Fechar
Buscar no Site

Centro de São Luís recebe maior volume de obras de requalificação

A presidente do Iphan, Kátia Bogéa, o prefeito Edivaldo e o superintendente do instituto no Maranhão, Maurício Itapary, acompanharam de perto neste sábado (14) o andamento dos serviços de requalificação do Centro de São Luís. Considerado um dos maiores investimentos de revitalização realizados na região nos últimos 30 anos, o trabalho na área segue avançando dentro do cronograma previsto. A obra tem como reflexo a preservação de importantes espaços que referenciam a capital como Patrimônio da Humanidade.

Os serviços, executados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de São Luís, contemplam as Praças Pantheon, Deodoro, as alamedas Silva Maia e Gomes de Castro, além da reforma da Rua Grande e da Praça Dom Pedro II e o seu entorno. São mais de R$ 50 milhões em investimentos somando o conjunto de serviços em andamento e as obras já entregues.

“São Luís é reconhecida como patrimônio mundial pela Unesco, e nossa responsabilidade como órgão de preservação é muito grande e não medimos esforços para que esse patrimônio público fosse revitalizado”, reiterou a presidente do Iphan nacional, Kátia Bogéa. A intenção da obra é restituir o espaço urbanístico à cidade, em conjunto com o maior complexo comercial, que é a Rua Grande. “São obras estruturantes para melhorar as condições do Centro Histórico”, afirma Kátia Bogéa.

Durante a vistoria, o prefeito Edivaldo destacou a grandiosidade do trabalho que está sendo feito na região. “O Centro Histórico de São Luís tem recebido atenção especial da nossa gestão, e essa obra de requalificação urbanística do Iphan, realizada com apoio da Prefeitura de São Luís, é um exemplo. Aqui estão sendo reformados símbolos da cidade, a exemplo das praças Deodoro, Pantheon, as alamedas Gomes de Castro e Silva Maia, a Rua Grande e a Praça Pedro II. Em breve, vamos iniciar também a reforma do Largo do Carmo, em mais uma parceria com o Iphan. Em trinta anos, esse é o maior investimento feito na recuperação do patrimônio histórico de São Luís. É uma obra muito importante para impulsionar a economia no maior centro de comércio da capital e para impulsionar o turismo na cidade. Grande legado do Iphan e da Prefeitura para São Luís”, enfatizou, o prefeito Edivaldo que esteve acompanhado da primeira-dama Camila Holanda e do vice-prefeito, Júlio Pinheiro e de secretários municipais.

O superintendente do Iphan-MA, Maurício Itapary, aponta o simbolismo da parceria na obra de requalificação do Centro e entorno. “Essa parceria Iphan e Prefeitura é extremamente proveitosa para a cidade e para a população. As obras seguem o cronograma esperado e, sem dúvidas, são de grande importância para a preservação do patrimônio histórico de São Luís. É um projeto extremamente importante para a recuperação do Centro Histórico e externo meu agradecimento à parceria da Prefeitura de São Luís”, destaca.

A região do Centro é importante pelo que representa para a história da cidade e por compreender o maior centro comercial de São Luís. As áreas estão ganhando novo reordenamento do espaço urbano, contemplando pedestres e possibilitando maior interação social. São diversas ações de urbanismo e arquitetura com fins a revitalizar e recuperar todo o trecho.

A obra de Requalificação Urbanística no Complexo Deodoro contempla a realização de ações de drenagem e de tratamento sanitário, colocação de novos calçamentos, mobiliários e iluminação, fiação subterrânea, dutos de passagem de fibra ótica, banheiros públicos, sinalização, acessibilidade total, entre outros serviços. A área já conta com um conjunto de caramanchões – espaço de vivência que vai contar ainda com bancos e servirá para sombreamento – obra segue com a construção de muro de arrimo no entorno, polimento e lapidação do piso, instalação de mobiliário urbano e pavimentação da pista de rolagem com piso intertravado.

As praças vão ganhar novos mobiliários urbanos, com bancos de pedras de lioz e lixeiras. Para os espaços, é proposta ainda uma nova configuração da iluminação pública, com a utilização de luminárias mais eficientes. A obra favorecerá a acessibilidade, com faixas de pedestres, rampas nas calçadas com contrapiso em concreto, além de sinalização tátil. Os espaços ganham ainda bancos de madeira com encosto e contarão com amplas áreas de sombreamento e diversas árvores nativas, sendo conservadas as existentes.

Frequentadora do centro da cidade, a geógrafa Ângela Almeida, 60 anos, defende a revitalização da área por considerar este um dos mais significativos espaços de vivência da cidade. “Aqui não era mais uma praça e eu, que todos os dias venho para cá, ficava triste de ver um belo cartão postal ocupado de forma inadequada. O que a gente espera que seja entregue a nova Deodoro e que todos preservem um patrimônio que é nosso. Que a população reconheça esse grande trabalho que está sendo feito e ajude a manter”, disse ela, que diariamente vai ao local por morar nas proximidades e acompanhar as netas à escola.

MAIS OBRAS

A obra de requalificação urbanística da Rua Grande vai promover a recuperação das redes subterrâneas de eletricidade; drenagem profunda e esgotamento sanitário; novo conjunto de postes metálicos com iluminação de led; fiação elétrica subterrânea retirando das fachadas dos imóveis; pavimentação de toda a rua com piso de granito nas laterais, blocos intertravado no piso central e marcação de calçada, mantendo nivelamento e contemplando acessibilidade.

No projeto de reforma e restauração da Praça Dom Pedro II e seu entorno, incluindo a Avenida Pedro II e a Praça da Mãe d’Água, estão contemplados serviços como a recomposição de toda a pavimentação em pedra portuguesa; iluminação substituída e ampliada com novas instalações; mobiliário urbano e lixeiras; além de projeto paisagístico com preservação das espécies existentes e complementação com outras novas.

A fonte luminosa da Praça da Mãe d’ Água e a escultura, de autoria do maranhense Newton Sá, serão recuperadas com limpeza mecânica e química, desobstrução dos drenos de água, camada de proteção e polimento para preservar o bronze, troca de tubulações, colocação de bancos, iluminação reformulada com tom artístico e projeto paisagístico. A obra está na fase de conclusão do pavimento do perímetro da Avenida Pedro II e parte central da praça onde fica a escultura da Mãe d’Agua.

PARCERIA

A série de serviços de recuperação de áreas públicas históricas de São Luís se consolidou em 2015, com a ampla obra de recuperação da Praça da Alegria, seguindo com reformas do Teatro Artur Azevedo, Palácio Cristo Rei, Fórum Universitário (prédio dos cursos de pós-graduação em Direito da Universidade Federal do Maranhão), Casarão Tech da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

O pacote contempla, ainda, revitalização do anexo do curso de História da Universidade Estadual do Maranhão, fachada do Solar dos Belfort (antigo Hotel Ribamar) e revitalização do Museu de Artes Visuais – estas já concluídas e inauguradas. “São ações que reforçam a união das gestões federal e municipal para a melhor infraestrutura da cidade, promovendo setores importantes para o desenvolvimento e beneficiando diretamente a população”, pontuou o prefeito Edivaldo.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

10 respostas para “Centro de São Luís recebe maior volume de obras de requalificação”

  1. Ronaldo disse:

    É muito dinheiro para pouca obra , esse prefeito é um dos mais incompetente que o Maranhão já teve

  2. Saulo disse:

    Sei não, “obras” começam aparecer do nada bem pertinho das eleições…de se duvidar…é sempre assim…quanto aos buracos nas avenidas e ruas…quando irá retomar?! As desculpas que só depois das chuvas…então vamos esperar…

  3. Eduardo disse:

    Beleza! fazendo Praça, ajeitando ruas e tudo mais. Mas é a educação do próprio ludovicense? O meu povo que só quer mamar no peito dos governantes, não liga pra suas ruas ou mesmo a educação própria. Vejo ao passar para o trabalho, os próprios agentes de limpeza tentando arrumar de um lado e o próprio povo sujando de outro. É quando fala que ali não é local pra se jogar imundice, o próprio ludovicense dia que ” eles são pagos pra isso” ou ” a chuva leva ” é no dia seguinte está reclamando do porque a sua casa está alagada. O problema não são apenas os governantes corruptos, mas sim o próprio povo que elegem.

  4. Sofia Nunes disse:

    Moro em São Paulo, mas nasci no Maranhão. Fico feliz em saber desse projeto de revitalização do centro de São Luís. Esperamos que os moradores saibam valorizar as benfeitorias mantendo a limpeza e conservação do patrimônio. De dois em dois anos viajo de férias à São Luis, fico triste diante do que vejo principalmente no centro da cidade; Rua grande; Mercado central…meu Deus quanta sujeira e mau cheiro…e saber que é um lugar que trabalha com alimentos, guloseimas tipicas da região (coisas que poderiam atrair turistas) mas como isso pode acontecer com tanta sujeira q tem por ali, chego a pensar que ali é um alojamento de doenças e bactérias.
    Desculpem o desabafo mas pretendo ver essa cidade melhor para poder defender e divulgar com segurança e apreço, aos meus amigos paulistas e paulistanos que pretendem visita-la.

  5. Rogério disse:

    Quero ver quem vai molhar a grama dessa praça. São Pedro faz a parte dele por 5 meses mas e no resto do ano?? Já prevejo mato tomando conta

  6. jonas disse:

    Uma novidade muito boa, e a obra está ficando linda

  7. Laura disse:

    A revitalização do nosso centro, já quero ver tudo pronto, pois é algo muito importante p nossa cidade

  8. MURILO disse:

    Estas obras estão permitindo nossa cidade estar mais bela e poder ser funturamente um destaque a mais como ponto turístico.

  9. Ana Clara disse:

    Concordo com vc Sofia, a prefeitura vai lá reforma, limpa, mas o povo joga lixo em qualquer lugar e ainda tem os vandalos, triste

  10. CARMOSINA disse:

    SENHOR PREFEITO PROVIDENCIE SINALIZAÇÃO NA REGIÃO DE PARQUE ATHENAS, ALTO DO CALHAU;
    CRUZAMENTO APELIDADO DE FAIXA DE GAZA.
    CRUZAMENTO DAS RUAS DELTA = DIQUE BACELAR – RUA SANTO ANTONIO QUE VEM DO BARRA MAR. VAI MORRER GENT E A RESPONSABILIDADE É DO PODER PÚBLICO. PLACAS DE PARE – CRUZAMENTO COM ALTO INDICE DE ACIDENTE, ETC,,,, ETC,,,, PROVIDENCIE POR FAVOR É URGENTE.
    PERTO DOS CONDOMINIOS ATHENAS PARK 1,2,3,4,5,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens