Fechar
Buscar no Site

A homenagem da PF a Sarney criou outra brasileirice ultrajante: o investigado condecorado

“Polícia é polícia, bandido é bandido”, ensinou ao Brasil dos anos 70 o delinquente Lúcio Flávio Vilar Lírio, um tipo raro de criminoso que rejeitava ligações promíscuas com os homens da lei. Se tivesse sobrevivido, ele ficaria certamente perplexo com a homenagem prestada a José Sarney pelo Sindicato dos Delegados da Polícia Federal (Sindepol). Investigador é investigador, investigado é investigado, diria Lúcio Flávio ao delegado Joel Zarpellon Mazo, presidente do Sindepol.

Invocando os “bons serviços” prestados à instituição pelo presidente do Senado, Mazo entregou-lhe a medalha Deferência Polícia Federal. “Alguém só é considerado culpado depois do trânsito em julgado”, alegou. “A medalha é concedida aos que fizeram e fazem pela Polícia Federal e seus policiais”. O doutor está convidado a revelar que tipo de bom serviço Sarney andou prestando. A julgar pelo noticiário político-policial, o que mais tem feito o clã liderado por José Sarney é dar trabalho aos agentes da PF.

“Tudo isso foi levado em conta pelo conselho ao escolher o seu nome”, retrucou o delegado sindicalista. “Quem responde diante do Poder Judiciário brasileiro não é o presidente Sarney, mas o seu filho, e isso não se relaciona diretamente à pessoa dele”. Como se o primogênito pudesse fazer com qualquer sobrenome as coisas que faz impunemente. Como se o filho agisse agisse escondido do pai.

Os policiais que honram a instituição não podem perder a chance de mostrar que o Sindepol acabou de encenar mais um ato do interminável espetáculo da pouca vergonha. Basta confrontar o presidente da entidade com as conversas telefônicas gravadas pelos colegas escalados para a Operação Boi Barrica. Mazo ficará sabendo, por exemplo, que nos diálogos em código travados por integrantes da quadrilha José Sarney é o “Madre Superiora”, Fernando Sarney é o “Bomba” (ou “Bombinha”, ou “Madre”) e Edison Lobão é o “Magro Velho”.

Saberá, sobretudo, o que a turma andou fazendo. E talvez entenda que, se tivesse aprendido com Lúcio Flávio, não teria piorado o país com a criação de outra brasileirice ultrajante: o investigado condecorado.

A gestação do tributo a Sarney pode ter começado em 20 de abril de 2010, quando Erenice Guerra foi condecorada com a Grã-Cruz da Ordem do Rio Branco. Agraciada em 2005 com a medalha de Grande Oficial, a melhor amiga de Dilma Rousseff esperou cinco anos para emocionar-se com a mais alta honraria conferida pelo Itamaraty, um privilégio reservado aos que “por qualquer motivo se tenham tornado merecedores do reconhecimento do Governo Brasileiro, servindo para estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção, bem como para distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas”.

Em setembro passado, soterrada por provas e evidências de que reduzira a Casa Civil a um esconderijo da quadrilha formada por parentes e agregadas, a companheira meliante perdeu o status de ministra, perdeu a pose e perdeu a companhia permanente da Dilma. Mas manteve a medalha. Desde quarta-feira, tem um argumento a mais para recusar-se a devolvê-la. Pode exigir que Sarney devolva a dele primeiro. (Por Augusto Nunes em 20 fev 2017)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

12 respostas para “A homenagem da PF a Sarney criou outra brasileirice ultrajante: o investigado condecorado”

  1. Zaratustra disse:

    Polícia e Polícia, ladrão e ladrão, e Sarney e Sarney…kkk

  2. KEIDIR disse:

    QUE VERGONHA NACIONAL —-CONDECORAR UM RATÃO MOR —-FALTOU A COROA DE REI —-REI DOS RATÕES/RATAZANAS DA POLITICA…..VERGONHOSO, VERGONHOSO,VERGONHOSO, E O RATÃO MOR TODO INCHADO, ** PEIDANDO *** ORGULHO FEDIDO –NÃO TEM DESCONFIÔMETRO MESMO —-SÓ VAI TOPAR COM A JUSTIÇA DE DEUS
    —EM BREVE—AINDA NÃO EXISTE imortalidade —existe
    impunidade eterna—agora IMORTALIDADE NÃO …..VALHA-ME DEUS—–SÓ DEUS—– FALTA CONDECORAR = fernandinho beira -mar——-marcola——assaltantes de bancos—-todos os chefões do tráfico do RIO —–aja faixas e medalhas de HONRA AO MÉRITO—OS LADRÕES/LADRONAS DE DINHEIRO PÚBLICO —bilhões SÃO BANDIDOS DA PIOR ESPÉCIE , MAIS QUE fernandinho beira mar—-marcola …….É MUITA CARA DE PAU—–MILITARES ESTÃO DORMINDO-?????–MILITARES ACORDA—MILITARES SALVA O POVO BRASILEIRO —MILITARES JÁ –PARA ONTEM.

  3. KLEBER disse:

    quando essa peste sarna encontrar com o seu chefe lúcifer no inferno, nas trevas, na escuridão , lugar onde há CHORO E RANGER DE DENTES, espero que leve as MEDALHAS DE HONRA AO MÉRITO, QUE O CAIXÃO TENHA GAVETA, GAVETÃO PARA LEVAR O DINHEIRO, AS MEDALHAS, AS ESCRITURAS, O OURO —–o demônio chefe gosta de tudo isso—prepara canalha, esse dia chega para todos–todos—todos—todos e…….todos

  4. Mandioca disse:

    É muito comum esse tipo de homenagem, até o mequetrefe do Aluisio Mendes já foi homenageado por seus pares e quase emplaca uma diretoria na PF.
    Outros bandidos são frequentemente homenageados por diversas categorias, há exemplo de João Alberto, Roseana, Lobão, Edvaldo Holanda,marcio jerry,Zé Reinaldo, Brandão, flávio dino e outros canalhas.

  5. Horácio Lemes disse:

    John, antes você deveria cuidar do quintal da nossa casa: a Maranhão. Dia 08/11, o DENARC prendeu um conhecido traficante em São Luís, a bordo de um veículo prata; dentro do qual foram encontradas duas pistolas de uso restrito. Depois o Dr. Delegado descobriu que uma das armas pertence a um policial militar, e a outra seria instrumento de trabalho de um policial civil.
    Em sendo verdade essas posses: por que a Secretaria de Segurança Pública não revela os nomes desses dois bandidos chapas-branca? Seriam ambos de altas patentes em suas corporações?

  6. Chico disse:

    Como diria Glauber Rocha,o Tancredo foi um péssimo presidente, porque botou aquele vice horrível, aquele ministério horrível- e morreu no dia da posse.o pior presidente que a gente poderia imaginar.

  7. JOELSSON disse:

    estamos fritos—fritos …no azeite de dendê…….os ratões, as ratazanas, da politica brasileira adquirem IMUNIDADE —-não morrem nunca—vaso ruim não quebra, nem aquela terrível doença consegue levá-los para o ……..(céu) ??????……para ELIMINÁ-LOS , SÓ EXISTE UMA SOLUÇÃO —-não ,não e não é a câmara de gaz …….É NO VOTO—COM A CHAVE DO ESQUECIMENTO— NAS ELEIÇÕES DE 2018 —-NUNCA MAIS VOTAR EM RATÃO, RATAZANA, CAPIVARAS, LOBÕES, ANTAS, OLIGARQUIA SARNA, ENGANA/ENGANA……ESQUECÊ-LOS PARA SEMPRE—AFASTÁ-LOS DO COFRE PÚBLICO —–todos eles são viciados no cofre público. ….não sabem viver sem o cofre público em mãos, para usofruto a vontade…..NÃO TEMOS OUTRA ALTERNATIVA—–VOTAR FICHA LIMPA EM 2018 E esquecer para sempre dos RATÕES/RATAZANAS/ RATÃO////RATAZANA ////só isso ………ou vamos continuar a pagar o pato mantendo-os com a chave do cofre público em suas eternas mãos—–EM 2018 VOTAR FICHA LIMPA–

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens