Fechar
Buscar no Site

Aforismos pós carnavalescos

Edson Travassos Vidigal

Por Edson Travassos Vidigal*

Resolvi hoje trazer aqui alguns aforismos meus, divagações que me pegam pelo pescoço de tempos em tempos, e que me fazer reler tudo o que escrevi, e repensar tudo o que ainda hei de escrever. Compartilho alguns destes com os amigos:

____

A beleza está principalmente no olhar. Naquele pelo qual se chega ao infinito. Naquele que ilumina o que vê. Naquele que reflete a luz. Naquele que diz “eu te amo”, e que se pode confiar.

____

Uma forma de se ter o controle de nossas vidas é tentar impor sua vontade ao fluxo natural. A outra, é tentar entender o fluxo natural e moldar sua vontade a ele. Qual será a mais vantajosa?

____

O amor é a única realidade onde conseguimos nos encontrar.

____

Quando a gente percebe que a vida é muito mais do que aparece no dia a dia pra gente, que o tempo é só uma questão de ponto de vista, e que somos muito mais do que só o que parecemos a cada instante, o infinito se abre pra nós. As ansiedades, as angústias, os medos se vão, nem que apenas pelos breves instantes nos quais percebemos isso. E sei que estes instantes são aqueles nos quais amamos. Aqueles nos quais estamos seguros por saber que as pessoas que amamos estão bem, protegidas, felizes, em paz.

____

Como disse minha sobrinha querida Erika Vidigal, “cada um dá o amor que tem”. Que todos consigamos receber cada amor sem restrições, sem preconceitos, sem medos. E que consigamos também ter a coragem de dar nosso amor, seja como ele for, mesmo arriscando que ele não seja recebido como esperamos. O amor é a energia vital que nos perpassa, que nos nutre, que nos anima, que nos move, que nos gera, que nos mata. Não existe amor maior ou menor, melhor ou pior. Existem amores diferentes, como pessoas diferentes, sonhos diferentes, línguas diferentes, vidas diferentes. Cada um é único, sem igual, e como tal, muito especial. Cego é quem nnao consegue perceber, e valorizar o amor que tem para dar, ou o amor que tem a receber, seja ele qual for, como for. Cada um é perfeito dentro de sua perfeição única.

____

Que nosso caminho seja repleto de luzes e sombras, de cores e amores. De ventos, chuvas, tempestades, brisas e espelhos d’água. De vermelhos ardentes e beijos refrescantes que acalmem o coração. Que encontremos a paz, em algum lugar bem quentinho, dentro de nós.

____

Muita coisa se perdeu da oralidade para a escrita. As palavras se desprenderam de nossos corpos quentes, de nosso hálito, de nosso movimento, de nosso pulsar, perderam-se de nossos corações em tintas frias, ressecadas, dependentes da luz para a sua leitura…

____

O louco não é nem deixa de ser. Dança sem medo no limiar do abismo, e não cai. Segue descalço e as pedras são seus pés. Vive no convívio do calor do sol e do frio das sombras. Disposto a nascer, sai de sua toca, flutua além do indizível para chegar à encruzilhada, beber da água, cortar-se na espada, queimar-se no fogo e construir no barro a sua morada para algumas voltas ao redor do sol entre os sonhos da noite e os despertares dos dias.

____

Não existe luz sem que haja a escuridão. Negar a escuridão a reafirma. Buscar a escuridão repleto de luz a ilumina.

____

Movo-me apenas pelo amor que pulsa em minhas veias, que inunda meus pulmões, que lubrifica meus olhos, tonifica minha carne, e guia minhas mãos por entre veredas que nunca se fecham e rios que nunca hão de secar.

____

A condição humana é determinada pela vontade. A dignidade humana é a característica de autodeterminação. O amor é livre e governa tudo e todos. Amar não é opção, mas estar ao lado de alguém que se ama é. Opções viram escolhas por meio da vontade. E a vontade busca, ou fugir do medo, ou seguir o belo. Precisa dizer mais?

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens