Fechar
Buscar no Site

Bancos públicos serão tema de debate no Maranhão com Flávio Dino

Após passar por São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Teresina (PI), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e Natal (RN) no ano passado, a série “Diálogos Capitais” já tem data e local para retomar os debates em 2019. Será em São Luís (MA), a partir das 18h30 da segunda-feira 14, no Convento das Mercês, Auditório Pe. Antonio Vieira. Com entrada franca, o tema será “Bancos públicos sob ataque: desafios, riscos e perspectivas”. O evento é promovido pela Fenae, em parceria com a revista CartaCapital.

Entre os participantes já confirmados estão o presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, o governador reeleito do Maranhão, Flávio Dino, e o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, Professor Doutor em Desenvolvimento Econômico pela Unicamp. Eles e os demais convidados vão tratar das privatizações prometidas pelo governo Bolsonaro e o futuro dos bancos públicos, que têm papel determinante no desenvolvimento do país. O debate também será transmitido ao vivo nos perfis da Fenae e da CartaCapital no Facebook.

“O que temos hoje é um cenário de sérias ameaças às empresas públicas. No caso da Caixa, o que o governo quer é fatiar a empresa e entregar áreas importantes para o setor privado, a exemplo de seguros, cartões e loterias. E para conseguir o apoio necessário, começou um processo para manchar a imagem do banco perante a opinião pública. Vamos resistir! E o primeiro passo é debater o assunto, disseminar informações verdadeiras e trazer a sociedade para essa luta”, afirma Jair Pedro Ferreira.

Não tem sentido

A Fenae lançou em outubro do ano passado a campanha “Não tem sentido”, cujo objetivo é mobilizar os empregados da Caixa e a sociedade mostrando que o banco precisa continuar 100% público, forte, social e a serviço dos brasileiros. E fazer parte é muito simples! Por meio do site www.naotemsentido.com.br é possível enviar vídeos ou escrever depoimentos opinando por quais motivos a empresa não pode ser privatizada ou enfraquecida.

Em manifesto divulgado por ocasião do lançamento da campanha, a Federação destaca que não tem sentido jogar fora conquistas importantes. “Poupança, penhor, habitação, FGTS, programas sociais inovadores, eficientes e reconhecidos no mundo inteiro. Em 157 anos de existência a Caixa consolidou o seu protagonismo no desenvolvimento econômico e social do Brasil”. E ainda: “Quem defende a privatização da Caixa, seja de todo o banco ou seja em partes, não tem o menor compromisso com o Brasil e com os brasileiros”.

SERVIÇO
Evento: Diálogos Capitais São Luís
Data e hora: 14/01 (segunda-feira), de 18h30 às 21h
Local: Convento das Mercês, Auditório Pe. Antonio Vieira – Desterro
Obs.: Entrada franca. E transmissão ao vivo pelo Facebook da Fenae e da CartaCapital

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens