Fechar
Buscar no Site

Bolsonaro diz que Zequinha Sarney vendeu parte da Amazônia a ONGs

O Informante – Numa conversa gravada em vídeo com o empresário da pesca do estado de Alagoas Gilson Machado Neto, o presidente eleito Jair Bolsonaro concorda com as críticas do empresário aos entraves burocráticos enfrentados por quem atua na pesca no país – principalmente de camarão e lagosta – e acusa o ex-ministro do Meio Ambiente José Sarney Filho, conhecido como Zequinha Sarney (PV), de vender “parte do nosso território a ONGs internacionais”.

“Como é que a gente muda isso [os entraves para o desenvolvimento da pesca no país]? Colocando no Ministério do Meio Ambiente uma pessoa que pense completamente diferente do que pensa o Zequinha Sarney, que agora, inclusive acaba de vender parte do nosso território na região amazônica a ONGs internacionais”, disse Bolsonaro a Gilson Neto, em 21 de outubro de 2018, dias antes do 2º turno das eleições presidenciais.

A acusação de Bolsonaro foi em referência ao acordo assinado em 19 de dezembro do ano passado (2017) entre o Ministério do Meio Ambiente (tendo à frente Sarney Filho), o Banco Mundial, a ONG brasileira FunBio e a ONG norte-americana (com sede em Washington, D.C.) Conservation International (CI).

Pelo acordo o governo brasileiro “vendeu” uma área da Amazônia de 3 milhões de hectares por US$ 60 milhões.

Em troca, segundo o acordo, o Banco Mundial e as duas ONGs se comprometeram a criar, nos 3 milhões de hectares, novas Unidades de Conservação, nos próximos cinco anos.
Conhecido como “Triplo A”, o projeto pretende ser um grande plano internacional para criar um corredor de áreas protegidas (e soberania relativa) na calha norte do Rio Amazonas ligando o Pacífico ao Atlântico.

O corredor “Triplo A” sofre grande oposição das Forças Armadas brasileiras e foi rebatizado de “Projeto Paisagens Sustentáveis da Amazônia”. (Por Oswaldo Viviani)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

11 respostas para “Bolsonaro diz que Zequinha Sarney vendeu parte da Amazônia a ONGs”

  1. Está fácil de investigar , se ele fatiou e vendeu uma coisa que não era dele, certamente isso terá que ser investigado e ser for comprovado, só existe uma forma de ser resolvido, meter ele na cadeia e obrigar ele a devolver os milhões que certamente recebeu por debaixo dos panos. É claro e notório que anteriormente, só colocavam pessoas desqualificadas e despreparadas para ocupar cargos público, pessoas que não tinham capacidades administrativas para que ás coisas dessem certo. Vamos a partir de 1° de janeiro de 2019 tirar isso a limpo, se forem comprovados que o embusteiro fez ás coisas erradas, é só trancafiar ele na papuda e ele pagará pelos os crimes cometidos, agora ele não contará com ás influências do pai como faziam antigamente, eu sempre falei que colocavam pessoas erradas sem conhecimentos e sem capacidades administrativas para administrar ás coisas públicas. Sempre foi assim, colocavam uns políticos mequetrefes sem ás mínimas condições de gerir ás coisas pública. isso certamente vai mudar, vamos colocar pessoas capacitadas para que possam administrar ás coisas públicas, fazendo desta forma, logo o nosso Brasil tomará outros rumos de progressos e desenvolvimentos, temos que acabar de uma vez or todas com esses circos viciosos, só pq eram políticos ou filhos de políticos, então, seria designados para grandes cargos público, sem ás mínimas condições administrativas, e é por essas e outras que o nosso Brasil a cada dia só ia afundando nos mares das incapacidades, das incompetências administrativas. O nosso Brasil é rico em todos os aspectos, o que está faltando é pessoas capacitadas e preparadas para que seja colocadas nos lugares certos, que o NOVO presidente dá republica terá legitimidades e tenha sabedorias para colocar ás pessoas certas nos lugares certos. agindo desta forma, certamente nós sairemos destes abismos medonhos, e o Brasil e os brasileiros possam recolocar o nosso país nos trilhos dos desenvolvimentos e progressos e seremos reconhecidos e respeitados mundialmente. Brasil a cima de tudo, DEUS, acima de todos.

  2. Anchieta Neves disse:

    Provavelmente Flávio Dino concorda com ele.
    Bolso não no dois anos que ficará à frente do governo ( sairá pelas portas dos fundos escorraçado ) terminará de liquidar o Brasil.
    A ÚNICA POLITICA que deu certo no Brasil e a do meio biente.
    Ele vai liberar geral, desmatamento, pesca predatória e o escambau.
    Dentro de dois anos um kilo de camarão ou de pescada não sairá por menos de U$50,00.
    Quem viver verá.

  3. José Mendes disse:

    ESSE É O BRASIL QUE BOLSONARO E O JORNAL PEQUENO QUEREM.

    “Acusado de crime ambiental, Bolsonaro tentou um “salvo-conduto de pesca emitido pelo Judiciário”, diz o MPF. Por Eduardo Reina
    Publicado por Eduardo Reina – 20 de setembro de 2016

    O deputado Jair Bolsonaro foi multado pelo Ibama por pescar em área de proteção ambiental e enfrentou no STF ação por crime ambiental.
    Em janeiro de 2012, o parlamentar foi flagrado por fiscais do Ibama enquanto pescava na Ilha da Samambaia, em Angra dos Reis. Essa região integra a Estação Ecológica de Tamoios, uma unidade de proteção ambiental onde é terminantemente proibida a pesca.
    O desrespeito à lei ambiental levou os fiscais do Ibama a aplicarem uma multa de R$ 10 mil a Bolsonaro. Ele estava num barco junto com dois de seus filhos, Carlos e Flávio, também políticos.
    No mesmo ano, protocolou um projeto de lei que libera a pesca artesanal nessa região E PROIBIR O PORTE DE ARMAS AOS FISCAIS DO IBAMA. Algo como legislar em causa própria.

    Mais, em maio de 2013 ingressou com um mandado de segurança na Justiça Federal para obter autorização para poder pescar dentro da Estação Ecológica de Tamoios, na mesma Angra dos Reis onde foi flagrado um ano antes em ação ilegal.
    Bolsonaro tem uma casa na região de Angra.
    Dois meses antes desse pedido junto a Justiça Federal, a Procuradoria Geral da República (PGR) havia apresentado uma denúncia contra Bolsonaro por crime ambiental. Um parecer do Ministério Púbico Federal no Rio de Janeiro sobre o caso apontou que o parlamentar queria “um verdadeiro salvo-conduto de pesca emitido pelo Judiciário”.
    Quando foi flagrado e multado pela fiscalização do Ibama, Bolsonaro chegou a argumentar que tinha autorização para pescar em qualquer ponto da Baía da Ilha Grande, de acordo com o relatório de fiscalização do órgão.
    Diante da situação, quando os fiscais mantiveram o flagrante, Bolsonaro tentou dar uma “carteirada”. Ligou para o então ministro da Pesca, Luiz Sérgio, que fora prefeito de Angra dos Reis, para pedir ajuda. O ex-ministro o aconselhou a deixar o local.
    O crime em flagrante repercutiu na imprensa na época.

    “Estávamos numa patrulha normal quando encontramos a embarcação do deputado, que não quis se identificar. Mas o reconhecemos de imediato. Ele tentou argumentar que estava num momento de lazer, e explicamos que a proteção era integral e, por esta razão, era proibida qualquer tipo de atividade. Ele foi arrogante e prepotente” tendo ameaçado que iria pedir a cabeça de todos os agentes do IBAMÀ, e que os mesmos já poderiam se considerar demitidos conforme contou para a imprensa o então chefe do escritório do Ibama em Angra dos Reis, José Augusto Morelli, que não atua mais como fiscal de campo desde o episódio.

  4. Leomar disse:

    Não sabia que parte da Amazônia pertencia ao Zequinha Sarney…… ?????? Vendeu o que NÃO é dele??????? —–2019 escândalos,+ escândalos+ escândalos… Prisões+ prisões+ prisões—–os ETERNOS Ladrões -ladrona -ratoes- ratazana- de BILHÕES…..em desespero….em polvorosa …..correr para onde.. ????? PEDRINHAS… GRANDE HOTEL PEDRINHAS…..canalhas.

  5. Capelobo disse:

    O JUSTO JUMENTO AINDA está VIVO?
    UÉ, o BOLSOANAL AINDA não mandou matar ele?
    O Bolsoanal não prometeu matar TUDO que for de VIADO?

  6. Mendes disse:

    Só porque Bolsonaro afirmou que SARNEY filho vendeu a parte da Amazônia ele não vai governar até o fim do mandato? Isso que é puxa saco do dos sarneys

  7. Edgar disse:

    Anchieta quem deve concordar com o
    Bolsonaro é Roseana ela declarou apoio ao Bolsonaro pensando que o presidente eleito é o TEMER

  8. Jonx disse:

    Muitas gentes pensavam que Bolsonaro
    ia acabar com o comunismo no Maranhão
    Mas pelo andar da carruagem ele vai acabar é com o sarneysista

  9. Edgar disse:

    Os sarneys agora tem que procurar outro rumo no governo do Bolsonaro não tem boquinha, tudo que o Sarney
    Sabe fazer não é o perfil do Bolsonaro, é toma lá dá cá, assumir
    Cargo sem ter qualificação técnica
    Na área, só na indicação política
    Agora o buraco é mais embaixo

  10. josé disse:

    Zequinha Sarney, Fuja em quanto é tempo ! vá embora, não de endereço pra ninguém.Talvez Aluisinho melhore sua barra.

  11. NESTÓRIO disse:

    EM 2019 —-os eternos LADRÕES/LADRONA—-RATÕES/RATAZANA de bilhões—bilhões do povo na PRISÃO —– estão desesperados—- correr para onde ………???????—– PRISÃO A VISTA—–GRANDE HOTEL PEDRINHAS A VISTA—— CANALHAS , HONORÁVEIS E ETERNOS BANDIDOS –LADRÕES-LADRONA DE BILHÕES DO POVO MARANHENSE E BRASILEIRO—-aguardem —a JUSTIÇA CHEGANDO …… a da terra e a de DEUS—-MUITAS VEZES PIOR—DEUS TRITURA COM GOSTO OS POLÍTICOS LADRÕES E LADRONAS —DEUS NA SUA MOENDA —-TRITURA — SEM DÓ—-sai um bagaço no final direto para o esquife de cristal e o MAUSOLÉU—DO MAUSOLÉU DIRETO PARA O……????……PARA O…?????…..INFERNO.( GRAÇAS A DEUS —EXISTE A JUSTIÇA DE DEUS EM AÇÃO —basta esperar …..o TEMPO DE DEUS ….)O GRANDE HOTEL PEDRINHAS é um paraíso comparado com as TREVAS DO UMBRAL para onde irão TODOS–TODOS–TODOS os malfeitores—canalhas—honoráveis bandidos—ladrões-ladrona—ratões–ratazana de bilhões do povo seja maranhense seja brasileiro——LOUVADO SEJA DEUS E SUA JUSTIÇA===== BRASIL ACIMA DE TUDO ==DEUS==ACIMA DE TODOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens