Fechar
Buscar no Site

Novo Ecoponto da Cidade Operária anunciado pelo prefeito Edivaldo está com obras avançadas

Equipamento será o terceiro a atender as demandas da região e integra o conjunto de cinco novos Ecopontos autorizados pelo prefeito Edivaldo em outubro do ano passado; na capital, 11 Ecopontos estão em funcionamento

Ecoponto Mata Roma vai fortalecer ainda mais a política de gestão de resíduos sólidos da Prefeitura

Dando continuidade à ampliação da política dos Ecopontos, implantada na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, a Prefeitura de São Luís avança na construção dos novos equipamentos anunciados para serem entregues no primeiro semestre de 2019 e entra na fase final das obras do Ecoponto Mata Roma. Localizado na Cidade Operária, este será o terceiro Ecoponto instalado na região. Atualmente, a capital tem 11 equipamentos em pleno funcionamento beneficiando todos os moradores da cidade e mais diretamente aqueles que vivem nos bairros onde os equipamentos estão instalados ou nos bairros do entorno.

A região da Cidade Operária já conta com dois Ecopontos em atuação. O Ecoponto Jardim América funciona desde março de 2017 e o Ecoponto Cidade Operária foi entregue em dezembro de 2017. O novo equipamento ficará localizado na Avenida Leste 103, próximo à Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Mata Roma. “A região contará com mais este equipamento por ser uma área populosa e onde o volume de descarte irregular é elevado”, informou Carolina Moraes Estrela, presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana.

Já foram construídas as estruturas de alvenaria da unidade administrativa e banheiro do equipamento e das baias para o descarte de materiais recicláveis. Falta agora fazer a cobertura das duas estruturas, finalizar a construção da plataforma para manobra de veículos e a instalação da cerca do Ecoponto. As obras serão finalizadas ainda este mês.

O Ecoponto está sendo construído em um terreno onde costumeiramente era feito o descarte irregular de resíduos no bairro. Para controlar o acúmulo de lixo a Prefeitura de São Luís, por meio do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, realiza ações de remoção manual e mecanizada pelo menos duas vezes por semana no local.

NOVOS ECOPONTOS

No dia 30 de outubro do ano passado, o prefeito Edivaldo assinou a ordem de serviço para a construção de cinco novos Ecopontos e dois galpões de triagem de materiais recicláveis. Os Ecopontos beneficiam não somente os moradores dos bairros onde estão instalados, mas toda a população de São Luís que pode fazer o descarte de resíduos no equipamento mais próximo do seu bairro, da sua casa.

A medida faz parte da ampliação das políticas de reciclagem e sustentabilidade em São Luís, fortalecendo a gestão pioneira de resíduos sólidos na cidade. Além do Ecoponto Mata Roma, já está em construção o Ecoponto Centro, que será o primeiro de São Luís a ter um galpão de triagem de materiais recicláveis que será cedido à Associação de Catadores de Material Reciclável (Ascamar). Também faz parte do pacote de novos equipamentos o Ecoponto Itapiracó, no Cohatrac, cujo terreno já está sendo preparado para o início das obras. A Prefeitura está fazendo a remoção de todo o lixo descartado irregularmente na área para que seja construído o equipamento.

Fecham o pacote de cinco novos Ecopontos os do Sacavém e Vila Isabel, este último na região Itaqui-Bacanga, onde também será construído o segundo galpão de triagem de materiais recicláveis da capital.

INCENTIVO À RECICLAGEM

Implantados desde 2016, os Ecopontos são uma política importante da gestão de resíduos sólidos em São Luís porque integram diversas ações. A principal delas é garantir à população um espaço adequado para a destinação ambientalmente adequada de todos os resíduos que podem ser reciclados ou reutilizados, incentivando a reciclagem e atitudes sustentáveis. Por meio dos Ecopontos, São Luís faz parte do grupo de 7% das cidades brasileiras que têm políticas efetivas de encaminhamento para a reciclagem dos resíduos gerados pela população.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, destaca outro ponto importante da política dos Ecopontos. “Todos os materiais recicláveis recolhidos nos Ecopontos são entregues às cooperativas de catadores de São Luís. Com isso promove-se o fortalecimento da economia circular por meio do encaminhamento destes resíduos para as cooperativas de catadores, aumentando a renda mensal destes profissionais”, afirma.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens