Fechar
Buscar no Site

Deu na Época: indicado de Sarney investigado por intermediar negócios com lobistas

Os investigadores da Operação Sépsis, ação que fisgou políticos que fraudavam operações com dinheiro administrado pela Caixa, descobriram que Fábio Lenza, vice-presidente indicado pelo ex-presidente José Sarney, do PMDB, foi contato do grupo de lobistas interessados em intermediar negócios com o banco público.

A informação é do jornalista Murilo Ramos, da coluna Expresso da Revista Época, que afirma que lobistas famosos em escândalos de corrupção em Brasília, como Fernando Baiano e Milton Lyra, procuraram o apadrinhado de José Sarney para tratar de negócios.

Esse é somente mais um braço de indícios de corrupção envolvendo indicados de José Sarney em Brasília. Como um polvo, o velho oligarca vai ramificando negócios e negociatas por intermédio de apadrinhados. Essa, com certeza, é uma das razões para a grave crise econômica brasileira.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens