Fechar
Buscar no Site

Janot acusa Temer de corrupção, obstrução de Justiça e organização criminosa

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e o ministro do STF, Edson Fachin – Eraldo Peres / AP

No pedido de abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer, o procurador-geral da República Rodrigo Janot acusa o mandatário número um do país de envolvimento com pelo menos três crimes : corrupção passiva, obstrução de Justiça e organização criminosa. O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), considerou os indícios levantados pelo procurador-geral consistentes e autorizou a abertura de investigação contra Temer.

“Os elementos de prova revelam também que alguns políticos continuam a utilizar a estrutura partidária e o cargo para cometerem crimes em prejuízo do Estado e da sociedade. Com o estabelecimento de tarefas definidas, o núcleo político promove interações diversas com agentes econômicos, com o objetivo de obter vantagens ilícitas, por meio da prática de crimes, sobretudo com corrupção. Há, pois, também o indicativo da prática do delito organização criminosa previsto na lei 12.850/2013”, afirma Janot.

O empresário Joesley Batista, dono da JBS, entregou ao Ministério Público (MP) gravação em que o presidente dá aval para o empresário comprar, com mesadas, o silêncio do ex-presidente da Câmara, o deputado cassado Eduardo Cunha.

O pedido de abertura de inquérito foi feito a partir da delação premiada dos donos do grupo JBS. Eles revelaram que Temer deu aval para a propina paga ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – que, em troca, não revelaria nada em delação.

Pela Constituição, o presidente da República não pode ser responsabilizado por atos cometidos antes do exercício do mandato. Como os fatos delatados teriam ocorrido depois de Temer ter assumido a presidência da República, não haveria impedimento legal para o início das investigações.

FACHIN NEGA PRISÃO DE AÉCIO

Em decisão nesta quinta-feira, Fachin negou pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para prender o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Ao contrário da expectativa que se criou nesta quinta-feira, o caso não deverá ser levado ao plenário do tribunal.

Na mesma decisão, o ministro afastou o parlamentar de suas funções, mas o manteve no cargo. Ou seja, o tucano poderá frequentar o Congresso Nacional, mas não está autorizado a votar, por exemplo. (O Globo)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

3 respostas para “Janot acusa Temer de corrupção, obstrução de Justiça e organização criminosa”

  1. doralice machado disse:

    É CLARO QUE TEMER NÃO VAI RENUNCIAR POR DENÚNCIAS E DELAÇÕES. NÃO QUER APARECER COMO RÉU CONFESSO. TEMER VAI COMO ADVOGADO SE DEFENDER ATÉ O POSSÍVEL DA PROVA FINAL DE QUE É CORRUPTO. E POR SUAS GULAS DA VAIDADE E PREPOTÊNCIA, MICHEL TEMER VAI SAIR COMO ENTROU. JUSTAMENTE PELO IMPEACHMENT A QUEM ELE ENTREGOU AS GRANDES MISSÕES. POR EDUARDO CUNHA QUE RECEBIA POLPUDAS GORJETAS. CASTIGO VEM A CAVALO. TCHAU BABÁ, TCHAU CRIANÇA INFELIZ!

  2. doralice machado disse:

    JANOT ACUSA TEMER DE CORRUPÇÃO PASSIVA, OBSTRUÇÃO DE JUSTIÇA E ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA. ACUSA O MANDATÁRIO NÚMERO UM DO PAÍS DE ENVOLVIMENTO COM PELO MENOS TRÊS CRIMES. FACHIN NEGA PRISÃO DE AÉCIO. Em uma conversa informal com jornalistas, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse nesta sexta-feira que o Brasil vai sobreviver ao conteúdo das delações da JBS, rebateu os rumores de que poderia eventualmente assumir a Presidência da República e afirmou que pretende continuar na magistratura “até o último dia”. Cármen Lúcia: “O país sempre vai sobreviver”. Indagada se o Brasil vai sobreviver às delações, respondeu: “O País sempre vai sobreviver, porque o País é o povo. E o povo, o ser humano, tem o instinto de vida muito mais forte que o de instinto de morte. As gerações, eu acredito muito que vão vir coisas e pessoas boas, depois que a gente já tiver ido embora”.
    https://www.youtube.com/watch?v=nxip30xSTn4

  3. doralice machado disse:

    A GLOBO QUER O MEIRELLES….
    LUCRO DO BANCO ORIGINAL, LIGADO AO JBS, CAI 60%. O Banco Original, que se apresenta como justo e transparente, registrou queda de 60% no lucro líquido de 2016. O ganho, no ano passado, somou R$ 43,6 milhões ante os R$ 110,6 milhões de 2015. O Original faz parte do grupo J&F, que controla, entre outros, o frigorífico JBS, dos notórios irmãos Joesley e Wesley Batista. O Original mostra, em seu balanço, que aumentou em 26% a sua carteira de crédito. Em compensação, a qualidade dos empréstimos piorou. Tanto que o banco foi obrigado a ampliar, em 86%, as provisões para crédito de difícil liquidação. As operações duvidosas saltaraM, entre 2015 e 2016, de R$ 139,2 milhões para R$ 258,6 milhões.

    Os especialistas estão acompanhando com lupa o desempenho do Original, não apenas por a instituição estar ligada ao JBS, mas também pela campanha agressiva em busca de clientes. O banco está oferecendo um brinde de R$ 40 para cada cliente que indicar um amigo.

    NÃO CUSTA LEMBRAR QUE O BANCO ORIGINAL FOI CRIADO PELO MINISTRO DA FAZENDA, HENRIQUE MEIRELLES, QUANDO ELE COMANDOU ELE COMANDOU O CONSELHO DO J&F.
    POR ANTONIO TEMÓTEO-CORREIO BRASILIENSE
    http://www.tijolaco.com.br/blog/wp-content/uploads/2016/09/souma.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens