo federal, muitos desvios de
      Verbas públicas roubalheira,o governo estadual tem sim culpa,

  8. Rogério disse:

    Por isso que o governo tá doido pra arrecadar dinheiro com essas blitzens por aí tirando o pouco que o pai de família tem pra alimentar seus meninos. Vergonha!!

  9. NELSON disse:

    todo maranhense do bem , sabe que o estado foi durante 80 anos SAQUEADO EM SUAS RIQUEZAS, O MAIS ATRASADO DO BRASIL, com os piores indicadores sociais deixado para trás pela oligarquia SARNEY que imperou durante 50 anos de mandos e desmandos infinitos —e o melhor saíram BILIONÁRIOS e deixou para trás o MARANHÃO na pior . ISSO É HISTÓRIA, FATOS OCORRIDOS , não tem que aceitar ou deixar de aceitar, são fatos acontecidos e fartamente documentados na história do MARANHÃO. DE 2015-2017 — = 3 ANOS – GOVERNO FLÁVIO DINO —numa crise avassaladora foi equilibrando a solução de demandas ESQUECIDAS pelos SARNAS durante 50 anos , muito trabalho e esforços em somente 3 anos —–agora o ABISMO MONSTRUOSO DEIXADO PELA OLIGARQUIA SARNEY (BILIONÁRIOS) nem com 50 anos de desenvolvimento estrondoso vai consertar —-são abismos desde a época colonial , da escravidão , desde a era dos SINHOZINHOS, SINHAZINHAS que faziam o que bem entendia e os escravos só restavam aceitar —ESSA ESCRAVIDÃO PERDUROU POR LONGOS ANOS -até 2014—(126 anos após a lei áurea de 1888)–era vitorino freire , estilo coronelismo , depois os 50 anos de oligarquia sarney , onde tudo girava entorno da FAMIGLIA e seus laranjas, as necessidades do povo foram esquecidas, o povo só prestava para votar eternamente na oligarquia para todo e sempre . Para quem é de outro estado é chocante , assustador , desumano ver o ABISMO SOCIAL DEIXADO NO MARANHÃO PELOS 50 ANOS DE OLIGARQUIA SARNEY—-agora com somente 3 anos de governo eficiente, competente, trabalhador , ÉTICO, TRANSPARENTE E HONRADO ( HONRADO E ÉTICO – adjetivos desaparecidos do Maranhão durante os 50 anos de império sarna )—MUITO TRABALHO FOI REALIZADO E É REALIZADO E SERÁ REALIZADO PELO GOVERNO FLÁVIO DINO mas, teremos um longo e doloroso caminho de cura do abismo social deixado pelos sarnas—longo e doloroso .NÃO SE CURA UM CÂNCER DE 50 ANOS EM 3 ANOS – vamos analisar a realidade do ANTES E AGORA. Fechar os olhos não adianta nada.Analisar a HISTÓRIA faz bem para todos nós , pois queiramos ou não estamos pagando o pato dos terríveis erros e maldades de 50 anos de oligarquia .Os únicos que NÃO paga o pato são a oligarquia , logicamente, os laranjas , e as classes A e B —-então cabe a nós que pertencemos ao povo analisar a história .AJUDA A CURAR O CÂNCER DE 50 ANOS DE METÁSTASE .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens