Fechar
Buscar no Site

Prefeito é reeleito em Salvador no 1º turno com 74% dos votos e fazendo total oposição aos governos estadual e federal

ACM Neto (DEM) foi reeleito para a Prefeitura de Salvador. Ele venceu no primeiro turno com uma larga vantagem em relação à segunda colocada, Alice Portugal (PCdoB), 57. Com quase 92% das urnas apuradas, ACM Neto tinha 74% dos votos, seguido por Alice Portugal com 14,7%.acm-neto

A vitória do jovem político de 37 anos reflete seus índices de popularidade no comando da capital baiana. Nas redes sociais, ACM Neto agradeceu os votos recebidos.

Quero agradecer cada um de vocês, não posso descrever a emoção que sinto nesse momento. Quero dividir esse sentimento com cada pessoa que acreditou na nossa luta, na nossa caminhada, que nos acompanhou nessa campanha e nos ajudou a chegar até aqui. Não é uma vitória minha, é do povo de Salvador“, disse o prefeito reeleito no Facebook.

Após atuar como um dos principais críticos do PT no Congresso, o prefeito de Salvador (BA) diz nunca ter recebido ajuda do governo federal durante a gestão da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e nem do governo estadual, então comandado por Jaques Wagner, hoje nas mãos de Rui Costa, todos petistas.

Enquanto isso, em outras capitais do Nordeste, culpa-se a falta de incentivos, mesmo quem foi Integrante do Conselho Político da Presidente Dilma e afilhado político do governador do estado…

Holanda Jr (PDT), que foi Integrante do Conselho Político da Presidente Dilma (PT) e é afilhado político do Governador Flávio Dino (Partido Comunista do Brasil), alega falta de apoio para efetivar obras em São Luís

Dilma Roussef (PT) com o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda jr (PDT) que integrou seu Conselho Político em Brasília, o governador Flávio Dino (Partido Comunista do Brasil) e a deputada Jandira Feghali (Partido Comunista do Brasil), recentemente derrotada nas eleições municipais do Rio de Janeiro

 

 

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens