Fechar
Buscar no Site

Em 2018, nomes históricos do Congresso caíram diante das urnas

O ano de 2018 foi implacável com diversas personalidades do meio político. As eleições de outubro deixaram ao relento nomes tradicionais do Congresso que há mais de 30 anos são presença garantida no Executivo e no Legislativo.

Outro veterano do Senado, Edison Lobão, 82 anos, não conseguiu a 5ª reeleição para a Casa. É o atual presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), a mais importante do Senado, o que aponta sua influência dentro da bancada do MDB, que indicou seu nome para o posto.

Foi ministro de Minas e Energia nos governos dos ex-petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, e governou o Maranhão entre 1991 e 1994.

Continue lendo https://www.poder360.com.br/congresso/em-2018-nomes-historicos-do-congresso-cairam-diante-das-urnas/

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

4 respostas para “Em 2018, nomes históricos do Congresso caíram diante das urnas”

  1. O JUSTO e os sonhos deles é voltar a colocar ás mãos nas chaves dos cofres público disse:

    Foi tudo isso, e nunca fez nada pelo o estado do Maranhão, último lugar dentre os 26 estados dá federação e o DF, deveria sentir vergonha, por ter passado tantos anos e não ter feito nada para ajudar a amenizar os sofrimentos dos maranhenses desprovidos de políticas públicas e justiça social, trabalhos e rendas. É de dá nojo vê políticos que ficaram milionários, passaram toda uma vida nos” embromations ” embromando os coitados dos maranhenses menos favorecidos, em época das eleições sempre foi costumeiros, saírem prometendo aos eleitores que se leitos fossem, iriam melhorar ás vidas das pessoas, tudo enganação, depois de eleitos, sumiam, só reapareciam 4 anos depois e faziam ás mesmas promessas e nada de bom era feito aos maranhenses, então, os maranhenses já cansados de tantas promessas não cumpridas, juntos resolveram de uma vez por todas virarem ás costas para esses enganadores e perversos, a cada dia que se passavam, eles ficavam mais ricos e o POVÃO mais pobres e lascados, portanto, um dia isso cansa, os maranhenses do bem, acordaram dos pesadelos, criaram vergonha nas caras e deram um grandioso NÃO nas urnas para os enganadores. de agora em diante, sempre será desta forma, quem prometer e não cumprir, certamente terá um não nas urnas a cada eleição que vier, é só desta forma que, dando um não nas urnas é que certamente surgirá outros jovens aguerridos, que trabalhará com políticas públicas e justiça social e dará aos maranhenses , empregos e rendas, segurança pública com qualidades, agriculturas familiar, hortas comunitárias, escolas dignas, saúde, restaurantes comunitários, comidas ao preço de 2 reais, para que os maranhenses possam se alimentar e ter qualidades de vidas.

  2. Nilto disse:

    Esse foi o ministro mais fraco dos 5 que já foram indiciados do Maranhão…

  3. Leonilson disse:

    Faz parte do QUADRILHÃO DO PMDB–MDB—-agora vai para primeira instância……mas o melhor está perto……..cada dia mais perto……..o que será ??????? O INFERNO…….séculos na escuridão , no lodo, com satanás seu chefão….quem sabe será ministro do UMBRAL TREVOSO ?????? tem todo o currículum para ocupar essa função nas TREVAS DO INFERNO——– TODOS OS HONORÁVEIS BANDIDOS—LADRÕES–LADRONA—DE BILHÕES DO POVO TEM UM ACERTO COM DEUS——((( eles se safam da justiça da terra —–mas não da justiça de DEUS ))))) então ……só nos resta esperar…… o tempo de DEUS.

  4. Sa Vale Filho disse:

    Cadeia.
    Sequestro e confisco de bens.
    CADEIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens