Fechar
Buscar no Site

Governo intensifica Mais Asfalto e bairros da Grande Ilha são contemplados

Em andamento, a terceira etapa do Mais Asfalto está contemplando bairros em toda a Grande Ilha. Os serviços seguem de forma paralela nas quatro cidades: Raposa, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e São Luís. Algumas intervenções já foram concluídas e outras estão em ritmo avançado. Nesta fase, o Governo do Maranhão está investindo R$ 80 milhões para o asfaltamento de 200 km de via, que beneficiam diretamente cerca de 1,4 milhão de pessoas.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, destaca que os investimentos do Mais Asfalto acontecem em todas as regiões do estado, como forma de ajudar as prefeituras a melhorarem a mobilidade urbana dos municípios.

“Estamos trabalhando em todas as regiões e a meta é atingir todas as cidades maranhenses. O programa Mais Asfalto, além de retirar a lama e a poeira da porta das pessoas, ajuda a gerar emprego e renda aos municípios e em momento de crise esse fator se torna influenciador para driblar as dificuldades. É assim que o governador Flávio Dino vem trabalhando para proporcionar uma melhor qualidade de vida ao povo maranhense”, completa Noleto.

São Luís

Em São Luís, o Mais Asfalto já melhorou ruas na Lagoa da Jansen, Centro, Castelão, Uema, São Cristóvão, Rodoviária, Vila Luizão, Vila Industrial, Itapiracó, Forquilha, Turu e Maracanã. Na Cidade Olímpica, Cidade Operária, José Reinaldo, Sarney Costa e João Paulo os colaboradores continuam o processo de melhoramento das vias.

O funcionário público Manoel da Silva avaliou como positiva as obras na av. Prof. Mário Meireles, na Lagoa da Jansen. “Asfalto novo incentiva as pessoas a passearem, saírem de casa. Ganha todo mundo: o comércio que vende e as pessoas que melhoram seu humor por não passar por muitos buracos”, reforça Silva.

Raposa

Na cidade de Raposa, a rua da Paz, principal rota do turismo e acesso ao Porto do Braga, passa pelo processo de pavimentação completa, com drenagem profunda e asfalto. A obra, aguardada há décadas pelos moradores, acaba com os temidos alagamentos na via, que eram motivos de diversas reclamações.

“Aqui, meu filho, quando a maré sobe eu tenho que esperar do outro lado para poder não ficar do lado de lá. Sou o terceiro morador daqui e saía prefeito e entrava prefeito e ninguém fazia nada por aqui. Agora, o Flávio Dino mandou consertar de vez esse problema aí, e pelo que ‘tô’ vendo agora vai dar certo”, fala o pescador Zózimo, que há 45 anos mora na rua da Paz.

São José de Ribamar

A restauração de ruas no Parque Vitória encerrou um ciclo de doenças e prejuízos à população. Como por exemplo, a restauração da Av. Nossa Senhora da Vitória (Estrada da Vitória) e do canteiro central. Somados à academia de saúde e ao playground, a região ganhou outro tom.

“Isso aqui foi uma benção porque nos outros governos a gente só via passar asfalto e quando chovia saía tudo. Agora, vimos o serviço completo. Aqui, quando chove, não alaga mais como alagava antigamente. Outra coisa que melhorou foi para quem tem mobilidade reduzida igual a mim ou quem é cadeirante mesmo. Antes, o acesso era difícil e agora ficou muito bom. Tem rampa. O governador Flávio Dino está de parabéns”, comemorou o morador Almir Martins.

Ainda em São José de Ribamar, estão em andamento as intervenções na MA-201 (Forquilha-São José de Ribamar).

Paço do Lumiar

Em Paço do Lumiar, a Sinfra já restaurou as avenidas 01,02,08,13 e Estrada da Maioba. Os bairros Maiobão e Pindoba também receberam intervenções.

Gustavo Castro, de 23 anos, é sócio em um petshop localizado na Avenida 4, no Maiobão, e disse que o comércio enfrentou problemas por causa da falta de reparos na pista. Ao observar o ir e vir das máquinas, ele destacou que a conclusão dos trabalhos vai transformar esse cenário.

“Com esses buracos e pedras que tinham aí na frente ficou complicado para receber os clientes, eles reclamavam por não ter como estacionar na frente da loja, fora a lama quando chove. Espero que fique melhor”.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens