Fechar
Buscar no Site

Brasileiro na Fifa, Fernando Sarney aponta xeque como favorito

ENVIADO ESPECIAL A ZURIQUE

O xeque Salman bin Ebrahim al-Khalifa, do Bahrein, já é apontado como favorito para ganhar a eleição da Fifa. A opinião é do representante brasileiro no Comitê Executivo da Fifa, Fernando Sarney, filho do ex-presidente José Sarney. A votação vai acontecer nesta sexta (16), em Zurique.

A declaração de Sarney, que não tem direito a voto, foi dada no final do jantar dos brasileiros com cartolas da América do Sul em restaurante de Zurique na noite de terça-feira (23).

Depois de selar um acordo em favor do suíço Gianni Infantino, os países do continente avaliam trocar o seu voto

Al-Khalifa tem apoio de quase todos os países da Ásia e fechou um acordo com os líderes da Confederação Africana de Futebol, entidade que controla o continente com o maior colégio eleitoral (veja o número de votos de cada continente abaixo).

Depois do jantar em Zurique, os cartolas da América do Sul deixaram o restaurante sem declarar publicamente o voto.

“Isso é um segredo”, disse ironicamente o presidente da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), Alejandro Domínguez, apesar de a entidade ter anunciado em janeiro apoio a Infantino.

Até o início desta semana, o ex-secretário-geral da Uefa era considerado favorito. Infantino tinha o apoio dos países europeus e da América do Sul.

O francês Jérôme Champagne, o jordaniano Ali Bin Al Hussein e o sul-africano Tokyo Sexwale também disputam o cargo.

Antes da eleição, os dirigentes da América do Sul vão se encontrar com o xeque em Zurique para discutir o futuro da entidade.

Membro da família real do Bahrein, o presidente da Federação Asiática de Futebol foi um dos principais articuladores da candidatura vitoriosa do Qatar ao Mundial de 2022.

Ele integra o comitê de finanças da Fifa. Sua candidatura é criticada por organizações que defendem os direitos humanos. As entidades acusam o dirigente de ajudar as autoridades do seu país na perseguição a atletas que participaram de manifestação em favor da democracia em 2011. Ele nega.

DISTRIBUIÇÃO DOS VOTOS POR CONTINENTE

África – 54 votos

Europa – 53 votos

Ásia – 46 votos

América do Norte, Central e Caribe – 35

América do Sul – 10

Total – 209

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “Brasileiro na Fifa, Fernando Sarney aponta xeque como favorito”

  1. Marcelo Aragão disse:

    agora tá explicado a ROUBALHEIRA na fifa e na cbf, tem um membro de nome SARNEY lá.

mais / Postagens