Prefeitura realiza avaliação nutricional de estudantes da rede municipal de ensino

Prefeitura realiza avaliação nutricional de estudantes da rede municipal de ensino A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), iniciou a avaliação nutricional de estudantes nas escolas da rede municipal. A avaliação é fundamental no diagnóstico de desenvolvimento das crianças, identificando casos de excesso ou de baixo peso. Com os resultados, será possível construir um cardápio para que os estudantes possam consumir os nutrientes que mais precisam e, assim, obter um bom rendimento na escola.

O secretário de Educação, Moacir Feitosa, destacou o compromisso da gestão do prefeito Edivaldo em atender a resolução do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), que dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar aos estudantes da educação básica, no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). “A vigilância nutricional dos estudantes, realizada nas nossas escolas, é uma estratégia apresentada pela gestão do prefeito Edivaldo para embasar as novas políticas públicas em relação aos cuidados alimentares e nutricionais das crianças, auxiliando em uma merenda escolar balanceada para suprir a necessidade nutricional e garantir o desenvolvimento adequado”, disse Moacir Feitosa.

A Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Pedro Marcosini Bertol recebeu esta semana a visita das nutricionistas da Semed para a coleta de dados. O gestor reforçou a importância da nutrição adequada para o bom desempenho escolar. “Já é cientificamente comprovado que a má alimentação prejudica os estudos da criança. Crianças mal alimentadas não conseguem desenvolver o seu lado cognitivo devidamente”, destacou.

De acordo com a nutricionista da equipe da Semed, Karla Andrea Coelho Gomes, a pesquisa vai identificar se a criança está com sobrepeso, obesidade ou baixo peso. “Com a avaliação, vamos ter como resultado qual o estado nutricional que a criança se encontra. A partir desses resultados, poderemos adaptar o cardápio de modo a garantir que os estudantes consumam todos os nutrientes necessários ao bom desenvolvimento e, por consequência, ao bom rendimento escolar”, explicou.

ORIENTAÇÃO

Após a coleta de dados, a Prefeitura de São Luís, por meio da Semed, desenvolverá nas escolas palestras e orientação sobre educação alimentar para pais e estudantes. Estas ações vão se somar às adaptações do cardápio que já é aprovado pela criançada.

Suellen Gabriele Lemos Brandão, 7 anos, comentou que adora o lanche oferecido na escola. “Eu não trago lanche de casa, sempre me alimento na escola. A minha bebida preferida é mingau. Eu gosto muito”.

Iana Isabel Torres Sá, 7 anos, também não traz lanche de casa e prefere arroz com carne e verduras. “Gosto de verduras, quando chega a hora do recreio eu corro pra lanchar primeiro e depois que eu vou brincar”, contou a garota.

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

É com base na avaliação nutricional que o cardápio da rede municipal é feito ou adaptado ano após ano para suprir as necessidades diárias de nutrientes dos estudantes. Ele determina o quantitativo de calorias, carboidratos, vitaminas e sais minerais necessários para a manutenção diária do bem estar da criança, para o bom desenvolvimento psicossocial e para um bom aprendizado.

Conforme legislação federal, pelo menos 30% do cardápio da alimentação escolar servida nas instituições públicas ou comunitárias com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) deve ser composta por produtos advindos da agricultura familiar local. Assim, associações e cooperativas de agricultores selecionadas por meio de chamada pública abastecem as escolas com frutas, verduras e hortaliças. Na rede municipal, são entregues semanalmente cerca de 40 toneladas de frutas, verduras e hortaliças, complementando a alimentação dos estudantes.

Prefeitura faz primeira entrega da nova etapa do Programa de Aquisição de Alimentos

Prefeitura faz primeira entrega da nova etapa do Programa de Aquisição de Alimentos A Prefeitura de São Luís realiza nesta quinta-feira (16) a primeira entrega de gêneros da etapa 2017 do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A Um total de 200 famílias do bairro Cidade Operária serão as beneficiadas com os alimentos. Esta semana, a Prefeitura também iniciou a entrega, aos agricultores cadastrados no programa, dos cartões bancários para recebimento do benefício do governo federal.

Com o cartão do PAA, eles estão credenciados a vender os produtos e receber os pagamentos diretamente em suas contas. O PAA em São Luís é realizado na modalidade Compra com Doação Simultânea, na qual os beneficiários recebem o pagamento diretamente do Governo Federal, em suas contas, por meio do cartão.

“Graças à iniciativa do prefeito Edivaldo, conseguimos a garantia da continuidade deste importante programa. Nesta fase, serão incluídos mais produtos, sempre mantendo o foco de levar alimento saudável à milhares de famílias em vulnerabilidade nutricional”, enfatizou a titular da Semsa, Fatima Ribeiro.

O cartão do PAA é autorizado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), com base em listagem dos agricultores incluídos e a emissão é de responsabilidade do Banco do Brasil. O documento pode ser utilizado para saque do recurso e também para compras no débito automático.
CONVÊNIO

O programa foi conveniado pela primeira vez em São Luís na gestão do prefeito Edivaldo e rendeu ao gestor o título de Prefeito Empreendedor pelo Sebrae na etapa estadual, na categoria ‘Pequenos Negócios no Campo’, concorrendo com o projeto ‘Fomento aos Negócios do Campo’. O prefeito foi classificado ainda entre os 20 melhores gestores municipais do país por ações de estímulo aos pequenos negócios no campo, tornando São Luís a única capital brasileira com reconhecimento do Sebrae nesse setor, por estimular o empreendedorismo.

Nas cestas de alimentos que serão entregues às famílias constam diversos tipos de frutas, legumes e verduras, somando mais de 30 produtos. A ideia é que estes itens possam complementar a alimentação das pessoas atendidas melhorando o consumo de nutrientes diários necessários a uma alimentação adequada. A ação é realizada em parceria com as secretarias municipais de Assistência Social (Semcas), que identifica o público atendido; e Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), que auxilia na organização dos alimentos junto aos agricultores.

O PAA é executado com recursos do Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). “A principal meta deste programa é fortalecer a agricultura familiar, valorizar a biodiversidade e a produção, incentivar hábitos alimentares saudáveis e estimular a organização dos agricultores familiares”, destacou Fatima Ribeiro.

A coordenadora do programa, Fernanda Buzar, pontua a abrangência da ação. “Este programa tem grande alcance social, sendo importante tanto para os produtores, quanto para quem é beneficiado, além de estimular a produção rural, gerar emprego e renda às famílias agricultoras”, disse. Nesta fase do programa as entregas serão semanais e os próximos bairros atendidos são Vinhais, Anjo da Guarda, Sol e Mar, Maracanã e Bairro de Fátima.

Prefeitura realiza worshop Elaboração de Projeto de Pesquisa na Galeria Trapiche

 Prefeitura realiza worshop Elaboração de Projeto de Pesquisa na Galeria Trapiche  O projeto permanente ‘Diálogos’, da Galeria Trapiche Santo Ângelo, equipamento cultural da Prefeitura de São Luís, tem sua primeira edição de 2017 nesta quinta-feira (16), às 18h, com entrada gratuita. Na ocasião, o professor Ramusyo Brasil ministrará o workshop “Elaboração de Projeto de Pesquisa”, destinado a estudantes, professores, artistas e interessados em arte. O projeto é resultado da parceria entre a Galeria Trapiche e a Associação Maranhense de Arte-Educadores (Amae).

“Nós, como equipamento público de cultura, queremos oportunizar profissionais da arte de São Luís e de outras cidades a dialogarem sobre seus objetos de estudo. Esta é mais uma parceria que vem reforçar que a galeria está aberta para todos, tanto pesquisadores, professores, fazedores e fruidores de arte, com o intuito de dinamizar este espaço e apresentar as artes nas suas múltiplas linguagens”, destacou a diretora da Galeria, Camila Grimaldi.

A vice-presidente da Amae, Mônica Rodrigues, explica o que motivou a realização do projeto ‘Diálogos’. “O projeto nasceu para facilitar a troca de experiências, para melhor articulação da Amae e para que pesquisas no campo artístico fossem conhecidas. É uma forma de a Associação fazer uma construção formativa na área cultural”.

A proposta do tema parte do caráter interativo do encontro, sem o peso formal da academia, onde se pretende ter a leveza do diálogo entre colegas de profissão. A cada edição, um profissional da área fala sobre suas experiências.

PALESTRANTE

Ramusyo Brasil é pesquisador, curador, vídeo artista, músico e fotógrafo. Mestre em Comunicação, doutor em Ciências Sociais – área: Política (PUC-SP), Pós-Doutor em Comunicação – linha de pesquisa: Tecnologias da Comunicação e Estéticas (UFRJ), professor da área de Comunicação, com foco em Fotografia e Multimídia, do curso de Artes Visuais do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão – Campus São Luís Centro Histórico (IFMA/CCH).

Professor do Programa de Mestrado Profissional em Artes PROF-ARTES da Universidade Federal do Maranhão (UFMA/UDESC). Foi professor de Fotografia e Iluminação do curso de Comunicação Social da UFMA (2007-2008) e de Criatividade no curso de Web Design da UEMA (2006 – 2009). Desde 2005 trabalha em projetos fotográficos e audiovisuais junto ao Coletivo Nuppi Olho de Peixe, de onde surgiram livros, exposições, eventos e filmes.

 

Prefeitura divulga programação dos desfiles e concursos da Passarela do Samba

Prefeitura divulga programação dos desfiles e concursos da Passarela do Samba A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), divulgou a ordem dos desfiles e concursos da Passarela do Samba para o Carnaval de Todos, que será feito em parceria com o Governo do Estado. A decisão foi tomada em acordo com agremiações e grupos carnavalescos que integram as associações de blocos tradicionais, organizados, grupos afro, tambor de crioula, tribos de índio, turmas de samba, alegorias de rua e escolas de samba.

Os desfiles tem início sexta-feira (24) e encerram na terça (28). A programação da passarela inicia sempre a partir das 18h. Na sexta (24), ocorre desfile dos blocos tradicionais do grupo B. No sábado (25), é a vez do desfile dos blocos tradicionais do grupo A. As turmas de samba abrem os desfiles do domingo (26) e, em seguida, acontece a primeira noite do desfile dos blocos organizados e das escolas de samba. Na segunda (27), desfilam as alegorias de rua, blocos organizados e escolas de samba. Na terça-feira (28), a passarela será palco do encerramento oficial do período carnavalesco, com desfile de tribos de índio, cortejo de blocos afro e um baile popular com a participação de grandes nomes da folia carnavalesca.

O secretário municipal de cultura, Marlon Botão, reiterou o compromisso do prefeito Edivaldo em realizar o Carnaval de Passarela e que a cidade contará com uma grande programação em parceria com o Governo do Estado. “A programação foi montada a partir de diálogo com os grupos que participam do Carnaval de Passarela para garantir mais uma bonita festa para a cidade, apesar da crise que perpassa todos os municípios brasileiros. Realizaremos um Carnaval alegre e diversificado, em parceria novamente com o Governo do Estado”.

CARNAVAL DA PASSARELA DO SAMBA 2017 – PROGRAMAÇÃO

Dia 24/02 – SEXTA-FEIRA

Desfile dos Blocos Tradicionais do Grupo B

Dia 25/02 – SÁBADO

Desfile dos Blocos Tradicionais do Grupo A

Dia 26/02 – DOMINGO

Blocos Organizados

Escolas de Samba

Dia 27/02 – SEGUNDA-FEIRA

Alegorias de rua

Blocos Organizados

Escolas de Samba

Dia 28/02 – TERÇA-FEIRA

Tribos de Índios

Blocos Afro

Baile Popular

Prefeitura de São Luís investe na formação continuada de professores da rede municipal

Prefeitura de São Luís investe na formação continuada de professores da rede municipal A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), capacitou 113 professores alfabetizadores das turmas do 1º ano da alfabetização de 73 escolas da rede municipal, por meio do programa Educação Continuada. O programa, que abrange docentes de todos os segmentos da rede, tem sido de fundamental importância para a elevação dos índices educacionais na capital.

Estes professores alfabetizadores atuam nos núcleos Turu/Bequimão, Zona Rural, Cidade Operária, Centro, Itaqui-Bacanga e Anil. Para o secretário de Educação, Moacir Feitosa, o processo de formação continuada de professores, coordenadores pedagógicos e gestores escolares é de suma importância para a educação de São Luís. “As formações têm foco na valorização profissional, no fortalecimento das práticas pedagógicas e administrativas, para a melhoria do aprendizado das crianças. Garantir que todas as crianças aprendam a ler e escrever na idade certa é prioridade nas políticas educacionais da gestão do prefeito Edivaldo”, pontua.

De acordo com a coordenadora do Núcleo de Alfabetização da Semed, Ruth-Ane do Nascimento Oliveira, a formação trabalha para o fortalecimento da política de alfabetização. “Os docentes, que acompanham as crianças todos os dias, precisam estar constantemente atualizados, fazendo cursos de formação e oficinas que os capacitem a desenvolver um trabalho sempre melhor em sala de aula”, frisou.

FORMAÇÃO

A formação continuada voltada à alfabetização teve a duração de nove meses: iniciou em maio de 2016 e encerra este mês. Os encontro presenciais ocorreram mensalmente, sempre no dia do planejamento do professor. Durante o processo formativo, é realizado o monitoramento nas turmas do 1º ano. “A intenção é fomentar de forma ética a discussão e a reflexão sobre os temas em estudo por meio de instrumentos de registro”, explica Rúbia Nara do Nascimento Oliveira, formadora do NALF.

Professora alfabetizadora há 17 anos e atuando na rede municipal de ensino há cinco, Eliane Cantanhede dos Santos Lima, que atua na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) José Assub, conta como a formação transforma perspectivas de professores e estudantes. “Enquanto professores, somos eternos aprendizes. Fiquei maravilhada com a formação, no primeiro encontro nos sentimos motivadas a participar”, pontua.

De acordo com a educadora, a formação abriu os olhos para uma diversidade textual que vai de receitas, passando por parlendas, quadrinhos, músicas, até alcançar a nova maneira de trabalhar em sala de aula esses textos. “O que me chamou mais atenção foi o aprendizado de como fazer com que estes textos sejam mecanismos de alfabetização e letramento. O curso foi um divisor de águas para o meu amadurecimento profissional”.

Tatiana Gama Reis Martins, gestora da U.E.B. José Assub, no bairro Santa Cruz, ressaltou que a formação incentivada pela Prefeitura é imprescindível aos professores que atuam no Ciclo de Alfabetização. “São muitos os desafios que vivenciamos nos últimos anos na busca da garantia de uma escola democrática, em que todos os estudantes tenham acesso a uma educação de qualidade. Aprender a ler e escrever é um direito de todos, que precisa ser garantido por meio de uma prática educativa baseada em princípios relacionados a uma escola inclusiva”, disse a gestora.

A estudante Lunna Beatriz da Silva Monteiro, 7 anos, tinha dificuldade no aprendizado. Hoje, a garota lê, escreve e interpreta texto. “Eu adoro ler e escrever, a professora me ensinou. No cantinho da leitura da escola gosto de todas as histórias que ela conta pra gente e também gosto de contar as histórias para meus colegas”, relatou a garota.

Prefeito Edivaldo reforça política de transparência com posse de novos auditores

Prefeito Edivaldo reforça política de transparência com posse de novos auditores A posse de 10 novos auditores de controle interno do município de São Luís na próxima quinta-feira (16) marcará mais uma etapa no fortalecimento da política de controle interno, assim como da transparência e responsabilidade na aplicação do dinheiro público – diretrizes que norteiam a política do prefeito Edivaldo para o setor. A solenidade de posse está agendada para as 11h, no auditório Reis Perdigão, Palácio de La Ravardière, sede da Prefeitura de São Luís, e será conduzida pela Controladoria-Geral do Município (CGM).

O prefeito Edivaldo afirmou que a gestão municipal trabalha para o fortalecimento das ações de transparência e controle interno. “O atual contexto da administração pública exige ações voltadas para a orientação, fiscalização e avaliação do cumprimento das medidas e ajustes que implantamos para o equilíbrio das contas públicas. A posse dos novos auditores concretiza um compromisso assumido com a população de aplicar o dinheiro público com responsabilidade”, disse o prefeito.

“Estamos ampliando o time de auditores da CGM para o exercício de funções primordiais, como controle, auditoria, fiscalização, ouvidoria, correição, entre outros aspectos. Assim, reforçamos aquela que tem sido uma das marcas da administração do prefeito Edivaldo, que é a transparência”, destacou o controlador-geral, Jackson Castro.

De acordo com o controlador-geral, durante a posse, será assinado pelo prefeito o projeto de emenda à Lei Orgânica que versa sobre o novo Sistema de Controle Interno Municipal, que será posteriormente encaminhado à Câmara Municipal.

CONCURSO

Os dez novos auditores foram aprovados e classificados por meio de concurso público realizado em 2015. O concurso realizado nessa ocasião foi o primeiro em quase uma década. Do total de auditores a serem empossados, sete são de abrangência geral, um de engenharia civil, um de engenharia elétrica e um de tecnologia da informação.

Com a posse dos novos auditores, a CGM vai oferecer a partir de sexta-feira (17) treinamentos intensivos aos titulares e auxiliares, através de cursos que acontecerão na Escola de Governo e Gestão Municipal (Eggem), no Renascença, visando melhor preparação dos novos servidores para o exercício da sua função.

TRANSPARÊNCIA PÚBLICA

As ações de controle da gestão municipal têm contribuído para fazer de São Luís uma referência nacional na transparência do poder público. Em 2015, a Prefeitura de São Luís conquistou a segunda melhor nota entre as capitais brasileiras na pesquisa que avalia o cumprimento da Lei de Acesso à Informação entre os municípios brasileiros: obteve a nota 9,58 de um total de dez pontos possíveis.

A Escala Brasil Transparente (EBT) é divulgada pela Controladoria-Geral da União (CGU). O bom desempenho da Prefeitura é resultado de um trabalho iniciado desde o início da primeira gestão do prefeito Edivaldo, que resultou na reestruturação do Portal da Transparência e do Sistema de Acesso à Informação, entre outras ações.

Em 2016, o Ranking Nacional da Transparência, patrocinado pela Câmara de Combate à Corrupção do Ministério Público Federal (MPF) evidenciou um crescimento de 17% na pontuação de São Luís. A nota do município, que antes era de apenas sete, pulou para 8,20.

Prefeitura divulga chamada pública de inscrição das agremiações carnavalescas para o Carnaval 2017

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), divulgou o edital de convocação para a entrega da documentação das agremiações carnavalescas que vão participar do Concurso da Passarela do Samba no Carnaval de Todos, feito em parceria com o Governo do Estado.

Os blocos organizados, blocos tradicionais dos grupos A e B e escolas de samba devem se inscrever até o dia 20 de fevereiro, no setor de Coordenação de Eventos da sede da Secult, localizada na Rua do Mocambo, nº 253 – Centro, no horário de 14h às 18h de segunda a quinta-feira, e das 9h às 13h, na sexta-feira. o edital pode ser acessado no site da Prefeitura no endereço http://agenciasaoluis.com.br/, na aba editais.

Para participar dos cinco dias de folia momesca do Carnaval de Todos da Passarela do Samba, cada bloco e escola deve apresentar a documentação atualizada em quantidade de vias necessárias de acordo com cada grupo. Todos os participantes devem apresentar os seguintes documentos: histórico de atividades de formação do grupo, descrição dos elementos característicos da manifestação, ano de fundação, enredo do tema para o carnaval 2017, sinopse, evolução da apresentação, descrição da fantasia, letra do samba-tema com a identificação dos nomes artísticos e nomes completos de cada autor.

A quantidade de cópias necessárias para cada um são: Blocos Organizados – 10 cópias de cada documento; Blocos Tradicionais Grupo A e B – 15 cópias de cada documento; e Escolas de Samba – 27 cópias de cada documento.

DESFILES

A programação dos desfiles tem início sexta-feira (24), sempre a partir das 18h, com desfile dos blocos tradicionais do grupo B. No sábado (25), é a vez do desfile dos blocos tradicionais do grupo A. As turmas de samba abrem os desfiles do domingo (26) e, em seguida, acontece a primeira noite do desfile dos blocos organizados e das escolas de samba.

Na segunda de Carnaval (27), desfilam as alegorias de rua, blocos organizados e escolas de samba. Na terça-feira (28), a passarela será palco do encerramento oficial do período carnavalesco, com desfile de tribos de índio, cortejo de blocos afro e um baile popular com a participação de grandes nomes da folia carnavalesca.

Os desfiles da Passarela do Samba ocorrem de 24 a 28 de fevereiro e é promovido pela Liga das Escolas de Samba do Maranhão (LIESMA), Associação Maranhense de Blocos Carnavalescos (AMBC) e Academia de Blocos Tradicionais do Maranhão (ABTEMA), em parceria com a Prefeitura de São Luís e Governo do Estado. A apuração do Concurso será no Cine Teatro da Cidade, dia 1º de março, quarta-feira, a partir das 15h.

Prefeitura debate fortalecimento da região metropolitana em primeira reunião do Comdes

Prefeitura debate fortalecimento da região metropolitana em primeira reunião do Comdes
A instituida pelo Governo do Estado, a Região Metropolitana da Grande Ilha de São Luís como aspecto estratégico para o desenvolvimento socioeconômico da capital maranhense foi o tema central da 1ª Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Comdes), que ocorreu na manhã desta terça-feira (14), no auditório do Sebrae. Na ocasião, o prefeito Edivaldo, que preside o colegiado, foi representado pelo secretário municipal de Governo, Lula Fylho.

Segundo Lula Fylho, a metropolização é um assunto de grande relevância para o município de São Luís, que é a sede da Região Metropolitana, instituída pelo Governo do Estado, e da qual fazem parte outros 12 municípios próximos à Ilha: São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa, Alcântara, Bacabeira, Rosário, Santa Rita, Icatu, Axixá, Morros, Presidente Juscelino e Cachoeira Grande.

“Temos nessa reunião a presença maciça de todos os membros representantes das instituições e órgãos públicos que compõem o Comdes, para debatermos os aspectos relacionados ao desenvolvimento da capital, a partir da consolidação da Grande São Luís como Região Metropolitana. Este conselho, instituído na administração do prefeito Edivaldo, é um importante espaço de diálogo para questões de melhoria da qualidade de vida e do desenvolvimento da cidade”, explicou Lula Fylho.

Ainda conforme o secretário de Governo, os debates originados no vão ajudar a Prefeitura de São Luís a nortear sua política social e econômica. A consolidação da Região Metropolitana da Grande São Luís é uma das questões em debate no conselho e que vai permitir a execução de estratégias comuns de políticas públicas em áreas como produção de alimentos, transporte, gerenciamento de resíduos sólidos, infraestrutura urbana, turismo, meio ambiente, entre outros setores ligados ao desenvolvimento.

TRABALHO

Para o titular da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), José Cursino Moreira, o Comdes tem sido fundamental na identificação e solução de problemas e na proposição de diretrizes para o fortalecimento da economia local, geração de empregos, atração de investimentos e melhoria do ambiente visando à formulação de novos negócios. O secretário de Planejamento aproveitou a oportunidade para fazer um balanço positivo da atuação do Comdes desde a sua criação, em 2013.

De acordo com Cursino grande parte das políticas públicas de desenvolvimento implementadas com apoio do conselho está inserida no “Plano São Luís 2013-2033: Gestão Estratégica Orientada para Resultados”. O documento analisa cenários de deenvolvimento para a cidade para os próximos anos e, com base nesse diagnóstico, sugere linhas de atuação.

Outro projeto surgido dentro do conselho com a finalidade de incrementar o empreendedorismo local é a “Caravana do Empreender”. A ação presta serviços itinerantes de orientação e apoio à formalização de negócios. O projeto, que é uma iniciativa da Prefeitura de São Luís em parceria com o Governo do Estado, já contabiliza resultados positivos na formalização de negócios e estímulo ao empreendedorismo na capital maranhense.

CONSULTIVO

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Comdes) é um órgão de caráter consultivo, que tem o prefeito Edivaldo como presidente. Criado em 18 de setembro de 2013, o colegiado é composto por representantes de diversos segmentos sociais e setores da indústria, comércio, agricultura, serviços, turismo, comunicação, financeiros, ciência, tecnologia, além de entidades de classe, do Governo do Estado, da Câmara Municipal e da sociedade civil organizada.

O Comdes tem como função principal fomentar o diálogo entre os atores da sociedade local, visando à articulação na promoção do desenvolvimento econômico e social do município de São Luís, no âmbito das políticas de longo prazo, que excedem um período de governo.

Acesse aqui a galeria de imagens desta repo

Prefeitura prorroga prazo para convocação de jurados para o Carnaval de Passarela

A Secretaria Municipal de Cultura (Secult) prorrogou para até esta quarta-feira (15) o prazo de convocação dos jurados para a Passarela do Samba 2017. Poderão participar os jurados já selecionados nos anos de 2015 e 2016. Os interessados deverão atualizar seu cadastro na sede da Secult, localizada na Rua do Mocambo nº 253 – Centro, no horário das 13h às 18h. A convocatória e a ficha de inscrição podem ser acessados no site da Prefeitura – http://www.saoluis.ma.gov.br.

Para atualização, basta levar a Ficha de Inscrição devidamente preenchida e assinada; e uma foto de tamanho 5×7 ou maior. Os candidatos serão selecionados após análise da Comissão do Concurso de Passarela do Samba de 2017, promovido pela Secult em parceria com a Liga das Escolas de Samba e Demais Agremiações Artísticas, Folclóricas e Culturais do Estado do Maranhão (Liesma); Associação Maranhense de Blocos Carnavalescos (AMBC) e Academia de Blocos Tradicionais do Maranhão (ABTEMA).

Escolas da rede pública municipal iniciam calendário escolar

 

Escolas da rede pública municipal iniciam calendário escolarParte dos estudantes da rede municipal de ensino retornaram às escolas na manhã desta segunda-feira (13). Com o início do período letivo, a Prefeitura de São Luís organiza o calendário escolar para este ano com a finalidade de proporcionar às crianças e suas famílias uma educação de qualidade. Em algumas unidades, os estudantes foram recebidos com festa, em clima de Carnaval.

O secretário de Educação, Moacir Feitosa, ressaltou a importância da parceria entre a família a escola no processo educacional das crianças. “A educação é o bem maior que um cidadão pode ter e um direito de toda criança e para o processo ser completo, a família e a escola precisam estar integradas”, pontuou o secretário.

As escolas que iniciaram as aulas nesta segunda-feira (13) foram as integradas ao primeiro calendário e que não tiveram dias letivos a repor em 2016. A reorganização do calendário escolar atende à determinação do prefeito Edivaldo de alinhar as ações de cada unidade de ensino, resultando assim em uma educação de mais qualidade na rede municipal.

PLANEJAMENTO

De acordo com a gestora da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Justo Jansen, Soraya de Fátima Nunes Pinheiro, na semana que antecedeu o início das aulas foi realizado um planejamento com os professores para deixar tudo pronto para o início do ano letivo. “As perspectivas para este ano são bastante positivas, em várias dimensões, para benefício exclusivo dos nossos estudantes. Ainda aproveitamos o mês de fevereiro que é comemorado o Carnaval para deixar o ambiente mais alegre e bonito”, disse.

Para o primeiro dia de aula, Emilly Vitória Pereira de Lemos, 4º ano comentou que o momento foi de muita ansiedade. “Já não via a hora de rever meus colegas. Aqui na escola é muito legal e eu sempre gosto de ficar aqui”.

 

A professora Lucielena Ramalho contou que na primeira semana as atividades têm como objetivo um recomeço, uma aproximação da criança com o ambiente escolar. “As crianças chegam cheias de histórias pra contar, então, aproveitamos para utilizar nas atividades em forma de texto e leitura. Eles se divertem muito e com isso a semana se torna mais produtiva e prazerosa pra eles até a adaptação ser concluída”.

Apesar da volta às aulas significarem o fim das férias, os estudantes estão animados. Anna Louyse Piettra Pontes Moraes, 5º ano, contou que estuda desde o 1º ano na escola e que gosta muito de estudar. “A minha matéria preferida é matemática, gosto demais. Por isso estou me dedicando aos estudos, para quando crescer ser uma boa advogada”, disse.

Página 1 de 40712345...102030...Última »