Fechar
Buscar no Site

DE PRESIDENTE PARA PRESIDENTE

Osmar Gomes dos Santos Filho, nasceu no dia 25 de novembro de 1986, em São Luís – MA. Casado, pai de dois filhos. Advogado e membro da ABRAP – Associação Brasileira de Advogados Públicos. É ainda sócio – fundador do Escritório de Advocacia Gomes e Feitosa.

Tornou-se em 2008 o vereador mais novo de São Luís, aos 21 anos de idade, quando surpreendeu até mesmo os analistas políticos, obtendo uma expressiva votação de quase 7 mil votos, repetindo a marca no pleito de 2012. Em 2013, já com sua carreira política consolidada, foi convidado pelo prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, para assumir a Secretaria de Articulação Política. Ao retornar para a Câmara de Vereadores, assumiu, a convite do prefeito, a liderança do governo no Parlamento Municipal. Nas eleições de 2016 foi eleito vereador, pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), para o seu 3º mandato, como o mais votado de São Luís/MA, com a expressiva marca de 9.809 votos. Já foi vice-presidente do Parlamento Municipal e é o relator de umas das comissões técnicas mais importantes da Casa, a de Orçamento.

Em 2017, foi eleito membro do Diretório Nacional do PDT, instância máxima do partido. Aos 31 anos, foi eleito, em maio de 2018, o presidente mais jovem da história da Câmara Municipal de São Luís para o biênio 2019-2020, período em que a Casa Legislativa completará 400 anos de existência e de trabalho voltado à população.

Em 1° de Janeiro de 2019, tornou-se o presidente da Câmara Municipal de São Luís para dois anos de gestão.

www.osmarfilho.com.br/

 

Othelino Nova Alves Neto, mais conhecido como Othelino Neto nascido em São Luis, em 7 de julho de 1975 é um  economista , jornalista e político brasileiro. Ele foi secretário do Meio Ambiente (2001–2005). Othelino Neto é deputado estadual pelo  Maranhão e presidente da Assembleia Legislativa por dois mandatoc.

Jornalista, economista, auditor e pós-graduado em Marketing Político, Othelino Nova Alves Neto é considerado um dos mais atuantes deputados estaduais do Legislativo maranhense. Consagrou-se em seu segundo mandato como um parlamentar municipalista, atuante com emendas, indicações, projetos, etc, que favoreceram o desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida em diversos municípios do Maranhão.

Neto e filho de jornalistas respeitados, corajosos, combativos e históricos, Othelino Neto, 43 anos, deu os primeiros passos na política, ainda adolescente, como líder de Grêmio Estudantil. Na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), foi dirigente acadêmico do curso de Jornalismo e, também, o primeiro presidente do Diretório Central dos Estudantes do Uniceuma, despontando, assim, como uma das jovens lideranças políticas do Estado.

Grande defensor das causas ambientais, aos 26 anos foi convidado a assumir a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, tornando-se um dos mais jovens secretários estaduais do país à época. Demonstrando aptidão para a política e gestão ambiental, manteve-se no cargo durante sete anos, quando o deixou para assumir uma nova missão, dessa vez, como secretário de Governo de São Luís.

Determinado, corajoso e sempre caminhando ao lado das oposições no Maranhão, Othelino Neto, sem nenhum padrinho político, candidatou-se a deputado estadual obtendo a expressiva votação de 30 mil votos em todo o Maranhão. Primeiro suplente de deputado, no início de 2013, Othelino assumiu, definitivamente, o mandato parlamentar.

Totalmente identificado e envolvido com o projeto de mudança verdadeira e que atinja as camadas mais necessitadas do Maranhão, Othelino Neto filou-se ao PCdoB a convite do, hoje, governador Flávio Dino.

Reeleito em outubro de 2014, com 30.196 votos, tomou posse em fevereiro de 2015, elegendo-se 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa no novo mandato.

No dia 04 de janeiro de 2018, Othelino Neto assumiu o cargo de presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, oficialmente. Em outubro de 2018, foi reeleito deputado estadual com 60.386 votos. Em 2019, por unanimidade, foi reeleito presidente para o biênio 2019-2020.

Othelino Neto é casado com a enfermeira Ana Paula Lobato, atual presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema). É pai de dois filhos: Guilhermina e Othelino José.

 

Leis e proposições apresentadas

1 – É autor da Lei nº 10.584/2017 que determina atendimento digno a pessoas que utilizam o Sistema de Saúde do Estado, garantindo respeito ao seu direito de ser humano;

2 – É de autoria de Othelino a Lei 10.355/2015 que pune empresas por uso do regime de trabalho escravo no Maranhão;

3 – É autor da Lei 10.130/2014 que acabou com taxas de reserva e sobretaxas para estudantes com deficiência nas escolas;

4 – É autor da Lei 9.704/2012 que amplia o acesso dos estudantes ao benefício de isenção no PAES da UEMA, alterando o teto da renda familiar, de R$ 70 para dois salários mínimos, permitindo que o aluno da rede particular possa ser favorecido. Pela Lei, a pessoa que concluiu o Ensino Médio em escolas da rede pública também passou a ter direito à isenção;

5 – É autor do requerimento que instalou a CPI dos Combustíveis, na Assembleia Legislativa, para apurar aumentos abusivos (Resolução Administrativa 203/2014);

6 – É de Othelino a Resolução Legislativa 685/2013  que criou a Frente Parlamentar Estadual em Defesa dos Direitos de Acessibilidade e de Cidadania das Pessoas com Deficiência e Patologia;

7 – Autor da Lei 10.726/2017 que institui o Dia Maranhense do Samba em 12 de Outubro;

8 – Autor da Lei 10.786/2018 que considera de Utilidade Pública o “Instituto Peniel”, no município de Pinheiro;

9 – Autor da Lei 10.832/2018 que considera de utilidade pública a Oficina Comunitária Viva Cidadania em São Luís;

10 – É de autoria de Othelino a Lei 10.848/2018 que considera de utilidade pública o “Instituto Mais de Deus, Menos de Mim” em Grajaú;

11 – É autor também da Lei 10.343/2015 que considera de utilidade pública a “Associação dos Livreiros do Estado do Maranhão – ALEM” em São Luís;

12 – Propôs audiências públicas para discutir a deficiência dos serviços prestados pelas empresas de ferry boat e providenciar melhorias ao sistema. (Requerimentos 308/2012, 84/2014 e

Fonte http://www.al.ma.leg.br/

 

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens