Fechar
Buscar no Site

Celebração de exéquias marca despedida do ex-governador Epitácio Cafeteira

Familiares e amigos despediram-se do ex-governador Epitácio Cafeteira na manhã desta terça-feira (15), no Plenário da Assembleia Legislativa, onde foram celebradas exéquias pelo padre Heitor Moraes, pároco da Igreja de São João Batista.

Durante a celebração religiosa, o sacerdote destacou a importância da fé cristã no momento em que se celebra a memória das pessoas falecidas. Este momento, segundo o padre, precisa servir de consolo para os familiares e amigos ainda vivos, mas precisa ser, sobretudo, “um convite à esperança de que, também nós, um dia participaremos da glória da Ressurreição”.

Diversos parlamentares, ex-deputados, secretários de Estado, representantes do Poder Judiciário e do Ministério Público, como também prefeitos, vereadores e líderes de entidades da sociedade civil compareceram ao velório, iniciado no final da tarde de segunda-feira (14), logo após o desembarque do corpo do ex-governador em São Luís.

Após a realização do rito das exéquias, o corpo do ex-governador Epitácio Cafeteira seguiu no carro do Corpo de Bombeiros Militar em cortejo para sepultamento, no Cemitério do Gavião, na Madre Deus.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, e o procurador geral de Justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, compareceram logo cedo ao velório, ocasião em que manifestaram solidariedade aos familiares de Cafeteira, com cumprimentos à viúva Dona Isabel e à filha Janaína.

De igual modo, o deputado Rogério Cafeteira (DEM), líder do governo na Assembleia Legislativa, recebeu cumprimentos no Plenário, em razão do falecimento de seu tio.

Os ex-deputados Carlos Guterres e Conceição Andrade falaram, emocionados, sobre a trajetória do ex-senador e ex-governador maranhense. “Cafeteira foi um grande amigo, um grande companheiro, que vai deixar muitas saudades”, destacou Carlos Guterres.

A ex-deputada e ex-prefeita de São Luís, Conceição Andrade, disse que Cafeteira, à época em que ocupou o Palácio dos Leões, deu uma grande contribuição para diminuir os conflitos pela posse da terra.

“De todas as coisas que ele representa, a que mais guardo comigo foi a luta em favor dos trabalhadores rurais, à época em que eram perseguidos, ameaçados de morte e muitas vezes assassinados. Cafeteira, eleito governador em 1986, pôs fim aos mais graves conflitos no campo. Foi uma época de paz no Maranhão”, ressaltou Conceição Andrade.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

5 respostas para “Celebração de exéquias marca despedida do ex-governador Epitácio Cafeteira”

  1. Mandioca disse:

    John, tu que és um expert em politica e coisas transcendentais, me informe se o tempo em que Cafeteira foi governador está incluído nos 50 anos que Sarney Manda no Maranhão?
    Os quatro e meio do ´Zé Reinaldo também? e os dois anos e meio do governo de Jakson Lago? Estão de fora?
    É porque somando tudo, inclusive o atual Gangster de plantão, nos dão algo em torno de 15 anos.

  2. JOÃO disse:

    OLIGARQUIA SARNA BILIONÁRIOS —-deixaram o Maranhão no atraso ,com os piores indicadores sociais e ainda tem os ex-escravos dos SARNAS saudosos da chibata, saudosos do pelourinho , saudosos da roubalheira infinita , saudosos dos escândalos , gostaram do chicote no lombo e em ver a oligarquia BILIONÁRIA .SENTEM BEM EM VER A OLIGARQUIA BILIONÁRIA , com apartamento milionário em NEW YORK//MIAMI, OS PENICOS DA OLIGARQUIA SENTEM BEM ….. ADMIRANDO SEUS SENHORES PODEROSOS–CRUZ CREDO —sal grosso, arruda e guinê —xô satanás —– cruz credo tem gosto para tudo , até para ser capacho, penico de oligarquia BILIONÁRIA —-pelo visto BURROS NÃO ACABAM NUNCA—- só resta ter pena dos burros.

  3. ADILSON disse:

    antigamente os poderosos -oligarquia- milionários construíam imensos MAUSOLÉU nos históricos cemitérios demonstrando seu poder, seu poderio, sua fortuna ( sabe DEUS como foi adquirida >>) mas o IMENSO MAUSOLÉU DE MÁRMORE CARRARA virava atração turística …pelo menos isso ficava para as futuras gerações , o poderoso -defundo- ia para o inferno mas o mausoléu permanecia eternamente na terra como atração turística . AGORA NEM ISSO OS –PODEROSOS — fazem mais —MANDAM A FORTUNA (sabe DEUS como foi adquirida ) para a SUIÇA e nossos históricos cemitérios ficam a ver navios …. SEM MAUSOLÉUS ……. tudo mudou nesse mundo ……..

  4. Catitu disse:

    Mandioca sao 50 anos que o teu Siôzinho priva o Maranhao aos interesses da populaçao em geral, pois o enriquecimento nestes 50 anos estavam orquestrados tao somente ao Oligarca-Mor. Porem existiram exceçoes quando aliaram-se à LIBERDADE do POVO: Jackson Lago, o próprio Cafifa e agora o Dino. Entenda que JK foi impedido do segundo mandato presidencial pelas mesmos Golpes que hoje mantém o Semi-presidente Michel e seu conselheiro-mor Sarney em Brasília.

  5. Aristoteles disse:

    Mandiocas não compreende que alguns eleitos sob a batuta dos Sarney acabaram por se distanciarem do corrupto mor durante o governo… E assim sofreram perseguições homéricas essas sim verdadeiras perseguições… Daquelas que desmontam reputação… Como foi o caso da reportagem de capa da isto é… Que só saiu no Maranhão… Outra como o caso reis Pacheco e tantas outras do anedotário do Bigode inescrupuloso.. mas Mandioca vive em MANDIOCASLAND

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens